Nem Zé Reinaldo acredita mais na candidatura de Eduardo Braide ao governo

Em entrevista à TV Guará, o deputado federal Zé Reinaldo (PSDB) explicou a situação de crise no PSDB por seu insistente apoio à pré-candidatura de Eduardo Braide ao governo que colocou Waldir Maranhão em vantagem por uma vaga de candidato a senador na chapa de Roberto Rocha.

Principal artífice da pré-candidatura de Eduardo Braide ao governo, Zé Reinado disse que partiu dele a ideia de fortalecer a pré-candidatura de Braide para que o pré-candidato tucano a Presidência da República, Geraldo Alckmin, tenha dois palanques no Estado. Ele explicou que Roberto não se opôs à ideia inicialmente e disse até ser muito amigo de Carlos Braide, pai de Eduardo.

E depois ele amenizou porque o principal motivo da intriga nem se concretizou já que Braide nunca se tornou de fato pré-candidato. “O fato nem se consumou. O Braide nunca se lançou, eu nunca fiz campanha pro Braide. Eu fui colhido por uma coisa que não aconteceu. Eu estou com a candidatura do Roberto. Eu sabia dela antes de vir para o partido. E vou me dedicar à candidatura do partido, eu só quero que avisem sobre as agendas do interior”, alfinetou, dando a entender que só não foi aos eventos do partido porque não foi convidado.

O ex-governador disse ter tranquilidade de que será candidato a senador pela garantia de Geraldo Alckmin, e, para Waldir, pode restar a candidatura a vice-governador.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *