Oposição consegue obstruir pauta na Assembleia Legislativa

Faltaram dois deputados governistas para que fosse possível quórum de votação nesta quarta-feira (7) na Assembleia Legislativa do Maranhão. Os deputados de oposição usaram a tática da obstrução, ou seja, não registrar a presença, para que não tenha quórum e possam adiar alguma votação que não desejam.

A principal votação no Diário desta quarta é a que reestrutura as despesas com a saúde. A oposição tem aproveitado a pauta politicamente para levantar a bandeira de que o governo está reduzindo ganhos dos médicos, quando somente adequa o Maranhão à Emenda Constitucional 95, que restringiu os gastos em saúde em todo o Brasil. Proposta do presidente Michel Temer, apoiado pela maioria da oposição na Assmebleia.

Com a obstrução, toda a pauta fica travada, como a proposta de Max Barros que institui taxa e fiscalização de transporte minerários. Ou a proposta do deputado Eduardo Braide que cria diretrizes para o Plano de atenção educacional especializado a alunos com transtorno específicos de aprendizagem.

Ou seja, a própria oposição paralisa as pautas de seu interesse obstruindo os trabalhos do parlamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *