Novo Centro-Dia Infantil atenderá crianças com microcefalia

O prefeito Edivaldo inaugurou nesta segunda-feira (19), o Centro-Dia Infantil – Serviço Especializado da Assistência Social para Pessoas com Deficiência, na Cidade Operária. O projeto pioneiro se constitui em um novo equipamento social desenvolvido pela Prefeitura de São Luís com o propósito de garantir a proteção social especial a crianças com deficiência e, também, a atenção às suas famílias. A obra é fruto de convênio celebrado entre os governos Federal, Estadual e Prefeitura em parceria com o Centro Educacional São José Operário, onde atualmente funciona o Centro-Dia, voltado ao atendimento de jovens e adultos.

O evento contou com a participação do deputado federal Weverton Rocha e do deputado estadual Bira do Pindaré.

O prefeito Edivaldo enalteceu o trabalho desenvolvido na área de assistência social, agora também com uma referência para crianças com deficiência. “Um instrumento muito importante para a cidade. Agora, um novo centro com atendimento infantil. É um espaço não só para atender esta região, mas toda a cidade. Aqui é referência para o país. Na primeira gestão, dentro das parcerias, fizemos um grande e belo trabalho na assistência social, e continuamos agora”.

O novo espaço visa atender crianças de 0 a 6 anos com deficiência, prestando o serviço prioritariamente aos pequeninos nascidos com microcefalia ou doenças associadas. A meta do projeto de expansão é atender até 150 crianças. Os serviços serão prestados por uma equipe multidisciplinar, capacitada e diferenciada, composta de assistentes sociais, psicólogos, terapeutas, profissionais da competência da Assistência Social, além de cuidadores e auxiliares, complementando as ações da saúde e de educação.

O serviço do Centro-Dia é executado pelo Centro Educacional São José Operário, sendo referência nacional na área. O bairro Cidade Operária foi escolhido para a instalação por ser o de maior população de deficientes e idosos, seguido pelo bairro Vila Nova. A informação foi identificada por meio do Benefício de Prestação Continuada (BPC), auxílio que é destinado a pessoas com deficiência e a idosos.

Prefeitura inicia nesta quinta-feira (11/01) o programa Férias Culturais

Agência São Luís
Público participa de uma das oficinas de tambor de crioula promovidas pela Prefeitura
Oficina de tambor de crioula, apresentação teatral ‘Mulheres Guerreiras’ e show com Mairla Oliveira e Paulinho Oliveira (voz e violão) integram a programação do Férias Culturais desta quinta-feira (11), às 18h, no Cine Teatro da Cidade (Centro). O programa é da Prefeitura de São Luís realizado pela Secretaria Municipal de Turismo (Setur) e ocorrerá ainda nos dias 18 de janeiro e 1º de fevereiro. As atrações são gratuitas.

“O programa Férias Culturais é uma maneira de levar a cultura da Ilha do Amor para os turistas e ludovicenses de forma lúdica e criativa. Três eventos fazem parte dele e todos são temáticos envolvendo o patrimônio imaterial da cidade, incluindo uma oficina temática, uma peça teatral e apresentações culturais e musicais. O primeiro será nesta quinta-feira (11), com o tambor de crioula em pauta. No dia 18 de janeiro o destaque será para o bumba meu boi, e no dia 1º de fevereiro, os blocos tradicionais vão ser o principal atrativo”, destacou a secretária de Turismo, Socorro Araújo.

A oficina de tambor de crioula será uma oportunidade de aproximar os participantes das raízes de São Luís e despertar a necessidade de preservação do bem tombado patrimônio imaterial pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). Os instrumentos, os cantos e a dança serão comentados por profissionais e pelo público, que poderá interagir a qualquer momento.

A música terá ainda espaço na programação que segue com show dos cantores Mairla Oliveira e Paulinho Oliveira, conhecidos por seus repertórios que animam o público. Na ocasião, eles apresentarão o melhor da música ludovicense, além de sucessos nacionais.

O teatro será representado por meio de peças preparadas especialmente para o programa Férias Culturais, com adaptações e textos que enaltecem a cidade. Nesta quinta-feira, será exibida ‘Mulheres Guerreiras’ que trata do papel determinante da mulher na sociedade. Entre as personagens estão Maria Aragão, Maria Firmina dos Reis e Catarina Mina, ícones da capital maranhense que buscaram sempre o melhor para a igualdade de gêneros e a liberdade da população. Não conhece essa figuras? O Férias Culturais será uma excelente oportunidade para ter contato e vivenciar um pouco dos nomes que fizeram história por aqui.

PROGRAMAÇÃO
Dia 11 – Janeiro
18h – Oficina de tambor de crioula;
18h30 – Apresentação teatral ‘Mulheres Guerreiras’;
19h20 – Apresentação musical com Mairla Oliveira e Paulinho Oliveira (voz e violão).

Dia 18 – Janeiro
18h – Oficina de bumba meu boi;
18h30 – Espetáculo teatral ‘Maranhão de Encantos’;
19h20 – Apresentação Musical com o grupo 1, 2, 3!

Dia 01 – Fevereiro
18h – Oficina de blocos tradicionais;
18h30 – Espetáculo teatral ‘Mistério da Ilha Encantada’;
19h20 – Apresentação cultural do bloco tradicional Os Feras.

Sucesso Total: Feirinha São Luís une economia criativa e Carnaval na primeira edição de 2018

Agência São Luís

Tendo como um de seus objetivos ser mais um canal de escoamento da produção agrícola local, a Feirinha São Luís agrega ainda outros atrativos como gastronomia e artesanato, além da programação cultural que em 2018 chegou em ritmo de Carnaval. Na edição deste domingo (7), a programação cultural foi recheada de atrações carnavalescas como Bicho Terra, Gabriel Melônio, bloco Fuzileiros da Fuzarca e a Escola de Samba Marambaia. Uma realização da Prefeitura por meio da Secretaria Municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento (Semapa), a iniciativa ocorre sempre aos domingos, de 7h às 15h, na Praça Benedito Leite.

“Daremos continuidade em 2018 a este que é um programa exitoso da nossa gestão e que se consolidou por ser uma ação importante de reocupação do centro, de fortalecimento da agricultura familiar e de incentivo à economia criativa e valorização das manifestações culturais. Hoje á Feirinha é um espaço de comercialização de produtos agrícolas e de lazer para famílias ludovicenses e para turistas”, disse o prefeito Edivaldo.

A presença dos grupos culturais é mais um atrativo para quem visita a Feirinha. Até o Carnaval os domingos na Feirinha serão no ritmo momesco. “Vamos manter a ideia de edições temáticas ao longo desse novo ano, trazendo sempre inovação para chamar o público, como nas edições anteriores. Durante esse período de folia, as atrações carnavalescas maranhenses que são fortes e diversas serão evidenciadas na Feirinha”, disse o secretário.

A turismóloga Raphaela Dias é frequentadora assídua da Feirinha São Luís. “Movimenta o turismo na cidade, pois apresenta em um só espaço artesanato, gastronomia e cultura. E durante o período carnavalesco, podemos mostrar toda diversidade cultural única do Maranhão”, destacou ela.

A Feirinha São Luís iniciou em junho de 2017 e conquistou o público ao longo de 30 edições. Apenas no primeiro ano, movimentou, em média, 15 toneladas de produtos e subprodutos da agricultura local.

Além do carro chefe da feirinha, que tem foco na venda dos produtos da agricultura familiar produzidos na capital, a gastronomia é outro ponto forte e, a cada edição, um novo comandante na Barraca do Chef traz diversas delícias. Dessa vez, a convidada foi Eline Mendonça, do restaurante Tempero da Nega, especializado em comida típica regional.

O jovem empreendedor José de Ribamar Miranda ainda está na universidade cursando ciências biológicas e viu na feirinha uma oportunidade para ganhar uma renda também aos domingos. “Desde a primeira vez que nós da Sonho Gelado – Dindin Gourmet vimos o projeto, nos apaixonamos pela ideia, e procuramos integrar o time de pessoas que utilizam o espaço para movimentar a economia. Daí em diante não paramos mais e pretendemos continuar pois é prazeroso, unimos o trabalho com a diversão em um só lugar”, explicou o empreendedor.

José de Ribamar Miranda, do Sonho Gelado – Dindin Gourmet

A Feirinha São Luís reúne 29 barracas para venda de produtos oriundos da agricultura familiar, 30 destinadas ao artesanato, 22 para alimentação e ainda 12 food trucks. Quem vai à Feirinha pode adquirir produtos agroecológicos diretamente dos produtores.

Prefeito Edivaldo entregará mais um Ecoponto

 

Já está em fase final a construção do Ecoponto no bairro São Francisco, o 9º a ser entregue pelo prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT). Desde o primeiro mandato o pedetista vem transformando a limpeza urbana de São Luís, unindo coleta eficiente, eliminação de pontos de descarte e conscientização da população.

O novo Ecoponto está sendo construído na Avenida Ferreira Gullar e atenderá principalmente à demanda dos bairros Ilhinha e São Francisco, acabando com pontos conhecidos pelo descarte irregular de resíduos sólidos da região, beneficiando cerca de 20 mil moradores da área.

Os Ecopontos foram criados na gestão Edivaldo e, por meio desses equipamentos, 10 mil toneladas ganharam a destinação adequada, de maio de 2016 a dezembro de 2017. O prefeito já entregou Ecopontos nos bairros Parque Amazonas, Angelim, Bequimão, Habitacional Turu, Jardim América, Jardim Renascença, Residencial Esperança e Cidade Operária.

Esses equipamentos da Prefeitura de São Luís estão deixando a cidade mais bonita e melhorando a vida dos moradores, além de contribuem para a diminuição dos criadouros do mosquito Aedes aegypti e, por consequência, das doenças causadas pelo inseto, como zika vírus, chikungunya e dengue.

“Estamos tendo grandes avanços na limpeza urbana de São Luís e, sem dúvida, os Ecopontos são um dos protagonistas desse novo momento que a cidade está vivendo. O impacto tem sido muito positivo em todas as esferas envolvidas: moradores, catadores, carroceiros e toda a cadeia de reciclagem. Vamos continuar trabalhando para garantir cada vez mais qualidade de vida, desenvolvimento sustentável e geração de emprego e renda”, afirma o prefeito Edivaldo.

As intervenções feitas na limpeza urbana colocam São Luís como pioneira no cumprimento da Política Nacional de Resíduos Sólidos – PNRS – (Lei nº 12.303/2010), um gargalo nas grandes cidades e que, em São Luís, era motivo de grande preocupação em gestões anteriores a de Edivaldo. Agora, a tendência é seguir avançando e deixando a cidade cada vez mais limpa.

Localização dos Ecopontos
– Ecoponto Parque Amazonas
Avenida dos Africanos, s/nº, Bairro de Fátima, entrada do Parque Amazonas;

– Ecoponto Angelim
Rua 27, s/nº (antes do Makro, próximo ao Restaurante Chico Noca);

– Ecoponto Bequimão
Avenida 1, s/nº, Bequimão, ao lado do CRAS

– Ecoponto Habitacional Turu
Travessa G, s/nº, Habitacional Turu, próximo ao antigo Mateus Supermercados

– Ecoponto Jardim América
Avenida 03, s/nº, Jardim América, ao lado da União de Moradores

– Ecoponto Jardim Renascença
Rua Netuno, próximo à Paróquia de São Paulo Apóstolo

– Ecoponto Residencial Esperança
Rua Doutor Ribeiro, s/nº, Residencial Esperança

– Ecoponto Cidade Operária
Avenida Este 203, s/nº, Cidade Operária, próximo ao Campo do Real

Que materiais são recebidos nos Ecopontos?
ELETRÔNICOS: televisão, monitores, celular, impressoras, mouses, teclados, etc – até três unidades
ENTULHO: resíduos de construção civil, como tijolos, telhas, gessos etc – até 2m³ (volume de uma caixa d’água de 2 mil litros)
MADEIRAS: até 2m³ (volume de uma caixa d’água de 2 mil litros)
ÓLEO DE COZINHA: até 5 litros
PNEUS: até 4 unidades
PODAS DE ÁRVORE E RESTO DE CAPINA: até 2m³ (volume de uma caixa d’água de 2 mil litros)
RECICLÁVEIS: plástico, papel, isopor, metais, vidros, etc (até 300 litros – 3 sacos grandes)
VOLUMOSOS: móveis, sofás, colchão etc (até dois volumes)
*Quantidades por pessoa/dia

Que materiais os Ecopontos não recebem?
Lixo doméstico
Animais mortos
Resíduos hospitalares
Resíduos perigosos/contaminados: pilhas, baterias, lâmpadas, cartuchos/tonner etc

Qual o horário de funcionamento dos Ecopontos?
Segunda-feira a Sábado, das 7h às 19h

Colônia de Artes continua em janeiro na Galeria Trapiche

Da Redação – Agência São Luís

Durante as férias, a Colônia de Artes na Galeria Trapiche já se tornou um destino indispensável para a criançada. Em dezembro, as atividades aconteceram em duas semanas e para 2018 os pais já podem inscrever os pequenos em uma programação diferenciada, que envolve oficinas de desenho, pintura, escultura e modelagem em gesso, argila e biscuit, culinária, confecção de pipa e fotografia, brincadeiras, lanches e atrações culturais para crianças e adolescentes.

A Colônia, promovida pelo Centro de Criações Artísticas – Criart, acontecerá de 8 a 12 de janeiro e de 15 a 19 de janeiro, das 14h às 17h. Os interessados podem se inscrever pelo número (98) 99911-8602. O investimento é no valor de R$ 150,00, que inclui lanche todos os dias e kit com materiais que serão trabalhados durante a semana.

A artista plástica e arte-educadora, Patrícia Menezes, explica como funciona o projeto. “São atividades ministradas por profissionais, arte-educadores, que relembra brincadeiras que as novas gerações estão deixando de lado, como brincadeiras de roda, corrida do saco e entre outras. Promovemos para as crianças momentos de recreação próprios para esta fase, oportunizando um espaço prazeroso, motivador e educativo para o público infantil, que estimule a criatividade, trabalhe a coordenação motora e social”.

“Percebemos a desenvoltura das crianças ao se estimular a arte desde a infância, como a diminuição da timidez, o auxilio para o lado lúdico, criativo, social e de lazer. Trazer isso para dentro da Galeria, além de dinamizar o público do equipamento, incentiva a formação de artistas na cidade. No último dia, é feita uma exposição com todos os trabalhos produzidos para os pais, o que estimula ainda mais as crianças”, frisou Camila Grimaldi, diretora da Galeria Trapiche.

Gabriel Macêdo, de 10 anos, participou pela primeira vez em dezembro e quer voltar todas as vezes que for ofertado. “Aprendi a fazer muita coisa, como bolo, gelatina, doces, pintura em tela, um porta treco de caixa de leite e outras coisas que vou poder fazer e reciclar em casa, que antes iriam para o lixo e agora sei transformar em algo útil. Quero voltar todas as férias e todas as vezes que tiver, gostei muito”.

PERFIL

Patrícia Menezes é artista plástica e arte-educadora. É pioneira nos cursos de artes e artesanato em São Luis, com 12 anos de experiência no mercado. Atualmente dirige o Centro de Criações Artísticas – Criart, localizado na Av. Marechal Castelo Branco, 600 – Ed. Constantino Castro Lj 3 – São Francisco. O Criart oferece cursos e oficinas de artes durante o ano inteiro para crianças, jovens, adultos e idosos e nas férias sempre promove colônias de artes e lazer. As colônias já foram realizadas no Rio Poty, Tropical Shopping, Pizzaria Laguna e na sede do Criart.

Hoje é dia de Sarau Histórico no Centro de São Luís

O Sarau Histórico de São Luís é uma programação gratuita da cidade, promovido pela Prefeitura , que atrai centenas de pessoas para o Centro Histórico. Nesta edição, que ocorre sexta-feira (6), a partir das 19h, na Praça Benedito Leite, o evento traz como tema um majestoso ‘Baile da Corte’ que promete envolver o público com valsas e boleros para contar um pouco da história da cidade.

Atores representando personagens como Gonçalves Dias, Ana Amélia e o poeta Nauro Machado vão relembrar os tempos áureos da cidade dos azulejos. O arauto apresentará todos os participantes do baile e conduzirá as músicas que vão embalar os convidados durante a mágica noite de sexta-feira.

O ‘Baile da Corte’ começa com uma parte romântica, onde duques, duquesas, barões e baronesas vão se envolver emocionalmente. Ao decorrer do baile, eles passarão por algumas situações no mínimo inusitadas para a sociedade da época. Depois disso, um grande arrependimento virá por parte dos personagens e de suas atitudes neste tão famigerado baile, dando um ar cômico para a cena.

Terceira parcela do IPTU 2017 vence nesta segunda-feira (11)

A terceira parcela do Imposto Predial Territorial e Urbano (IPTU 2017), tem vencimento previsto para a próxima segunda-feira (11). Os cidadãos devem ficar atentos às datas de quitação do tributo.Os contribuintes que, por ventura, atrasaram o pagamento das duas primeiras parcelas do IPTU, podem atualizar o boleto, via internet, pelo portal da Secretaria Municipal da Fazenda (Semfaz), no endereço eletrônico www.semfaz.saoluis.ma.gov.br ou presencial na sede do órgão, localizado na Avenida Kennedy, n° 1455, Bairro de Fátima ou no Viva Beira Mar (antigo Casino Maranhense).

No novo documento, o valor da cobrança estará atualizado om os acréscimos legais – juros e multa de mora de 1% ao mês.Este ano, a Prefeitura realizou mudanças na base de dados da Semfaz, atualizando as informações de todos os imóveis registrados na capital. A atualização resultou na alteração do número da inscrição imobiliária dos contribuintes e aumentou o total de imóveis lançados.

Para o titular da Semfaz, Delcio Rodrigues, o pagamento em dia dos impostos resulta em diversos benefícios para a cidade. “São investimetnso para benfeitorias em todas as áreas possibilitando uma melhor qualidade de vida para a população e fazendo com que o cidadão possa se benficiar das ações voltadas à coletividade”, explicou o secretário.

Diversos contribuintes tem se deslocado aos postos de atendimento da Semfaz para atualizar o boleto do IPTU em atraso. Este é o caso da dona de casa Alessandra Lopes, que se direcionou à sede da Semfaz. “Com a crise, é difícil manter as contas em dia, mas faço questão de pagar o IPTU”, afirmou.

CADASTRO

Os cidadãos que encontrarem falhas na cobrança do IPTU 2017, podem se direcionar ao setor de cadastro da Secretaria Municipal de Urbanismo e Habitação (Semurh), localizado na Sede da Semfaz – 4° andar do prédio anexo, para solicitar verificação e alteração dos dados referentes ao seu imóvel para posterior correção no sistema.

Para aqueles que optarem pela isenção do tributo, a mesma está disponível por todo o ano vigente. O cidadão, proprietário ou possuidor de um único imóvel, de uso exclusivamente residencial, de valor venal até R$ 53.500, calculado na data do lançamento do imposto, tem direito a solicitar a isenção do IPTU. Para solicitar, o mesmo deve abrir processo no setor de protocolo desta Semfaz.

Calendário de vencimentos do IPTU 2017

1° parcela – 14 de julho
2° parcela – 7 de agosto
3° parcela – 11 de setembro
4° parcela – 6 de outubro
5° parcela – 8 de novembro
6° parcela – 7 de dezembro

Formas de pagamento

Pagamento via carnê
Correntistas BB:
– Terminais de Auto Atendimento;
– Banco Postal;
– Correspondente bancário (Ligeirinho);
– Mobile (Aplicativo);
– Internet;
– Caixa de Autoatendimento BB.

Não correntista:
– Correspondente bancário (Ligeirinho);
– Agência dos Correios (Até R$ 1.500);
– Banco Postal;
– Terminal de Autoatendimento BB (Até R$ 10.000 – com cartão de qualquer outro banco).

Boleto (impresso via internet)
Pode ser pago em qualquer agência, de todos os bancos em qualquer canal de pagamento.

*Contribuintes devem se manter atentos a data de vencimento do boleto impresso e, caso seja necessário, imprimir uma nova guia.

Novo Ecoponto inaugurado e São Luís tem mais uma opção para descarte de resíduos sólidos

O prefeito Edivaldo entregou, nesta quarta-feira (6), o sexto Ecoponto para descarte adequado de material reciclável na capital. A entrega do mais novo equipamento público de limpeza urbana, localizado no bairro Jardim Renascença, integra a programação de comemoração do aniversário de 405 de São Luís. Com a abertura deste espaço, a Prefeitura de São Luís soluciona mais um problema de deposição irregular de lixo há anos verificado nessa área, fortalecendo a gestão de resíduos sólidos na cidade e promovendo mais qualidade ambiental à população.

Além do Ecoponto do Jardim Renascença, a Prefeitura de São Luís já entregou outros cinco equipamentos nos bairros Turu, Angelim, Bequimão, Jardim América e Avenida dos Africanos. “Nossa meta é fechar 2017 com 10 Ecopontos entregues na capital e iniciar no próximo ano um novo planejamento de execução desse importante projeto, para que possamos disponibilizar à comunidade uma nova leva de equipamentos de coleta seletiva de resíduos, estendendo a ação para novas áreas da cidade”, afirmou o prefeito Edivaldo, que estava acompanhado da primeira-dama, Camila Holanda.

Além de destacar a importância da instalação desses equipamentos urbanos para a melhoria da qualidade ambiental da cidade, o prefeito Edivaldo ressaltou ainda os avanços conquistados na área do saneamento. O prefeito pontuou ações pioneiras implantadas com vistas ao cumprimento das metas estabelecidas pela Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), a exemplo do novo Aterro da Ribeira. O local hoje se destaca no gerenciamento de resíduos sólidos e orgânicos e em nada mais lembra o cenário de degradação humana e ambiental verificado anteriormente.

“Realizamos a ação de forma integrada com as cooperativas de reciclagem de lixo, que recebem todo o material reciclável coletado nos Ecopontos, promovendo, assim, o trabalho e a geração de renda entre os cooperativados”, frisou Edivaldo.

Participaram também do ato de entrega do Ecoponto do Renascença, os secretários municipais Antonio Araújo (Obras e Serviços Públicos), Pablo Rebouças (Governo), Lula Fylho (Saúde), Jota Pinto (Articulação Política), Ivaldo Rodrigues (Agricultura Pesca e Abastecimento), Tati Lima (Informação e Tecnologia), José Cursino Moreira (Planejamento); e os vereadores Osmar Filho, Paulo Victor, Raimundo Penha, Joãozinho Freitas, Genival Alves e o presidente do Sindicato das Indústrias da Construção Civil do Estado do Maranhão (Sinduscon-MA), Fábio Nahuz, entre outras autoridades.

O Ecoponto do Jardim Renascença fica localizado na Rua Netuno, próximo à Paróquia de São Paulo Apóstolo, e vai atender à demanda de sete bairros da região: São Francisco, Renascença, Ponta do Farol, São Marcos, Jaracati, Calhau e Conjunto São Marcos.

Segundo a presidente do Comitê Gestor de Limpeza Urbana de São Luís, Carolina Estrela, o espaço onde foi criado o Ecoponto no Renascença era uma área erma e degradada pela quantidade de descarte inadequado de resíduos. “Nos estudos de impacto ambiental e social que fizemos verificamos, inclusive, que além do grande volume de material que era descartado no local, as pessoas ateavam fogo na área, degradando ainda mais a vegetação. Com a criação do Ecoponto, sanamos de forma definitiva esse problema, transformando a área em um local ambientalmente melhor”, observou Carolina Estrela.

Os Ecopontos integram as ações desenvolvidas pela Prefeitura de São Luís, executadas por meio do Comitê Gestor de Limpeza Urbana. Os equipamentos visam dar destinação adequada aos resíduos produzidos na cidade e contribuir para a proteção da saúde pública e a qualidade ambiental.

Os Ecopontos são espaços disponibilizados à população para entrega voluntária de materiais descartáveis e inservíveis que não são recolhidos pela coleta convencional de lixo. O espaço recebe todo tipo de resíduos que não entram na coleta diária, como entulhos da construção civil, utensílios domésticos e móveis velhos, por exemplo.

O projeto foi desenvolvido para atender os geradores e transportadores de pequena quantidade de resíduos, volumes inferiores a 2m³, transportados por veículos como como pick-up, carrinhos de mão ou carroças. Os condutores de veículos de tração animal serão os grandes usuários destas unidades, pois têm como principal atividade o transporte de resíduos de natureza semelhante.

Obras do Asfalto na Rua avançam e melhoram mobilidade nos bairros

Equipes da Prefeitura de São Luís estão intensificando as ações de infraestrutura na cidade. São vias renovadas, com condições adequadas de tráfego para pedestres e motoristas, mais mobilidade urbana para a capital maranhense que, no próximo dia 8, completa 405 ano. Nos bairros Cohaserma e Gancharia, os serviços do programa Asfalto na Rua estão mudando o cenário de dezenas de ruas que estavam em condições precárias. A ação, realizada pela Prefeitura, vai alcançar centenas de vias em diversos bairros da capital, somando mais de 100 quilômetros de asfalto novo.

Esta semana, as equipes trabalharam nas ruas do Cohaserma pavimentando a Avenida Alpha, Ruas 12, 19 e adjacências, cujos serviços estão concluídos. As ruas 16, 17 e 18 também estão com obras em andamento. O asfalto no bairro era demanda antiga da comunidade e contempla áreas que estavam com o piso desgastado e imperfeito.

Integrado às ações do Asfalto na Rua foram promovidas obras na Rua 1, do bairro Gancharia, com ações de pavimentação; terraplanagem na Avenida da Secretaria, bairro Santa Clara; e vias do São Bernardo.

“O cronograma da Prefeitura é diário e a rotina de serviços vem sendo intensificada para que possamos concluir mais esta etapa do programa. O Asfalto na Rua é uma das mais importantes ações da gestão do prefeito Edivaldo, que prioriza os bairros da cidade com o objetivo de garantir melhor mobilidade urbana. Todos os dias temos frentes de trabalho na cidade”, destacou o secretário municipal de Obras e Serviços Públicos (Semosp), Antônio Araújo.

Paralelo a pavimentação outras equipes estão atuando com serviços de concretagem, drenagem profunda e melhoria da iluminação pública em diferentes vias da capital.

MAIS ASFALTO

O asfalto está chegando a vários bairros da capital também por meio do programa Mais Asfalto, do Governo do Estado que tem a parceria da Prefeitura. Na porta da dona de casa Thays Correia, 22 anos, um enorme buraco com água empoçada já não existe. Foram dois anos convivendo com o problema, na Rua P, Cidade Olímpica, que está solucionado com a pavimentação nova, resultado do programa Mais Asfalto, fruto da parceira Governo do Estado e Prefeitura de São Luís para renovar a pavimentação de ruas e avenidas da capital.

“A gente convivia com muita poeira e muita lama. Minha vida era limpar casa a todo o momento. E para mim, que tenho filhas pequenas, tinha muito medo de adoecerem com a poeira. Agora, tudo vai ficar melhor”, disse a dona de casa.

Esta semana, as máquinas finalizavam a colocação de asfalto na rua da dona de casa e também nas transversais, que receberam terraplanagem preparando a área para a pavimentação.

As ações do programa contemplaram ainda a Estrada da Mata com serviços de drenagem; a Avenida 103 da Cidade Operária com pavimentação asfáltica; e o Bloco C, da Cidade Olímpica com terraplanagem. “As equipes estão trabalhando com serviços diversos, que vão da drenagem até o asfalto e iluminação. A cada etapa, um conjunto de bairros será contemplado para que possamos alcançar a meta de reestruturas vias problemáticas da cidade”, enfatizou Antônio Araújo.

Prefeitura de São Luís convoca 104 aprovados do concurso da Educação

A Secretária de Administração do Município de São Luis convocou os candidatos aprovados e classificados para o cargo de Técnico municipal nível Médio/nível VII-A da especialidade Cuidador Escolar. 

Os convocados devem comparecer à Perícia Médica do município entre os dias 21 de agosto e 6 de setembro. Também devem se apresentar á Semad entre os dias 28 de agosto e 11 de setembro.

A documentação do candidato deve ser apresentada em sua totalidade, conforme anexos que compõem o edital de convocação.

Confira a relação dos convocados e a documentação exigida aqui

O não comparecimento do candidato nos prazos determinados para apresentação da documentação exigida implica automaticamente no impedimento de sua nomeação.