Edilázio já disse da tribuna da AL que tem relacionamento estreito com marido da juíza Anelise

O deputado estadual Edilázio Júnior, genro da desembargadora Nelma Sarney, defendeu ontem na tribuna da Assembleia Legislativa do Maranhão a juíza que decretou inelegibilidade do governador Flávio Dino. Depois, reclamou da Associação dos Magistrados do Maranhão nas redes sociais.

O que Edilázio não disse ontem, mas já disse em 2015 é da relação que tem com Márcio Fontenele, marido da juíza. Em discurso feito após o falecimento do radialista Herberth Fontenele em 16 de junho de 2015, Edilázio deixou um abraço a Márcio e afirmou que é seu amigo e “pessoa com a qual temos um relacionamento estreito, e por diversas vezes, por conta dessa amizade, tive a oportunidade de dividir a Mesa com Herberth Fontenele”.

Edilázio deixou claro que não tinha amizade com o ícone do rádio esportivo maranhense, mas que só teve contatos pelo relacionamento estreito com Márcio.

A sogra de Edilázio nomeou Anelise para a comarca de Nova Olinda. De lá ela foi para Arari e depois para Coroatá.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *