Mudança no comando do Banco do Nordeste ameaça influência de Roberto Rocha no órgão

Influência de Roberto Rocha no BNB pode estar com dias contados

O senador Roberto Rocha havia conseguido emplacar um aliado na Diretoria de Negócios do Banco do Nordeste (BNB). Trata-se do ex-secretário-adjunto da Secretaria de Meio Ambiente, Antônio Rosendo Júnior.

Desde então, RR tem utilizado a estrutura do banco estatal para negociatas visando as eleições de 2018, em que, apesar do pífio desempenho nas pesquisas, insiste em dizer que é candidato.

O problema é que o presidente Michel Temer exonerou o presidente Marcos Costa Holanda. Em seu lugar assumirá Romildo Carneiro Rolim, que ocupa a diretoria financeira e de crédito da instituição.

Com a mudança na presidência do BNB, Roberto Rocha vê seu aliado enfraquecido, e uma mudança completa na diretoria do banco não está descartada.

Se isso ocorrer, o senador que tomou na marra o PSDB maranhense perderá grande influência no órgão, já que está contando com ele e com a Codevasf – onde seu cunhado também é diretor – para seguir adiante com alguma chance de ser candidato a governador do Maranhão.

Se utilizando a estrutura do BNB ele já não cresce nas pesquisas, imagina sem ela. O jeito é esperar o desfecho dessa situação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *