Waldir Maranhão inventa declaração de apoio de Lula

Blog do Garrone – Pré-candidato ao Senado, o deputado federal Waldir Maranhão (PP) resolveu inovar e criou a declaração de apoio sem declaração.

É isto mesmo, a declaração, sem declaração!

Nessa quinta-feira, ele divulgou em vários blogs da capital que Lula tinha declarado apoio à sua candidatura ao Senado durante encontro na sede do PT em São Paulo, sem, no entanto, apresentar nenhuma declaração do ex-presidente neste sentido.

Nenhuma frase sequer, um elogio, uma justificativa para convencer o eleitorado, nada.

Aliás, a matéria sobre a declaração, contraditoriamente condiciona esse possível apoio ao afirmar que o ex-presidente teria lhe convidado a se filiar ao PT para concorrer ao cargo em 2018.

Não se pode negar que Waldir Maranhão tem se aproximado de Lula desde o impeachment de Dilma Rousseff, quando ocupava interinamente a presidência da Câmara e tentou anular a votação, e depois atabalhoadamente voltou atrás, que deu prosseguimento ao afastamento da presidente petista em 2016.

Acompanhado de seu filho, Thiago Maranhão, da sua nora Mayanne, provavelmente também Maranhão, e do empresário Janderson Landim, o ex-reitor da UEMA bateu foto ao lado de Lula, para exibir e conquistar o eleitorado encantado com a sua amizade com o líder petista preferido da grande maioria dos maranhenses sobrevivente por graças do Bolsa Família.

O retrato servirá como uma espécie de santinho, no qual Lula não se negará em posar ao lado de outros candidatos alinhados ao campo progressista, ainda mais se ele conseguir vencer o golpe judicial e disputar a presidência no próximo ano.

Imagem do Dia: Eliziane, Weverton e Flávio Dino

Um encontro muito inusitado aconteceu nesta sexta-feira (7) no Palácio dos Leões que rendeu uma foto que pode ser a chapa do governador Flávio Dino (PCdoB). Flávio ao lado de Weverton Rocha (PDT) e Eliziane Gama (PPS) só sorrisos.

Weverton era o principal pré-candidato a senador do grupo de Flávio, mas submergiu um pouco após a prisão do amigo Willer Tomaz. Agora, recupera terreno com os encontros regionais com prefeitos e votando a pautas do governo. Eliziane Gama (PPS) tem sido a grande sensação desde que apareceu liderando a pesquisa Exata para o Senado e seu nome foi o mais falado da semana.

Mas Zé Reinaldo e Waldir Maranhão continuam no páreo.

PRB fecha com Flávio Dino para as eleições do ano que vem

Cléber Verde, Flávio Dino e novo presidente do Iterma selam acordo do PRB com PCdoB

O deputado federal Cléber Verde, presidente estadual do PRB no Maranhão, esteve no Palácio dos Leões com uma grande comitiva de prefeitos, vereadores e lideranças do partido para a posse do novo presidente do Iterma, o ex-prefeito de Paulino Neves, Raimundo Lídio. O evento sacramentou a aliança entre PRB e o governo.

Cléber Verde confirmou que a partir de agora, o PRB faz parte do governo e da aliança para eleição de 2018. “Aqui não é só uma participação no seu Governo, uma sinalização apenas administrativa. Ela é acima de tudo uma sinalização e uma confirmação política, de que nós vamos estar juntos nesse processo que se avizinha”, afirmou.

Flávio conquista assim apoio de um partido importante para o pleito do ano que vem.

Humberto Coutinho vê com bons olhos nome de Eliziane para o Senado

O presidente da Assembleia Legislativa, Humberto Coutinho (PDT), tende a ser um apoio de muito peso para a pré-candidata ao Senado, Eliziane Gama (PPS). Humberto ainda não se posicionou oficialmente e nem deve fazê-lo no momento. Mas aos mais próximos, tem confidenciado que está animado com a colocação do nome de Eliziane para a disputa.

Humberto disse a aliados que seu único compromisso para o Senado é com Zé Reinaldo. Os Coutinho têm uma relação muito próxima com a deputada, em especial, a ex-deputado Cleide Coutinho, esposa de Humberto. Dona Cleide e Eliziane são muito próximas. Quando as duas eram deputadas estaduais, conversavam bastante em plenário.

Mesmo distante da eleição de São Luís em 2016, Humberto fez gestos em favor de Eliziane.

João Alberto está fora da disputa pela reeleição em troca de votos para João Marcelo

Blog do Jorge Vieira – O senador João Alberto de Sousa, diante da repercussão da exclusão do seu nome da pesquisa encomendada junto ao Instituto Escutec para o Senado, disse aos mais próximos que a não inclusão se deu a seu pedido porque não tem mais a menor disposição de continuar em Brasília. “Estou cansado da capital federal”, disse o presidente do Conselho de Ética do Senado ao interlocutor.

Fiel escudeiro da família Sarney, o senador deixou claro que não pretende disputar a reeleição e que somente voltará a ser candidato se for uma imposição do grupo. João Alberto adiantou ainda que seu projeto para 2018 é lutar pela reeleição do filho deputado federal João Marcelo (PMDB), por isso teria pedido para não incluir seu nome na pesquisa apresentada pelo Escutec.

Diante das declarações do senador, presidente licenciado do diretório estadual PMDB, tudo indica que ele foi convencido a apoiar a pré-candidatura do ministro do Meio Ambiente, Sarney Filho, em troca dos seus redutos eleitorais para João Marcelo.

Balsas reúne mais de 500 lideranças em apoio à pré-candidatura de Weverton

Um evento em Balsas reuniu mais de 500 lideranças políticas entre deputados federais e estaduais, prefeitos, vereadores, secretários e líderes estaduais e locais em apoio à pré-candidatura ao Senado em 2018 do deputado federal Wevereton Rocha. Este foi o quarto evento, em 2017, do grupo que reúne políticos de diversos partidos. “Estamos em um projeto coletivo, sendo construindo ao longo desses encontros, ouvindo as lideranças, ouvindo a população. É possível, sim, usar aquele espaço (o Senado) para se unir com deputados, prefeitos e sociedade civil para buscar recursos para o estado e lutar pelo Maranhão”, afirmou Weverton Rocha.

Participaram do encontro em apoio à pré-candidatura de Weverton os deputados federais Juscelino Filho (presidente do DEM), André Fufuca (presidente do PP), Junior Marreca (vice-presidente do PEN), Rubens Júnior, líder da bancada maranhense na Câmara, Deoclides Macedo (PDT) e Julião Amim (PDT), atualmente como secretário estadual de Trabalho e Economia Solidária; os deputados estaduais Stênio Rezende (DEM), Glaubert Cutrim (PDT), Valeria Macedo (PDT); os secretários estaduais Márcio Honaiser, de Agricultura, e Julio França , adjunto de Articulação Política; 29 prefeitos, como Luciano Leitoa, de Timon, Fufuca Dantas, de Alto Alegre do Pindaré, e Fred Maia, de Trizidela do Vale; vereadores, ex-prefeitos e lideranças comunitárias de diversas regiões do estado.

O prefeito de Balsas, Erik Costa, deu as boas vindas a todos e reiterou o empenho no projeto de eleger Weverton senador em 2018, por acredita que ele tem muito a contribuir com a região. ‘As pessoas aqui em Balsas estão com você, porque acreditam em você, Weverton. Vamos nos empenhar para que esse movimento cresça”, disse Erik. “Esse projeto é de todos nós”, completou o secretário Márcio Honaiser.

O secretário Julião Amim destacou a história de Weverton, sua lealdade e coerência na hora de votar. “Ele poderá fazer muito para o Maranhão”. “Esse movimento é acertado e vai mudar a política do Maranhão, afirmou o deputado Rubens Jr. O prefeito Luciano Leitoa destacou os posicionamentos de Weverton, “ele vai fazer a diferença”.

O deputado estadual Glaubert Cutrim lembrou a grande distância percorrida por muitas lideranças para chegar em Balsas e disse que “isso é porque o Maranhão confia em Weverton Rocha”.

O prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior, gravou um vídeo de apoio. “Weverton pode contar comigo”, afirmou.

O deputado federal Juscelino Filho destacou o fato de que a pré-candidatura surgiu de uma união de ideias de jovens lideranças, que, contando com o apoio dos mais experientes, busca construir um Maranhão mais justo e mais desenvolvido. “Weverton representa nosso projeto”, afirmou Juscelino.

Os encontros, que já aconteceram em Santa Inês, Codó e Barra do Corda, tem registrado um número crescente de participantes. Mesmo em Balsas, um município considerado distante, o número voltou a ser maior que a reunião anterior. “Essas presenças nos dão ânimo. São a demonstração que estamos no caminho certo, que estamos representando o Maranhão de verdade, com todos os seus anseios e necessidades”, afirmou Weverton, “Vamos continuar caminhando juntos para trabalhar pelo Maranhão que queremos”.
O próximo encontro acontecerá em 29 de julho, em Pedreiras.

Sarney Filho será novamente rifado?

Caso esta seja a foto da chapa sarneysta em 2018, será mais um duro golpe em Sarney Filho

O blog do jornalista Marco Deça publicou uma interessante articulação para juntar em uma chapa Roseana Sarney (PMDB), Eduardo Braide (PMN), Maura Jorge (Podemos) e Sebastião Madeira (PSDB). Segundo a publicação, Braide seria candidato a governador, Maura a vice, Roseana e Madeira a Senador.

Como o jornalista tem amplo acesso a fontes do sarneysismo, a articulação parece ter rumo. E de fato, seria interessante em algum sentido para os quatro.

Eduardo Braide é uma incógnita e apostaria no fator “candidato apolítico” na disputa majoritária, mas ainda poderia sofrer do mesmo problema da eleição municipal de São Luís: seu discurso de novidade na política não se sustenta por ser de família de políticos e sempre estar na política. Além do processo que envolve a máfia de Anajatuba. Por outro lado, mesmo que perca a eleição, se credencia como nova liderança a nível estadual e primeiro da fila para 2022.

Será o ministro do Meio Ambiente preterido em uma disputa majoritária mais uma vez?

Para Maura Jorge, seria interessante em caso de vitória da chapa. Mas em uma campanha com ênfase para a dupla, pode ganhar algum destaque que a projete para algo futuro.

Mesmo sem chance alguma de se eleger, Sebastião Madeira finalmente realizaria seu sonho de ser candidato a Senador. A dificuldade será colocar o PSDB nesta chapa. Mas Madeira ainda pode buscar outro partido.

A mais beneficiada seria Roseana. Para muitos, uma candidatura de Roseana ao Senado implicaria em uma vaga reservada e a disputa seria pela outra vaga. A ex-governadora é forte candidata ao Senado. Roseana provavelmente garantiria oito anos de mandato e foro privilegiado (caso o benefício continue).

Mas o grande problema está no Senado. Sarney Filho é hoje o único pré-candidato oficial ao Senado do Clã Sarney, até com boas chances. Nos meios políticos, se fala em disputa acirrada entre Sarney Filho, Weverton Rocha e Zé Reinaldo por duas vagas. Mas parece que a história se repete de Zequinha ser golpeado pela irmã.

Como recordar é viver, vale lembrar que em um acordo entre Zé Reinaldo e José Sarney, Zequinha deveria ser o candidato a governador do Clã em 2006. Mas Roseana não aceitou. Numa reunião com o pai, Roseana gritou e disse que quem tinha voto era ela. Sarney, com medo da filha, disse que a ideia da candidatura de Sarney Filho foi de Zé Reinaldo. E Roseana passou a hostilizar o então governador nos meios de comunicação da família. Este foi o principal motivo do rompimento do então governador com o Clã Sarney. A história foi contada pelo próprio Zé Reinaldo em uma entrevista em 2006.

Mais uma vez, Roseana ensaia puxar o tapete do irmão que tem feito pré-campanha, está bem articulado e pode ter a candidatura tolida dentro de casa.

Primeira-dama de São Luís garante que não será candidata em 2018

Camila Holanda realiza ações sociais da prefeitura

Circula nas redes sociais um boato de que a primeira-dama de São Luís, Camila Holanda, seria candidata a deputada estadual nas eleições de 2018.

A primeira-dama usou as redes sociais para desmentir o boato. Ela afirma que realiza os trabalhos sociais na prefeitura apenas para ajudar o marido. Camila coordena o programa “Todos por São Luís”. “O trabalho que realizo à frente de programas municipais, voluntariamente, tem o intuito tão somente de ajudar a gestão do Edivaldo”.

Camila Holanda garante que segue apoiando a gestão do marido sem interesses eleitorais. “Sempre estive e estarei ao lado do meu marido, cuidando da nossa família e o apoiando em tudo. E faço com muita alegria, muito amor, sem qualquer interesse em disputas eleitorais”.

Tema consegue reunir centenas de lideranças em favor de Zé Reinaldo

O prefeito e presidente da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (FAMEM), Cleomar Tema, reuniu neste último fim de semana na sua residência, na cidade de Tuntum, centenas de lideranças políticas de várias regiões do estado, que declararam apoio irrestrito à pré-candidatura ao Senado do deputado federal José Reinaldo Tavares
(ainda no PSB).

O evento, denominado I Encontro da Gratidão e que lançou oficialmente a pré-candidatura do ex-governador, contou com as participações de prefeitos; ex-prefeitos; deputados estaduais; deputados federais; vereadores; ex-vereadores; secretários estaduais; além de presidentes de partidos, lideranças comunitárias e de movimentos sociais.

O presidente do PCdoB no Maranhão e secretário estadual de Comunicação e Assuntos Políticos, Márcio Jerry, também destacou a liderança política de Cleomar Tema e a sua capacidade de aglutinar apoios.

Jerry elogiou a trajetória política de José Reinaldo e avaliou que a sua pré-candidatura a Câmara Alta nasce grande porque trata-se de um sentimento municipalista de reconhecimento ao seu trabalho pelo Maranhão.

“O ex-governador Zé Reinaldo dispensa comentários. Possui uma bela trajetória política e de excelentes serviços prestados ao estado e ao seu povo. Também quero salientar a força política do presidente Tema, que vem conduzindo muito bem os destinos da FAMEM”, afirmou.

Os prefeitos destacaram destacaram a liderança de Cleomar Tema e o seu trabalho
como presidente da FAMEM. “Hoje, sem nenhuma dúvida, o Tema é a maior liderança municipalista do Maranhão. O Zé Reinaldo foi um dos melhores govenadores para os
municípios. Portanto, essa parceria entre Tema e Zé Reinaldo é uma união em favor das cidades”, disse o prefeito Juran Carvalho (PP), de Presidente Dutra.

Pré-candidato a federal, Gil Cutrim recebe apoios importantes

O ex-prefeito de São José de Ribamar, Gil Cutrim (PDT), recebeu nesta última sexta-feira os apoios oficiais do prefeito Erlanio Xavier (PDT – Igarapé Grande); do ex-prefeito Hernando Macedo (PC do B – Dom Pedro); e do vereador de São Luís, Ivaldo Rodrigues (PDT); à sua pré-candidatura a deputado federal.

Também participou do encontro o deputado federal, presidente do PDT do Maranhão e pré-candidato ao Senado, Weverton Rocha.

“O Gil, apesar de jovem, é um político muito bem articulado e um gestor público que, ao contrário do que dizem alguns poucos oposicionistas, realizou um bom trabalho em São José de Ribamar, mesmo diante das inúmeras dificuldades financeiras. Tenho certeza que será um parlamentar atuante e que trabalhará, em Brasília, pelos municípios do Maranhão”, afirmou Macedo.

Avaliações semelhantes fizeram Xavier e Rodrigues. De acordo com eles, seus apoios a Cutrim refletem um sentimento que, hoje, reina na população maranhense, que quer uma renovação nos quadros da política do estado.

Gil Cutrim agradeceu os apoios dos três políticos. Ele ratificou o seu compromisso de continuar trabalhando pelo desenvolvimento do estado e de suas cidades.

Cutrim conta, ainda, com os apoios de vários outros gestores municipais e lideranças políticas de regiões diversas do Maranhão.