Movimentos Sociais e PT/MA promovem ato, nesta quinta-feira (11/01), em defesa da democracia e do direito de Lula ser candidato a Presidente

O Partido dos Trabalhadores do Maranhão realiza nesta quinta-feira (11), às 16h no Centro de Criatividade Odylo Costa Filho (Praia Grande, São Luís) o ato de lançamento da frente em defesa da democracia e do direito de Lula ser candidato.

O ato liderado pelo PT na capital maranhense, que contará com programação cultural e a participação de diversos artistas locais e entidades de representação dos direitos sociais, integra uma ampla mobilização nacional com participação popular para garantir o direito de Lula ser candidato a Presidente da República.

Lula deve acompanhar de São Paulo o julgamento que definirá o seu destino político, no próximo dia 24. Advogados aconselharam Lula a não participar de manifestações em Porto Alegre, onde está a sede do Tribunal Regional Federal da 4.ª Região (TRF-4), sob o argumento de que é preciso cautela para evitar confrontos e acirramento de ânimos.

O ex-presidente Lula não será preso imediatamente caso seja condenado no próximo dia 24 pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4). A prisão só poderá ser decretada após se esgotarem os recursos do petista na segunda instância. Lula recorre da condenação a nove anos e meio de prisão pelo juiz Sérgio Moro no caso do tríplex do Guarujá (SP).

Dirigentes do PT já trabalham com a perspectiva da condenação de Lula pelo TRF-4, mas, mesmo assim, manterão sua candidatura ao Palácio do Planalto até o último recurso na Justiça. Se o ex-presidente for mesmo condenado no caso do tríplex do Guarujá, em segunda instância, ficará inelegível pelos critérios da Lei da Ficha Limpa. Poderá, no entanto, permanecer na campanha deste ano até que todos os questionamentos (embargos) apresentados por seus advogados sejam analisados.

Comitês populares

Os Comitês Populares em Defesa da Democracia e do Direito de Lula ser candidato à Presidência da República são uma articulação com o objetivo de envolver os movimentos sociais, populares, sindicais, artistas, sociedade civil e toda militância petista, assim como os partidos do campo democrático e popular.

“Desde o golpe sofrido após o impeachment da presidenta Dilma Rousseff, é preciso organizar a classe trabalhadora e setores médios da sociedade para a manutenção do processo democrático”, define a presidenta nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann.

2 ideias sobre “Movimentos Sociais e PT/MA promovem ato, nesta quinta-feira (11/01), em defesa da democracia e do direito de Lula ser candidato a Presidente

  1. SE A FILHA DE ROBERTO JEFERSON, NÃO PODE ASSUMIR O MINISTÉRIO DO TRABALHO, DEVIDO A CONDENAÇÃO TRABALHISTA, IMAGINA UM CORRUPTO CONDENADO A NOVE ANOS, QUE MASSACROU O POVO BRASILEIRO E DILAPIDOU O PATRIMÕNIO DA MAIOR EMPRESA DA AMÉRICA LATINA, VAI PODER SE CANDIDATAR AO MAIOR CARGO DE NOSSA REPÚBLICA, SÓ NAQUELE LUGAR PRA NÃO EMPRENHAR.

    • É HORA DO POVO BRASILEIRO DEIXAR DE SER BESTA E VIVER QUE NEM LOMBRIGA – NA MERDA – NA HORA DE VOTAR NO PRÓXIMO PRESIDENTE – ESQUEÇA OS CANDIDATOS COM FICHA SUJA E VOTE NUMA PESSOA QUE TENHA O NOME LIMPO E SEM NENHUMA CONDENAÇÃO. DÊ ESTE VOTO DE CONFIANÇA A ALGUEM QUE ESTEJA FORA DA SUJEIRA QUE COBRE ATUALMENTE O BRASIL.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *