Pedro Fernandes no Ministério: Pedro Lucas diz que não houve nenhuma condicionante política

O presidente da Agência Metropolitana, Pedro Lucas Fernandes, participou de entrega de obras junto com o governador Flávio Dino na manhã desta sexta-feira (29). Pedro Lucas disse que o partido segue na base aliada do governo Flávio e que não houve nenhuma imposição de mudança de rumo político do Estado para que seu pai, deputado federal pedro Fernandes, assumisse o cargo.

“O PTB nunca condicionou nada para o Pedro Fernandes ir para o ministério. O PTB é um partido firme, de compromisso. O governador está dando apoio à ida do Pedro e o PTB só tem a ganhar. Foi consenso dentro da bancada federal e nós temos muito a avançar para o bem do Maranhão”, afirmou.

Pedro Lucas também confirmou oficialmente o que já era dado como certo nos bastidores: será candidato a deputado federal e seu pai poderá seguir no ministério até o fim do governo Temer. Assim, ele deixará o cargo em fevereiro para se dedicar à candidatura. “Vamos trabalhar no momento certo a candidatura e tentar ter êxito em 2018”.

Metropolização

Pedro Lucas falou sobre sua atuação á frente da Agência Metropolitana comparando com a famigerada gerência metropolitana de Ricardo Murad, para mostrar que hoje, o órgão atua de forma efetiva e em sintonia com os municípios da região metropolitana.

“O governador Flávio Dino tem feito um grande esforço nesta questão metropolitana. É visível a melhoria na mobilidade, na segurança, na saúde e na educação da região. A agência executiva metropolitana é uma experiência muito especial na articulação dos municípios. Antes você via uma gerência metropolitana que atropelava os municípios e hoje não. A Agência é parceira dos municípios e tem sido gratificante trabalhar as funções públicas de interesse comum. Em 2018, resolveremos a questão dos resíduos sólidos de 10 dos 13 municípios”.

A agência está licitando para comprar as placas de demarcação dos limites dos municípios da Ilha onde ainda existem dúvidas de onde começa e termina determinada cidade.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *