Gastão revela como João Alberto livrou Roberto Rocha da cassação do mandato

Em entrevista ao programa Ponto Continuando, da rádio Mais FM, o ex-ministro do Turismo Gastão Vieira (PROS) falou sua trajetória política e as perspectivas para mais uma candidatura a deputado federal. Gastão falou também sobre como João Alberto traquinou com Roberto Rocha para pôr fim à ação que pedia a cassação do mandato do senador tucano.

Em 7 de janeiro de 2015, o PMDB entrou com ação contra Roberto Rocha. Gastão afirmou que não foi signatário da Ação porque o partido se propôs e ele deixou sob os cuidados da legenda. A ação era robusta em provas do que tinha acontecido no peito. Tinham grandes chances subir para Brasília. Em uma sexta-feira (9 de maio), estava tudo pronto para o julgamento do processo. Na segunda-feira sequente (12), o PMDB desistiu da Ação.

“Quem fez isso? João Alberto, a turma do PMDB. Ele estava muito alinhado com Roberto Rocha já naquela época”, afirmou Gastão.

Dentre as provas contra Roberto, doador de campanha que comprovadamente não doou. O nome de doadores que apareceram e as pessoas negam a doação. Pessoas que doaram e quando tiveram que declarar seu imposto de renda, foram notificados porque seus rendimentos não comportavam tal doação. Até empresa inativa que não teria como doar e doou para a campanha.

Mesmo com Gastão não podendo fazer nada por não fazer parte do processo, alerta que o MPF assumiu o caso.

2 pensou em “Gastão revela como João Alberto livrou Roberto Rocha da cassação do mandato

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *