Cartunista maranhense tem charge premiada pela ONU

Aliny Gama, para UOL

Charge premiada na ONU

Charge premiada na ONU: Crítica ao sensacionalismo de grande parte da imprensa

Uma charge desenhada pelo cartunista maranhense Raimundo Rucke, 44, publicada no jornal “O Dia”, do Piauí, obteve o segundo lugar no prêmio Ranan Lurie Political Cartoon Awards, da ONU (Organização das Nações Unidas).

O resultado saiu no último dia 15. A imagem faz uma crítica à forma sensacionalista que a imprensa divulga as notícias.

No desenho, o dono de um cachorro manda o animal ir buscar o jornal. Porém, ao olhar a capa, o cão volta chorando sem trazer o pacote. Rucke disse que desenhou a imagem sugerindo a reação do animal ao ver uma notícia sobre violência.

“Pensei em desenhar algo ligado às notícias. Depois, cheguei a uma situação que expressasse bem a ideia da violência estampada na mídia. Foi aí que me veio a imagem do cachorrinho. Então, pensei como ele reagiria ao se deparar com uma notícia ou uma imagem muito chocante”, diz.

O cartunista avalia que sua charge é um desenho atual e atemporal ao mesmo tempo. “Ela serve para qualquer situação e qualquer época.”

A imagem foi publicada em setembro do ano passado, mas já havia sido premiada, em 2014, no Salão Internacional de Humor de Piracicaba (SP), na categoria “tiras”.

Os traços do cartunista são feitos com lápis e caneta em folhas de papel sulfite. Depois, os desenhos são digitalizados, coloridos e finalizados no Photoshop.

O cartunista maranhense Raimundo Rucke

Rucke nasceu em Coelho Neto (MA) e mora há 20 anos em Itu (interior de São Paulo). Ele desenha desde os oitos anos de idade, mas somente aos 17 anos, ao descobrir os trabalhos de Ziraldo, Henfil e Angeli, decidiu ser cartunista.

Já publicou diversos trabalhos em “O Pasquim 21”, criado por Ziraldo e Zélio Alves Pinto. Atualmente, o ele faz caricaturas para o jornal “A Federação”, de Itu. Além disso, colabora com o jornal “O Dia”.

Esta é a quarta vez que Rucke participa do concurso da ONU, mas a primeira que ele fica entre os três colocados. O cubano Aristides Hernandez Guerreiro levou o primeiro lugar e o americano Mike Luckovich, o terceiro lugar. Rucke receberá US$ 5.000 (R$ 20 mil).

O famoso cartunista americano Ranan Lurie dá o nome ao prêmio. Lurie participa da escolha dos ganhadores como presidente do júri junto do ator Jeff Bridges, conhecido pela atuação em trabalhos sociais, e de três ganhadores do Nobel da Paz: Kofi Annan, ex-secretário geral da ONU, Mikhail Gorbachev, ex-secretário geral do Partido Comunista da União Soviética, e Oscar Arias Sanchez, ex-presidente da Costa Rica.

Aviso aos leitores

Gostaríamos de nos desculpar aos leitores pelo baixo número de atualizações desta sexta-feira (13) e o fato de não ter sido publicada a coluna “Política Maranhense em Notas” nos últimos três dias. O titular do Blog esteve se dedicando a outras atividades nos últimos dias. Voltaremos agora ao ritmo habitual e a coluna volta na segunda-feira (16).

II Encontro de Mídias Alternativas do Maranhão acontece em dezembro

Barao-logo

A cidade de São Luis vai sediar no dia 4 de dezembro o 2º Encontro Estadual de Mídias Alternativas. O evento é promovido pelo Centro de Estudos de Mídia Alternativa Barão de Itararé.

O objetivo é reunir os cidadãos em geral para discutir a democratização da comunicação, bem como seus impactos nos vários setores da sociedade, em defesa da ampliação da democracia no Brasil. Participarão do encontro, comunicadores digitais (acadêmicos de comunicação, jornalistas, blogueiros, tuiteiros, leitores de blogs, ativistas de redes sociais e radialistas).

O Centro de Estudos de Mídia Alternativa Barão de Itararé vem desenvolvendo a cada ano encontros estaduais e nacionais (além de atividades específicas), buscando difundir conhecimento, envolver a sociedade no debate e despertar a reflexão em relação a um tema, que está previsto na nossa Constituição Federal, porém, vem sofrendo distorções em relação ao seu conteúdo.

Paulo Henrique Amorim será um dos palestrantes

O evento será realizado no dia 4 de dezembro em São Luis e contará, além de outras personalidades, com a presença do jornalista Paulo Henrique Amorim que fará o lançamento do seu livro “O Quarto Poder”.

Inscrições gratuitas

As inscrições já podem ser feitas através do e-mail:[email protected], haverá entrega de certificados (vale 8h de AACs)

Contato para a imprensa:

O organizador do evento no Maranhão é o jornalista Jonatas Carlos que é membro da Comissão Nacional de Blogueiros e Ativistas Digitais. O contato com o mesmo pode ser feito pelos telefones 98-99616 3741 * 99 98205 0236 e pelo emal: [email protected]

Um esclarecimento necessário

O desespero por parte de quem perdeu as benesses do Palácio dos Leões chegou ao ridículo nesta sexta-feira (16). Usando como pretexto um post do jornalista Cunha Santos, blogueiros sarneystas aproveitaram para atacar o titular deste Blog – e outros sérios jornalistas – com uma série de inverdades. Pois vamos aos fatos.

Disseram que eu perdi espaço do jornal O Imparcial por “patrulha” do governador Flávio Dino e do secretário Márcio Jerry. O Maranhão inteiro sabe que quem me patrulhou em O Imparcial foi o ex-secretário de Comunicação do estado, Sérgio Macedo. O ex-secretário cobrou da direção do jornal para que retirasse uma crítica que fiz a ele do Blog. Então, decidi juntamente com a direção do jornal retirar o Blog do site de O Imparcial e assim manter a liberdade para criticar quem quer que seja.

Diferente do que publicaram, nenhuma postagem foi retirada do meu Blog por pedido de quem quer que seja. Já me retrarei e corrigi informações equivocadas, como sempre faço em respeito à verdade, mas nunca retirei um post por ter desagradado alguém. Críticas que fiz a secretários estaduais e municipais de São Luís estão todas na página.

Por fim, este Blog mantém independência ideológica e nunca mudou sua linha editorial. Caso pensasse realmente em recursos da verba publicitária do governo, já estaria “batendo” no governo como outros “ex-dinistas” já fazem.

O cidadão Clodoaldo Corrêa é o mesmo do tempo de estudante: esquerdista, militante das causas sociais e antisarney convicto. E isto não significa ser contra a pessoa José Sarney, mas contra o que representa a cultura política do Maranhão nos últimos 50 anos: patrimonialismo, sistema oligárquico, clientelismo e a pasquinagem.

Apenas lamento porque o blogueiro que publicou essas inverdades a meu respeito sabe da minha idoneidade e profissionalismo. Sabe, inclusive, que há menos de seis meses, o próprio jornal O Estado do Maranhão me convidou para compor a equipe de Política do periódico. Agradeci o convite, respeitando os profissionais e amigos que lá trabalham e recusei.

Espero que picuinhas de verbas publicitárias e assuntos de pouco ou nenhum interesse público não tenham mais que ser tratados em um fórum em que o debate deve ser a política eleitoral-partidária e administrativa.

‘Mariana Godoy Entrevista’ recebe Flávio Dino

flavio

E a vitória do povo do Maranhão perante a oligarquia da Família Sarney continua a repercutir na imprensa nacional. O governador Flávio Dino (PCdoB) já foi convidado para entrevistas nos maiores programas jornalístico do país. A façanha de derrotar a oligarquia mais longeva do Brasil, que levou o Maranhão a ser um dos estados com pior IDH da federação vai ser tema do programa “Mariana Godoy Entrevista“.

Flávio Dino vai falar de seus desafios, das dificuldades encontradas pela atual gestão e dos seus projetos para reverter o cenário de terra arrasada deixado pela oligarquia mais perversa que o Brasil já viu.

O governador do Maranhão, Flávio Dino é o convidado do programa “Mariana Godoy Entrevista” desta sexta-feira (2), que começa a partir das 23h15 na RedeTV!. O telespectador poderá participar das entrevistas mandando perguntas pelo Twitter com a hashtag#MarianaGodoyEntrevista.

Férias

O titular do Blog do Clodoaldo Corrêa entra de “férias” por 15 dias. Neste período, o jornalista Gregório Dantas, conhecedor dos meandros do política local, estará à frente do Blog, onde terá toda liberdade intelectual para exercer o jornalismo de acordo com sua visão e manterá a atualização constante.

Obrigado e continuem acompanhando a página.

 

 

EMA chama calúnia de crítica e mistura Ação do ano passado com críticas deste ano

Foto de manifestação de servidores do Judiciário casada com manchete de decisão contra calúnias: informação deturpada

Foto de manifestação de servidores do Judiciário casada com manchete de decisão contra calúnias: informação deturpada

Matéria do jornal O Estado do Maranhão sobre a decisão judicial em favor de Flávio Dino misturou “alhos com bugalhos”. Já na manchete do Jornal, o EMA cita que Flávio Dino barra na Justiça “quem o critica na Web”.

Ora, o governador é criticado diariamente na Web e, pelo cargo que ocupa, certamente será criticado diariamente até o final do mandato. Mas crítica é diferente de difamação e calúnia. Jamais a Justiça iria retirar do ar perfis das redes sociais simplesmente por crítica.

O EMA também misturou a Ação do ano passado, cuja decisão saiu este ano, com críticas que o governador recebe de servidores do Poder Judiciário. A Ação da qual Flávio saiu vitorioso diz respeito aos perfis fakes que o ridicularizavam e o satirizavam com inverdades, inclusive relacionadas à família do governador. O juiz Luiz de França Belchior foi taxativo ao afirmar na decisão que o nome de Flávio “permanece atrelado a vários perfiz falsos no Facebook, com todo tipo de notícia, não condizentes com a realidade dos fatos”.

Uma coisa é uma coisa e outra coisa é outra coisa. As críticas dos servidores do Judiciário estão na internet, o perfil criado para criticar o governador está lá, todos com seu direito de crítica e reclamação preservado, dentro dos limites Constitucionais da liberdade de expressão.

Rádio Timbira: Forte na Ditadura e quase aniquilada na democracia de Roseana Sarney

Djalma Rodrigues fala do sucateamento da Rádio Timbira na Era Roseana

Djalma Rodrigues fala do sucateamento da Rádio Timbira na Era Roseana

O jornalista Djalma Rodrigues fez importantes observações acerca da história da Rádio Timbira, durante audiência pública no Plenário Fernando Falcão, da Assembleia Legislativa, que discorreu sobre o papel do radialista.

Djalma representou a diretoria de comunicação da Câmara Municipal de São Luís e também mostrou os avanços no setor da Comunicação daquela Casa, incluindo o programa Câmara em Destaque, que é levado ar da segunda a sexta-feira, das 10 às 13 horas, transmitindo ao vivo as sessões do Legislativo Municipal.

Sobre a Rádio pública do Maranhão, o jornalista pontuou que, inaugurada em 15 de agosto de 1941, pelo interventor Paulo Ramos, durante o regime ditatorial denominado de Estado Novo, implantado por Getúlio Vargas, a Rádio Timbira sofreu grande contradição. Sendo uma das mais potentes emissoras AM do Maranhão, a Rádio foi forte na ditadura e enfraqueceu na democracia.

“Em 27 de outubro de 1995, a então governadora Roseana Sarney editou decreto extinguindo a autarquia que administrava a Rádio Timbira, que só não silenciou porque é uma concessão do governo federal. Atualmente, o governador Flávio Dino e o secretário de Comunicação, Robson Paz, traçam estratégias para que a Timbira reedite seus velhos tempos”, salientou Rodrigues.

A secretária adjunta de comunicação do Estado, Viviane Leite, representou o secretário Robson Paz no evento.

Caso Constran motiva ataques a Jefferson Portela

jeffersonportelaO jornalista Jorge Vieira publicou texto em seu Blog tratando dos sistemáticos ataques do sistema Mirante de Comunicação ao secretário estadual de Segurança Jefferson Portela. O tema segurança, praticamente inexistente antes no noticiário da TV Mirante, é agora recorrente, mesmo com os índices menores (não satisfatórios, mas menores).

Mesmo com todas as ações de promoção de policiais e bombeiros, convocação de mais policias, delegados e investimentos em armamentos, nada disso tem noticiabilidade, mas apenas os casos de violência. Claro que não se deve “abafar” nada, mas se questiona o motivo de somente agora o jornalismo miranteano “descobrir” a violência no Maranhão.

Segundo Vieira, a motivação é o caso da Constran, investigado pela Polícia Civil do Maranhão. A independência de Portela em relação ao grupo Sarney tira o sono de Roseana, João Abreu e CIA. Derrubá-lo para que seja nomeado um secretário com mais afinidade com o grupo é visto pelos sarneystas como solução.