Provas do curso para quem quer ser diretor de escola neste domingo

As provas do curso de certificação Básica em Gestão Escolar/Mais Gestão, pré-requisito aos professores e especialistas em Educação que pretendem concorrer nas próximas eleições ao cargo de gestor escolar, acontecem no próximo domingo (9), das 9h às 12h, nas Unidades Regionais de Educação (URE) do Maranhão.

A realização das provas marca o encerramento do curso de gestão e faz parte do processo seletivo democrático/consulta pública 2016 para a função de gestor escolar na Rede Estadual de Ensino.

Os cursistas deverão comparecer ao local de prova, com no mínimo 30 minutos de antecedência, munidos de documentos de identificação com foto e caneta preta ou azul. Não será permitido o uso de aparelhos eletrônicos durante a realização da prova.

Consulte aqui os locais de prova

(http://www.educacao.ma.gov.br/files/2016/10/LISTA-CURSISTAS_-URE_LOCAL-DE-PROVA.pdf)

Última semana de inscrições no Vestibular da Uema

uema

Os estudantes só têm até esta sexta-feira (19) para se inscrever no Processo Seletivo de Acesso à Educação Superior – PAES 2017 – da Universidade Estadual do Maranhão.

Para fazer a inscrição clique aqui.

Estão sendo ofertadas 4.220 vagas para o ano de 2017, distribuídas em todos os campi da UEMA. A partir do PAES 2017, a Instituição irá oferecer vagas em quatro novos cursos: Filosofia, Campus São Luís, com 45 vagas; Educação Física, Campus São João dos Patos, com 40 vagas; Ciências Contábeis, em Codó, com 40 vagas e; Ciências Naturais no Campus Caxias, também com 40 vagas.

O valor da inscrição será de R$ 85,00 O candidato isento do pagamento do valor de inscrição, para o PAES 2017, deverá, obrigatoriamente, se inscrever no Processo Seletivo por meio do mesmo site.

Começam hoje as inscrições do vestibular da UEMA

uema

Foram abertas nesta segunda-feira (25) as inscrições do Processo Seletivo de Acesso à Educação Superior – PAES 2017 – da Universidade Estadual do Maranhão. Estão sendo oferecidas 4.220 vagas para o ano de 2017, distribuídas em todos os campi da Uema. A partir do PAES 2017, a Instituição irá oferecer vagas em quatro novos cursos: Filosofia, Campus São Luís, com 45 vagas; Educação Física, Campus São João dos Patos, com 40 vagas; Ciências Contábeis, em Codó, com 40 vagas e; Ciências Naturais no Campus Caxias, também com 40 vagas.

Faça sua inscrição aqui

O valor da inscrição será de R$ 85,00 O candidato isento do pagamento do valor de inscrição, para o PAES 2017, deverá, obrigatoriamente, se inscrever no Processo Seletivo por meio do mesmo site. Os candidatos têm até o dia 19 de agosto para fazer a inscrição.

As provas serão realizadas em dois dias consecutivos: 1° DIA: 20 de novembro de 2016- prova constituída de 60 (sessenta) questões objetivas de múltipla escolha, por área de conhecimento, abrangendo os conteúdos programáticos dos componentes curriculares que integram o ensino médio, segundo as diretrizes dos Parâmetros Curriculares Nacionais – PCN’s. 2° DIA: 21 de novembro de 2016 –prova constituída de 12 (doze) questões analítico-discursivas, abrangendo conteúdos programáticos de 2 (dois) componentes curriculares que integram o ensino médio, específicos por curso, e prova de produção textual, segundo as diretrizes dos Parâmetros Curriculares Nacionais – PCN’s.

Confira o edital completo aqui

Professores da rede municipal entram em acordo para retomada das aulas

2184_ueb_luzenir_mata_roma_060115_foto_baeta_4Os professores da rede municipal de São Luís entraram em acordo e devem retomar as aulas. A decisão foi tomada pela categoria em assembleia realizada pelo sindicato dos professores. Uma reunião deverá ser realizada esta semana entre o sindicato de professores e a Secretaria Municipal de Educação (Semed) para definir o calendário de reposição dos dias letivos afetados pelo movimento.

Os professores aceitaram a proposta de 10,67% de reajuste, que já havia sido aprovada pela Câmara de Vereadores. Desde 2013, a categoria acumula reajuste de 39,08% – 9,5% em 2013; 5,9% em 2014; e 13,01% em 2015. No mesmo período, foram implantados também direitos dos professores protocolados há vários meses, como progressões horizontais e verticais e adicionais por titulação e por trabalhar em escola de difícil acesso. Também foram aposentados mais de 400 professores.

NEGOCIAÇÃO

Os vencimentos dos professores são custeados pelo Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e Valorização dos Profissionais do Magistério (Fundeb). Para garantir o reajuste deste ano, também foi feita complementação com recursos próprios da Prefeitura de São Luís.

Para o titular da Secretaria Municipal de Educação (Semed), Moacir Feitosa, a retomada do calendário letivo representa a vitória da mesa de negociação. “Foi a decisão mais sensata a ser tomada e representa a vitória da mesa de negociação e do diálogo que sempre tivemos com os professores”, disse Moacir Feitosa.

CRONOLOGIA

Desde o início do ano, o poder público municipal apresentou cinco propostas diferentes de reajuste ao sindicato dos professores. As negociações se mantiveram no decorrer do movimento paredista, inclusive com a mediação do Ministério Público, por meio da 1ª e da 2ª promotorias especializadas em Defesa da Educação; do Tribunal de Justiça; e da Câmara de Vereadores. A retomada das aulas já havia sido determinada desde o dia 31 de maio pelo Tribunal de Justiça do Estado do Maranhão que, acolhendo ação movida pelo Município de São Luís, decretou a ilegalidade do movimento grevista e aplicou multa ao Sindicato em caso de descumprimento judicial.

A infeliz declaração de Elizabeth contra o programa Leite na Escola

elizanethA presidente do Sindicato dos professores da rede municipal de São Luís, Elisabeth Castelo Branco, foi extremamente infeliz em uma colocação que fez à rádio Mirante AM. Acreditando que é utilizado recursos da secretaria de educação para compra de leite do programa Leite na Escola e este recurso poderia ser utilizado para aumentar os salários dos professores, a professora Elizabeth foi muito dura com um programa fundamental para a nutrição das crianças.

“Se perguntassem para mim e se eu fosse secretária de educação, eu sou contra o leite. Escola não é lugar para dar leite. Não tem nada a ver. Acho que teria que ser outro projeto, mas não da educação. Aí é que percebo: sabe qual é o momento que dá mais pai na escola? É na hora de buscar o leite. Por isso eu sou contra”, afirmou.

Além da desumanidade com milhares de crianças beneficiadas com o programa, a professora Elizabeth mostra desconhecimento técnico, já que o programa do leite não é da secretaria de educação e não utiliza recursos da mesma. Ainda que fosse da Semed, a concepção atual de educação pressupõe a atenção integral ao estudante, inclusive dando condições para que ele aprenda da melhor forma, o que implica em alimentação.

O que a secretaria de educação faz é uma parceria com a secretaria de segurança alimentar para que o leite possa chegar às famílias dos alunos.

No mundo de Elizabeth, se não houvesse a entrega do leite os pais iriam estar nas escolas reivindicando melhorias e não indo receber o leite. É justamente o contrário. Graças ao programa, os pais estão nas escolas pelo menos uma vez por mês para receber o leite e aproveitam a oportunidade para uma conversa sobre a vida escolar dos seus filhos. Quando não existia o programa, a visita dos pais às escolas era ínfima.

A presidente do Sindicato mostra que não conhece tão bem a realidade do dia-a-dia da educação municipal, que ela diz tanto defender.

Começam hoje as inscrições para o Enem

enem2015As inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) serão abertas nesta segunda-feira (9) às 10h, no horário de Brasília e terminarão às 23h59 do dia 20. As provas serão aplicadas nos dias 5 e 6 de novembro. A taxa de inscrição será de R$ 68.

A inscrição é feita pela internet, no site do Enem. O participante deve ter em mãos, no ato da inscrição, o CPF e o número do documento de identidade. Deve também informar um endereço de e-mail. Só é possível fazer uma inscrição por e-mail, assim, cada estudante deverá ter e-mail próprio. O nstituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pelo exame, vai usar o endereço e o telefone celular informado para se comunicar com o participante.

Ao fazer a inscrição o participante informará se necessita de algum atendimento específico ou especializado e se é sabatista – aqueles que, por convicção religiosa, guardam o sábado, reservando o dia para descanso e oração. Eles podem fazer o exame após o pôr do sol.

O atendimento especializado é oferecido as pessoas com baixa visão, cegueira, visão monocular, deficiência física, deficiência auditiva, surdez, deficiência intelectual (mental), surdocegueira, dislexia, déficit de atenção, autismo, discalculia ou com outra condição especial. O atendimento específico é destinado as gestantes, lactantes, aos idosos, estudantes em classe hospitalar e sabatistas.

É também na inscrição, que o estudante informa se quer utilizar o resultado do Enem para certificação do ensino médio. Para isso é preciso ter 18 anos completos até o primeiro dia de execução das provas. A inscrição só é confirmada após o pagamento da taxa de R$ 68. O prazo para que isso seja feito é até as 21h59, no horário de Brasília, do dia 25. São isentos da taxa os estudantes concluintes do ensino médio em escolas públicas e os participantes de baixa renda.

Uma das novidades deste ano é que o estudante poderá pagar a taxa de inscrição em qualquer agência bancária, casa lotérica ou agência dos Correios. Até o ano passado, a inscrição era paga apenas nas agências do Banco do Brasil.

A nota do Enem é usada na seleção para vagas em instituições públicas, por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), bolsas na educação superior privada por meio do programa Universidade para Todos (ProUni) e vagas gratuitas nos cursos técnicos oferecidos pelo Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec).

O resultado do exame também é requisito para receber o benefício do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) e participar do programa Ciência sem Fronteiras. Para pessoas maiores de 18 anos, o Enem pode ser usado como certificação do ensino médio.

Da EBC.

Governo inaugura unidades do Iema nesta segunda-feira

Secretário Bira do Pindaré e professores das três unidades do IEMA

Secretário Bira do Pindaré e professores das três unidades do IEMA

Serão inauguradas nesta segunda-feira (7), às 10h, as três primeiras unidades do Instituto Estadual de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão. A cerimônia contará com a presença do ministro da Educação, Aloizio Mercadante, que fará uma aula magna na inauguração oficial da unidade que funcionará no antigo Colégio Marista.

Entram em funcionamento as unidades instaladas nos municípios de São Luís, Bacabeira e Pindaré-Mirim. Em São Luís, a cerimônia que dá início à Rede de Educação Profissional e Tecnologia do Maranhão também contará com a presença do secretário de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação, Bira do Pindaré, titular da pasta responsável pela instalação dos institutos do Maranhão.

Os cursos que serão ofertados em cada unidade foram definidos a partir de reuniões com a sociedade civil, que teve oportunidade de apontar as demandas. O trabalho teve o apoio dos institutos de Co-Responsabilidade pela Educação (ICE) e Sonho Grande, que são parceiros do governo no projeto de instalação do instituto. A consultoria está sendo feita sem nenhum custo para o Estado.

A unidade do Iema São Luís está ofertando os cursos de Eventos, Informática, Meio Ambiente e Serviço Jurídico; sendo 40 vagas para cada um dos cursos. Em Bacabeira, os alunos vão cursar Administração, Logística e Mineração, que somam 198 vagas. Para unidade plena de Pindaré-Mirim foram ofertadas 120 vagas, distribuídas em igual número entre os cursos de Agropecuária, Recursos Pesqueiros e Serviços Jurídicos. As aulas terão início na terça-feira (8).

Reitor do IFMA traz ministro Aloízio Mercadante a São Luís

Roberto Brandão e Aloísio Mercadante

Aloísio Mercadante e Roberto Brandão

O Reitor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IFMA), Roberto Brandão, conseguiu articular a vinda do ministro da Educação, Aloízio Mercadante, a São Luís para participar da 61ª Reunião Extraordinária do Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif). Através da articulação de Brandão, Mercadante também conciliou a agenda para se reunir com o governador Flávio Dino e discutir parcerias em prol da Educação do Estado.

Na abertura da Reunião do Conif, Mercadante e Flávio Dino serão palestrantes. O governador fará explanação sobre a conjuntura política nacional.

Roberto Brandão assumiu recentemente a diretoria financeira do Conif e passa a ter assento em discussões estratégicas do MEC. Com trânsito livre no Ministério, Brandão mostra o respeito que adquiriu junto ao governo federal.

convite conif_interno-02-02-02

Matrículas dos alunos aprovados no Iema vão até sexta-feira

biraEstão abertas desde a segunda-feira (18) as matrículas para os candidatos classificados aos Cursos da Educação Profissional Técnica na Forma Integrada ao Ensino Médio do Instituto Estadual de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (Iema). As inscrições devem ser efetuadas pelos representantes legais dos candidatos até o dia 22 de janeiro nas Unidades Plenas para a qual o aluno concorre a uma das vagas, – São Luís, Bacabeira ou Pindaré-Mirim.

“Estamos iniciando o processo de matrícula dos alunos para as primeiras unidades que serão inauguradas em fevereiro. Os Iemas vêm com o intuito de ampliar a oferta de educação profissional técnica de nível médio no Estado. O estudante devidamente matriculado nesses institutos concluirá simultaneamente uma habilitação profissional Técnica e o Ensino Médio”, explicou o secretário da Secti, Bira do Pindaré.

O candidato classificado no seletivo que, por qualquer motivo, não efetuar sua matrícula no período estipulado, perderá o direito à vaga, sendo substituído automaticamente pelo primeiro candidato classificado na lista como excedente. Durante a matrícula a equipe de profissionais da Secti está conferindo os dados para comprovar as informações que foram prestadas pelo aluno no momento da inscrição feitas pela internet. Mediante essa análise, se tudo estiver correto, é que a matrícula do aluno será confirmada. Se as informações não forem corretas então a matrícula não é confirmada e serão convocados candidatos da lista de excedentes para ocupar as vagas que ficarem disponíveis.

Um total de 4.555 alunos se inscreveu no Processo Seletivo Público para ingresso em um dos cursos ofertados pelos institutos. Estão sendo disponibilizadas 440 vagas distribuídas entre as três Unidades Plenas. A lista dos aprovados está disponível no site da secretaria no endereço www.secti.ma.gov.br

O maior número de candidatos inscritos é para a unidade de São Luís onde foram registradas 3.839 inscrições. São 455 para o curso de Eventos, 1.508 para o de Informática, 795 para o de Meio Ambiente e 1.081 para Serviço Jurídico. Para essa unidade foram abertas 160 vagas, 40 para cada um dos cursos.

Concorrem as 160 vagas ofertadas pela unidade de Bacabeira, 303 candidatos, sendo 142 para o curso de Administração, 66 para o de Logística e 95 para o curso de Mineração. Para unidade plena de Pindaré-Mirim estão sendo ofertadas 120 vagas distribuídas em igual número entre os cursos de Agropecuária, Recursos Pesqueiros e Serviços Jurídicos. Concorrem a essas vagas 413 candidatos.

Para ingressar em um dos cursos os candidatos deverão ter total disponibilidade de 2ª a 6ª feiras para a jornada escolar integral de 10 horas. Os cursos ocorrerão num período mínimo de três anos com aulas de segunda a sexta, em tempo integral, das 7h às 17h.

A ordem de classificação do candidato levou em consideração a proximidade da residência do aluno à Unidade Plena escolhida, de acordo com a Lei nº 8.069 de 13/07/90. Em caso de empate, foi considerada a maior média final no 9º ano do Ensino Fundamental. Na persistência de empate entre os candidatos, venceu o candidato com a maior idade.

Aos egressos de escolas públicas serão disponibilizadas 80% das vagas. As demais estão distribuídas 15% para os candidatos classificados em ampla concorrência e 5% para pessoas com deficiência.

Efetivação da matrícula

No ato da matrícula, o candidato classificado nas vagas para ampla concorrência deverá apresentar os seguintes documentos: Certificado de Conclusão do Ensino Fundamental (original e cópia); ou Declaração original de Conclusão do Ensino Fundamental, com data a partir de janeiro de 2016; Histórico Escolar (original e cópia); Certidão de Nascimento (original e cópia); Documento de Identidade (original e cópia); Cadastro de Pessoa Física – CPF (original e cópia); duas fotografias 3×4 iguais, de frente e recentes; comprovante de residência; no caso dos classificados nas vagas para ampla concorrência.

No caso dos classificados nas vagas para egressos de escolas públicas os documentos exigidos são Certificado de Conclusão do Ensino Fundamental (original e cópia); ou Declaração original de Conclusão do Ensino Fundamental, com data a partir de janeiro de 2016, os quais comprovem a conclusão do ensino fundamental na rede pública; Certidão de Nascimento (original e cópia); Documento de Identidade (original e cópia); Cadastro de Pessoa Física – CPF (original e cópia); duas fotografias 3×4 iguais, de frente e recentes; comprovante de residência.

Os candidatos classificados nas vagas para as pessoas com deficiência devem comparecer ao local de inscrição munidos de Certificado de Conclusão do Ensino Fundamental (original e cópia); ou Declaração original de Conclusão do Ensino Fundamental, com data a partir de janeiro de 2016; Histórico Escolar (original e cópia); Certidão de Nascimento (original e cópia); Documento de Identidade (original e cópia); Cadastro de Pessoa Física – CPF (original e cópia); duas fotografias 3×4 iguais, de frente e recentes; comprovante de residência; Laudo Médico, emitido nos últimos 12 meses, comprovando a natureza da deficiência, atestando a especificidade, grau ou nível da deficiência, em conformidade com as definições da Organização Mundial de Saúde (OMS).

Governo empossa os 468 gestores escolares eleitos

Foto1_KarlosGeromy - Posse gestores EscolaresO Governo do Maranhão empossou nesta sexta-feira (15) 468 gestores da rede estadual de ensino. Pela primeira vez no estado, os diretores foram eleitos pela comunidade escolar, pondo fim às indicações políticas.

“Hoje concretizamos uma história escrita a muitas mãos, luta de muitos que sonharam com uma gestão escolar democrática e transparente. Essa é uma obra profunda de transformação das pessoas e da sociedade maranhense. É mais um importante passo, coerente com a nossa meta de governar bem e com seriedade para mudar a vida das pessoas”, disse o governador Flávio Dino.

Antes da eleição, os candidatos participaram de curso de formação e fizeram uma prova de conhecimentos. No dia da posse (15) os gestores selecionados e eleitos assinaram um termo de gestão por uma escola pública de qualidade, com metas a serem executadas.

A secretária estadual de Educação, Áurea Prazeres, comemorou o dia como um marco histórico na educação maranhense e afirmou que esta é mais uma ação integrante do conjunto de metas do Executivo Estadual para garantir ensino de qualidade para todos.

Escola Pública de Qualidade

No dia da posse, os gestores assumiram o compromisso de melhorar a qualidade do ensino e os indicadores educacionais das escolas. Uma das diretrizes do termo firmado é garantir que o estudante tenha todas as condições necessárias para aprender em sala de aula. A consolidação e construção de projetos; a liderança, o diálogo e a garantia do exercício da cidadania em sala de aula são alguns dos princípios que norteiam os compromissos firmados pelos diretores escolares.