Sá Marques cobra reconhecimento salarial aos professores

O vereador Professor Sá Marques aproveitou a data em que se comemora o dia da categoria a qual faz parte para reforçar a necessidade de maior valorização aos professores. “Eu eu de ver um dia como hoje os professores receberem parabéns por terem sua atividade reconhecida”, pontou.

Sá Marques cobrou reajuste aos professores da rede municipal de São Luís e o pagamento do piso nacional para os professores de 20 horas da rede estadual de ensino. “Os professores do município estão há mais de 6 anos sem qualquer reajuste. O Maranhão não paga nem o piso em cima de 20 horas. Um reconhecimento pelo dia de hoje seria pagar o piso para os professores. Não há dignidade, Dizem que ser professor é sacerdócio. E é verdade. Ninguém consegue ser professor por mais de seis meses sem uma devoção ao que faz. Mas sacerdócio não vai ao supermercado, não paga a conta de água, sacerdócio vai para o Serasa se não pagar suas obrigações”.

O vereador também defendeu a liberdade do profissional de educação. Ele salientou o atentado à atividade que representa um possível projeto “Escola sem partido” municipal, que coloca uma mordaça nos professores na formação do senso crítico de seus alunos. “Muitas pessoas perguntam como sou vereador e continuo na sala de aula. Se isto é uma estratégia política. E na verdade é porque eu não consigo ficar sem a sala de aula. Belo Horizonte aprovou ‘Escola sem partido’. E eu não quero ver a Câmara de São Luís limitar a liberdade de cátedra. Precisamos ter liberdade para fomentar o senso crítico para uma sociedade desenvolvida”.

1 pensou em “Sá Marques cobra reconhecimento salarial aos professores

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *