Centro Histórico continua movimentado mesmo após o São João

São João já acabou, mas o fluxo de pessoas no Centro Histórico de São Luís continua intenso durante as férias de julho. Ainda é grande o número de famílias e turistas que visitam o local diariamente.

Motores do crescente movimento de reocupação do Centro, os mosaicos impressos nas bandeirinhas juninas, que desde o mês passado colorem como nunca as ruas históricas, ainda continuam atraindo os olhares de maranhenses e visitantes. A decoração deve ficar exposta até o início de agosto e a expectativa é que o número de frequentadores permaneça alto.

O auxiliar administrativo Lucas Costa mora no São Cristóvão e aproveitou o período de folga para conhecer museus e admirar a arquitetura local com a família. Ele pretende voltar mais vezes e acredita que o movimento turístico tem efeito direto na economia: “É muito bom ver São Luís movimentada, trazendo bastante turista para cá e enaltecendo a nossa cultura do jeito que estão enaltecendo. É bom demais ver isso”.

O advogado Jonhy Vasconcelos e a médica veterinária Marlise Milhomem usam o tempo de descanso para curtir o final da tarde no Centro Histórico. Jonhy acha que esse movimento de reutilização do Centro Histórico gera impacto positivo no comércio.

“Antes dessa tentativa de revitalizar, de enfeitar, de trazer algo diferente para cá, o volume [de pessoas] era bem menor. Hoje a gente percebe esse aumento grande no número de turistas e até dos próprios maranhenses, que fazem questão de vir aqui, dar uma passadinha para conferir. Gera muitos empregos indiretos, as pessoas que vêm, os ambulantes montam suas barraquinhas. Isso acaba movimento e gerando emprego para esse pessoal que precisa bastante”, frisa.

Mais Cultura e Turismo

As bandeirinhas juninas só devem ser desinstaladas do alto dos casarões coloniais com o fim da programação do Mais Cultura e Turismo de Férias.

A festa começou no último dia 3 e vai até 31 de julho. Atrações gratuitas às sextas, sábados e domingos na Praça Nauro Machado, e às quartas-feiras na Casa do Tambor de Crioula. Nas quintas-feiras, o reggae está de volta à Praça do Reggae. E a partir de 19 de julho, outra opção é o Pôr do Sol no Palácio, sempre às sextas-feiras, com apresentação de grupos de música instrumental.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *