Gleisi Hoffmann afirma que posição do PT no Maranhão é clara e unitária de apoio a Flávio Dino

A presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, participa de atividades do partido em São Luís neste sábado (22). Em entrevista coletiva, a presidente do PT falou de diversos assuntos, entre eles o posicionamento do partido no estado. A petista afirmou que o partido está com Flávio Dino.

“Aqui no Maranhão, estamos com uma avaliação política muita clara e unitária. Estamos apoiando o governador Flávio Dino e a possibilidade muito grande de reeditar esta aliança, como é no plano nacional. O Maranhão não está fora deste contexto e vamos trabalhar neste sentido”, afirmou.

Sobre alguma divergência que poderia ocasionar tensão entre os militantes, Gleisi afirmou que as discussões são normais, já que o PT não tem caciques que impõem as posições. “É importante constatar que temos uma unidade política no estado. Todas as correntes têm a mesma visão de onde partido tem que estar no estado. As outras questões de natureza interna é coisa que a gente sempre conversou e temos condição de seguir em frente. Aliás, é uma das características do PT em todo Brasil, nem sempre ter consenso. Não temos caciques que mandam no PT. Temos uma militância que discute ideias”.

Ficou claro apenas que não existe nenhuma possibilidade de reeditar aliança com PMDB no Maranhão e em nenhum estado. “O PMDB fez uma opção. Foi um dos precursores do golpe e um dos timoneiros das reformas contra o povo brasileiro”.

Vaga na chapa

Quando questionada sobre o PT exigir vaga na chapa majoritária do governador Flávio Dino, Gleisi não condicionou o apoio à vaga, mas disse que o assunto ainda seria discutido. “Como partido político sempre nos cabe reivindicar espaço. Nós não discutimos ainda nomes para compor chapa. Vamos discutir entre nós e com nossos companheiros do PCdoB, com o governador Flávio Dino, sempre de maneira muito fraterna e no intuito de melhorar cada vez mais o Estado”.

Boato de Flávio vice de Lula

Sobre o boato de que o PT estaria articulando o nome de Flávio Dino para ser candidato a vice-presidente de Lula, a presidente nacional do PT fez questão de dizer que o governador do Maranhão é uma liderança respeitada em todo o Brasil, mas que no momento, o partido não discute chapa. “Nós não estamos discutindo composição de chapa. Nós estamos discutindo o direito do presidente Lula ser candidato. Qualquer situação de construção de chapa vai ser posterior a isto. Mas temos o maior respeito pelo governador Flávio Dino. É um nome de grande respeitabilidade nacional, inclusive. Tanto que estamos apoiando ele aqui.Mas não tivemos uma conversa neste sentido”, sentenciou.

Gleisi disse que haverá reunião dia 31 de julho com os presidentes estaduais e definir a caravana do presidente Lula pelo Nordeste, passando pelo Maranhão.

Após garantir o Avante, Waldir Maranhão tenta dominar o PPL

Waldir tenta emplacar Rubem Brito no comando do PPL

O deputado federal Waldir Maranhão adotou uma estratégia para sua pré-candidatura ao Senado: o controle de pequenos partidos com pessoas de sua confiança nas direções estaduais das legendas. O primeiro foi o Avante (ex-PTdoB), que ficou sob o controle do prefeito Luciano Genésio, aliado de primeira hora de Waldir.

O próximo é o PPL. Waldir articula pesado para que o partido seja presidido no Maranhão pelo ex-deputado Rubem Brito (hoje no PSDB). Rubem Brito é secretário da gestão de Luís Fernando em São José de Ribamar.

Rubem tem problemas da época em que foi diretor a Caema. Ele é acusado de crime ambiental porque teria cedido terreno de área do Parque Estadual do Bacanga a pessoa física.

A direção nacional do PPL deve vir a São Luís neste final de semana para discutir o caso. O partido que sempre foi controlado no Maranhão pelo irmão de Jackson Lago, Zé Luís Lago, estava com tudo acertado para ficar sobre o comando de Roberto Câmara, filho do ex-prefeito de São José de Ribamar, J. Câmara. A briga será grande.

Presidente nacional do PT estará em São Luís neste sábado

Gleisi foi eleita presidente nacional do PT há pouco mais de um mês

A nova presidente nacional do Partido dos Trabalhadores, senadora Gleisi Hoffman, estará em São Luís neste sábado (22) para duas agendas na capital maranhense. Ela participará de uma plenária das mulheres e da inauguração da nova sede do diretório municipal da legenda.

A senadora chega ao Maranhão por volta de 12h e depois do almoço estará na CESIR (FETAEMA), participando da plenária das Mulheres do Maranhão, evento promovido pelo Diretório Estadual do PT que começa às 9h.

Gleisi também concederá entrevista coletiva à imprensa maranhense, que deve ocorrer às 15h.

Já à noite, participa da inauguração da nova sede do Diretório Municipal de São Luís, que agorá funcionará na Rua dos Jambos, Qd 70, n° 18, Renascenca. A festa será a partir das 20 horas.

Para o novo presidente do diretório municipal do PT, Honorato Fernandes, “o momento é muito significativo e marca o início do processo de implantação de uma série de ações que os membros do Diretório, junto com a nova Executiva e a base do Partido vêm discutindo e trabalhando, no intuito de alcançar um único objetivo, que nos norteia desde o período de campanha: a unidade e a renovação do PT em São Luís”.

Luciano Genésio deixa o PP para tomar a presidência do nanico Avante de Cristiane Damião

O prefeito de Pinheiro, Luciano Genésio, se desfiliou do Partido Progressista para chefiar o nanico Avante (antigo PTdoB) no Maranhão. O ex-comunista e ex-progressista acertou a presidência do pequeno partido e abandou o barco do partido de André Fufuca e Waldir Maranhão.

Aliás, a articulação para Luciano assumir o controle do partido foi do próprio Waldir, que deixou seu filho, Thiago Maranhão, como secretário-geral do Avante.

“O ambiente político exige uma maior capacidade de articulação política. Exige amplitudes capazes de atrair jovens, militantes das redes sociais e todos aqueles que lutam para superação das desigualdades econômicas e sociais”, justificou Genésio.

Quem ficou a ver navios foi a ex-prefeita de Bom Jesus das Selvas, Cristiane Damião. A prefeita perdeu a eleição no município em outubro do ano passado para o comunista Fernando Coelho e, agora, perde, de quebra o comando da legenda. Ela havia tomado o controle do pequeno partido.

O curioso é que Cristiane tomou o partido de Lourival Mendes logo após este perder o mandato de deputado federal. Ou seja, Luciano que se cuide, pois logo que ficar sem mandato o deputado federal Luis Tibé (presidente nacional) coloca outro para avançar no Maranhão.

Carlos Brandão é reeleito presidente do PSDB do Maranhão

Vitória de Brandão fortalece aliança do PSDB com Flávio Dino

“Foi um momento muito importante porque essa recondução nossa à presidência do partido deixa em mim uma satisfação grande pelo reconhecimento ao que vem sido desenvolvido pelo PSDB maranhense nos últimos anos. É um voto de confiança que foi dado a mim, mais uma vez, e eu me sinto com uma responsabilidade muito maior para continuar trabalhando no fortalecimento do nosso partido”, declarou Carlos Brandão, presidente reeleito do PSDB-MA, na presença de mais de setenta representações municipais, durante a convenção estadual do partido que aconteceu neste domingo, no Rio Poty Hotel.

Brandão também afirmou que a decisão unânime dos correligionários em mantê-lo presidente do diretório estadual do PSDB é resultado de um forte trabalho realizado por todos os tucanos, em várias instâncias da sigla – da Juventude à participação feminina -, além do destaque nacional e regional que o PSDB maranhense conquistou em termos de quantidade de prefeitos, vice-prefeitos, vereadores e filiados, com os resultados das últimas eleições.

Todos os grandes nomes que fizeram uso da fala, durante as convenções, ressaltaram a importância do partido seguir firme nas decisões tomadas coletivamente.O prefeito de São José de Ribamar, Luís Fernando Silva, o secretário Neto Evangelista, o suplente de senador Pinto Itamaraty, ex-deputado Marcos Caldas, vereador Gutemberg Araújo, entre outros.

O governador Flávio Dino, que prestigiou o evento, também remontou no perfil do tucanato maranhense algo que lhe inspira confiança. “Aqui, eu me sinto em casa. Podemos e devemos falar de futuro. É de minha vontade que o PSDB continue compondo chapa majoritária com o PCdoB. Estou muito feliz em estar aqui avaliando com vocês os avanços que este partido nos ajudou a construir no governo do Estado. O Brandão é um presidente eficiente. O PSDB continua em mãos eficientes e honradas. Espero que o PSDB continue crescendo em nosso estado – é um desejo sincero do meu coração – com toda minha gratidão e solidariedade”, reforçou Dino.

Direção nacional do PT confirma vitória de Honorato em São Luís

A executiva nacional do partido dos Trabalhadores (PT) negou o recurso impetrado contra a candidatura do vereador Honorato Fernandes à presidência do partido. A chapa de Fernando Magalhães pedia a anulação do processo eleitoral em São Luís.

A chapa derrotada acusava o vereador de ter utilizado imagens de pessoas não filiadas ao partido na campanha.

Agora, confirmado como presidente municipal do PT, Honorato disse que trabalha para fortalecer a legenda. “Passado esse momento, reafirmo nosso compromisso com a construção partidária, com a luta da classe trabalhadora, com o combate à desigualdade social e com a militância petista na construção de um mandato forte e respeitado pela sociedade”, afirmou.

Honorato falou que as prioridades agora são a reestruturação de nossa instância (considerando os feitos por gestões anteriores), a eleição de Lula Presidente em 2018, fortalecimento do campo da esquerda com a reeleição de Flavio Dino governador e pela defesa da democracia.

Resultado final da eleição do PT no Maranhão é homologado. Confira!

Pouco mais de duas semanas após a votação, finalmente o PT maranhense oficializou o resultado do PED (Processo de Eleição Direta) a nível estadual. Depois de muitas confusões, idas e vindas e contagem de vitória antecipada das duas principais candidaturas, o resultado foi a vitória da chapa de Augusto Lobato, com maior número de delegados.

Com 4.191 votos, a chapa “É Mudança, Lobato presidente” ficou com 99 delegados e mais um pela sobra, chegando a 100 delegados. A chapa de Zé Inácio, ficou em segundo 3.976 votos e 94 delegados.

O resultado foi homologado pela comissão organizadora do PED. O próximo passo será o Congresso estadual, dia 7 de maio. Os votos dos delegados de outras chapas será fundamental, já que a vantagem de Lobato é pequena.

Resultado final

Chapa Mudança Lobato Presidente, de Augusto Lobato – 100 delegados – 4.191 votos
Chapa MA Mais Justo para Todos e para Lula, de Inácio – 94 delegados – 3.976 votos
Chapa CNB na Luta 2018, de Francimar – 39 delegados – 1.623 votos
Chapa Lula Presidente, de Paulo Romão e Márcio Jardim – 21 delegados – 904 votos
Chapa Piracema , de Eri Castro – 6 delegados – 244 votos

 

Honorato é eleito presidente do PT de São Luís

Honorato comemora com correligionários

Muito tumulto e apuração prolongada. Se não fosse assim não seria PT. A eleição do diretório municipal de São Luís ocorreu neste domingo (9) mas a apuração só terminou por volta das 2h30 da madrugada desta segunda (10). E o vencedor foi o vereador Honorato Fernandes com 52,58% dos votos.

Honorato venceu em todas as urnas. Ao final, o vereador disse que agora a disputa está encerrada e que trabalhará pela unidade do partido. “Fico muito grato pela confiança da militância que nos deu esta expressiva votação. Agora, vamos trabalhar pela unidade e para que o partido fique cada vez mais forte em São Luís”, afirmou.

Estadual

A eleição estadual do PT é indireta. Na eleição de ontem, os filiados votam nas chapas e dividem proporcionalmente a formação dos delegados e estes sim votam para presidente no Congresso estadual. O número de delegados demonstra razoavelmente como será a votação estadual.

Ainda não foi finalizada a apuração em todo estado para saber quantos delegados cada chapa terá no Congresso.

Com iminente derrota, adversários de Honorato inventam impugnação

Com derrota no voto praticamente certa, adversários inventam que campanha com Raimundo Penha seria ilegal

Parece que a derrota do atual presidente municipal do PT, Fernando Magalhães, já espera a derrota na eleição que ocorre neste domingo (9). Por conta do favoritismo do opositor, Honorato Fernandes, criaram um impugnação da candidatura de Honorato sem fundamento.

O argumento da chapa de Magalhães é que Raimundo Penha apareceu na campanha de Honorato pedindo votos para o petista. Mas em nenhum regulamento eleitoral ou no estatuto de PT fala em proibição de filiado a outro partido participar da campanha ou pedir votos.

Ora, os dois principais candidatos à presidência do PT estadual, Zé Inácio e Augusto Lobato usaram a imagem do governador Flávio Dino (filiado ao PCdoB) em suas campanhas (veja abaixo).

Mas candidatos à presidente estadual fizeram campanha com o governador. Seria ilegal?

Os iminente derrotados ainda tentam tumultuar o final da eleição. A chapa de Honorato solicitou que a apuração seja centralizada em uma sala fechada e filmada. Mas a chapa dos que atualmente comandam o PT não quer deixar. O final da eleição tende a ser de tumulto.

Eleição do PT de São Luís neste domingo; Honorato é favorito

Está marcada para este domingo (9) a eleição do diretório municipal do PT de São Luís. O PED (Processo de Eleição Direta do PT) em São Luís ocorre no colégio Cintra, escola BCA Centro, Grupo Grita Anjo da Guarda e Associação da Cidade Operária.

O favorito para o pleito é o vereador Honorato Fernandes, que tem conseguido unidade com apoiadores e diferentes chapas da eleição estadual. Também disputam o atual presidente Fernando Magalhães e o sindicalista Carlito Reis. Ontem (87) foi realizado o debate entre os candidatos. Os adversários de Honorato, no intuito de brecar o favoritismo perderam mais tempo atacando Honorato do que falando de suas propostas.

O vereador lembrou do seu histórico de militância no PT onde desenvolve um trabalho junto às comunidades e em defesa dos direitos do trabalhador e da trabalhadora. Ele lembrou ainda da ajuda que deu a vários companheiros do PT ao longo desse anos, inclusive os inserindo na iniciativa privada.

Honorato defende o fortalecimento e a moralização do PT, que inclui o realinhamento às suas origens e o retorno da sua diretriz para a luta do mais necessitados e a defesa do trabalhador. A proposta é resgatar militantes históricos que sonham um novo momento para o partido, apesar das dificuldades conjunturais, dispondo-se a repactuar novas relações e caminhos em defesa da sociedade.

Confira parte do discurso do candidato: