Justiça Eleitoral manda Imirante retirar do ar notícias caluniosas contra Eliziane

A Justiça Eleitoral deferiu pedido da coligação de Eliziane Gama para que o sistema Mirante de comunicação, de propriedade da família Sarney, retire de todas as suas plataformas a notícia no qual ataca o marido da candidata a senadora.

O juiz eleitoral Alexandre Lopes de Abreu lembrou que sobre a liberdade de expressão “é passível de limitação quando ocorrer ofensa à honra de terceiros”. O magistrado identificou que a publicação “afasta-se da informação jornalística exercida regularmente”.

Por isso, determina que a publicação seja excluída imediatamente e proíbe a publicação de nova matéria sobre o referido tema sob pena de multa diária de R$ 5 mil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *