Andrea Murad é ré em ação com construtora que abandonou obra em Chapadinha

A deputada Andrea Murad usou uma rede social para criticar a obra do Hospital Macrorregional de Chapadinha, a parlamentar do PMDB disse que o atual governo “recebeu quase pronto”. A filha do ex-secretário de Saúde, Ricardo Murad, mentiu de novo.

Andrea Murad, Ricardo Murad, o seu cunhado Sousa Neto e a construtora Ires Engenharia são réus no processo na 13ª Vara da Justiça Federal, porque a construtora recebeu pagamentos além do valor licitado e não concluiu as obras pagas.

Já Andrea Murad e Sousa Neto receberam da Ires Engenharia doações da empreiteira para as campanhas eleitorais sete dias após Ricardo Murad pagar o valor de R$ 3,1 milhões por meio da ordem bancária 20140B15351 para a construtora.

No dia 24 de setembro de 2014, a Ires Engenharia depositou R$ 60 mil na conta bancária de Andrea Murad e doou outros R$ 40 mil na conta de Sousa Neto. Portanto, é mentirosa a afirmação que o Hospital Macrorregional de Chapadinha “estava quase pronto”.

Andrea Murad, Ricardo Murad e Sousa Neto terão ainda muito o que explicar ao juiz titular do processo, José Valterson de Lima, sobre o dinheiro que era destinado a obra do hospital e foi parar em suas contas de campanha eleitoral.

Enquanto isso, Flávio Dino está, desde o começo da sua gestão, tentando resolver os imbróglios judiciários para entregar o Hospital Macrorregional de Chapadinha. As obras foram retomadas há pouco tempo e a unidade será entregue no primeiro semestre de 2018.

Uma ideia sobre “Andrea Murad é ré em ação com construtora que abandonou obra em Chapadinha

  1. Pingback: Auditoria aponta superfaturamento de R$ 2,2 mi do Hospital de Chapadinha na Gestão Murad | Blog do Clodoaldo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *