Jornal do grupo Sarney mentiu até sobre o PIB do Maranhão

Já é de conhecimento público no Maranhão que os veículos de comunicação do grupo Sarney atuam estrategicamente para favorecer o clã no terreno político. Para isso vale qualquer ataque aos adversários.

No dia 18 de janeiro deste ano, o jornal O Estado do Maranhão publicou notícia em seu site, indicando que a economia maranhense vinha recuando, “com quedas no Produto Interno Bruto (PIB)”, segundo dados do IBGE sobre o primeiro ano de governo do rival Flávio Dino (PCdoB).

A falsa narrativa – com direito a um obtuso gráfico (veja abaixo) – foi desmontada em menos de dois meses, após o jornal Folha de São Paulo divulgar relatório do Banco Itaú, apontando que o PIB maranhense cresceu 9,7% no ano passado.

Enquanto no resto do país o PIB ficou na casa de 1%, no Maranhão o índice teve crescimento quase dez vezes maior.

Até as eleições de outubro a mídia do grupo Sarney não vai poupar chumbo grosso contra o governo do comunista.

Mas os membros da oligarquia sabem que eleger Roseana Sarney (MDB) não vai ser fácil.

Pela frente, o grupo liderado por José Sarney vai enfrentar a boa popularidade e os bons indicadores socioeconômicos do atual governo. Em meio à crise nacional, o Maranhão tem uma grande melhora reconhecida pela imprensa brasileira – com exceção dos jornais de Sarney.

Invenção do EMA

Realidade sobre o PIB maranhense

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *