A tese furada de perseguição de Umbelino Júnior

Desmoralização por conta das graves acusações ao pai fazem Umbelino Jr. criar tese de perseguição sem é nem cabeça.

O vereador de São Luís, Umbelino Júnior, tem tentado constranger o secretário de saúde de São Luís, Lula Fylho, através de uma convocação para audiência na Câmara Municipal. Mas como o mundo dá voltas, se viu esta semana encurralado porque o pai do vereador, prefeito de Turiaçu Umbelino Ribeiro, foi acusado de desvios milionários no município.

Constrangido com a situação, Umbelino levantou a tese na tribuna da Câmara Municipal de que estariam perseguindo seu pai por estar “denunciando” o secretário de saúde de São Luís. Tese sem pé nem cabeça.

Umbelino Ribeiro foi acusado pela Controladoria Geral da União. Auditores da CGU analisaram a aplicação de recursos federais dos Ministérios da Saúde e Educação. Só com reforma de 41 escolas municipais, o dano constatado em potencial em Turiaçu foi de 90% em relação ao montante de quase 9 milhões que deveria ser aplicado na execução das obras. Ou seja, cerca de 8 milhões de reais não tiveram a aplicação confirmada pela equipe fiscalizadora.

Ora, acreditar que técnicos do órgão de controle de recursos federais subordinados ao governo federal iriam acusar falsamente um prefeito por causa de um vereador para ajudar uma administração que sequer é alinhada politicamente ao presidente Michel Temer é o cúmulo da teoria da conspiração.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *