Justiça converte prisão em flagrante em prisão preventiva de motorista que causou acidente no Jaracati

A Justiça do Maranhão converteu nesta terça-feira (10) em prisão preventiva a prisão em flagrante de Victor Yan Barros de Araújo. Ele irá responder por lesão corporal culposa na direção de veículo automotor e homicídio culposo (quando não há intenção de matar). Cabe lembrar que Victor Yan, segue hospitalizado em uma Unidade Médica da capital.

A Justiça determinou que após a alta ele seja encaminhado para depoimento. Yan se recusou a fazer o teste do bafômetro, mas teve a embriaguez atestada pela Polícia.

Yan causou acidente quando trafegava na cabeceira da Ponte Bandeira Tribuzzi e ocasionou a morte de quatro pessoas e pelo menos cinco ficaram feridas no bairro do Jaracati, em São Luís.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *