Oposição sarneysista quebra acordo e tira 90 milhões da Saúde dos municípios

O acordo fechado entre a bancada federal do Maranhão e mais de 100 prefeitos para destinação de emendas impositivas de R$ 160 milhões para a Saúde foi quebrado pelos deputados sarneysistas.

Cerca de R$ 90 milhões foram tirados para destinação à Codevasf, empresa ligada ao Ministério da Integração.

Cabe lembrar que o Ministério da Integração era responsável pelas obras contra enchentes que deveriam ter sido feitas em 2010 e não saíram do papel, segundo levantamento de auditoria interna do próprio ministério.

À época, o ministro era Geddel Vieira Lima, hoje preso. Em parceria com a então governador Roseana Sarney, eles assinaram recursos para obras no estado. Há dúvidas sobre o destino de ao menos R$ 18 milhões desses recursos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *