Flávio Dino visita Lula e fala sobre caminhos para país sair da crise

O governador do Maranhão defende união da esquerda em torno de um objetivo: em tempos de crise, priorizar os serviços públicos e o acesso a direitos

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), esteve nesta sexta-feira (31) na sede do Instituto Lula, em São Paulo, onde se reuniu com o ex-presidente e conversou sobre temas ligados à crise institucional por que passa o país e quais as soluções a buscar para deixar a retração sem penalizar aqueles em situação econômica mais precária.

 “Vim para falar e ouvir do ex-presidente Lula sobre formas para retomar a trajetória de desenvolvimento com justiça social. No quadro atual, de crise profunda das instituições, é preciso buscar uma solução que seja positiva para a maioria do povo. Precisamos retomar a ideia de que o Brasil não é programado para o fracasso”, explicou o governador.

Dino e Lula falaram também de um ponto de vista que têm em comum, sobre o que é prioridade atualmente dentro do fazer político de esquerda. “O fundamental é garantir que os poucos recursos públicos disponíveis em uma conjuntura de crise sejam aplicados na direção correta, priorizando os serviços públicos e o acesso a direitos. Este deve ser o núcleo programático da esquerda no Brasil, reabrir a porta aos direitos. àqueles que mais precisam.”

O governador exemplificou como a teoria se transforma em prática em sua administração no Maranhão. Hoje, o salário inicial de um professor da rede pública do Estado é de R$ 5,3 mil (regime de 40 horas semanais), o maior valor do Nordeste e um dos maiores do país. Em tempos de crise que deterioram e reduzem o raio de ação do serviço público, o Maranhão tem caminhado na rota oposta. “Temos conseguido manter os serviços públicos funcionando e aprimorando a sua qualidade, ainda que ampliando as ações. Ao mesmo tempo que já reformamos 547 escolas, construímos mais de 200 unidades novas. Estamos caminhando na direção do verdadeiro desenvolvimento, que tem que ser inclusivo”.

Aprovação alta do governo Flávio contraria resultados negativos pelo Brasil

2015 está sendo um ano difícil para os políticos de todo o Brasil. A começar pela própria presidenta Dilma, que já teve seus tempos áureos de aprovação acima de 80%, mas que hoje não chega a 10% de apoio popular.

No Maranhão, acontece o inverso. O governador do Estado possui um alto índice de aprovação, conforme revelam as pesquisas divulgadas até o momento pelos institutos Exata e DataM. A última delas demonstra que o governo do comunista chega ao fim do sexto mês de administração com 74,4% de aprovação.

Para que se tenha uma ideia, o governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg, tem apenas 45% de aprovação – enfrentando greves e paralisações de problemas herdados do governo anterior.

Já em São Paulo, Geraldo Alckmin chega a 38% de aprovação, segundo a última pesquisa. Lá, o governador enfrentou uma longa greve de professores por melhorias nas condições salariais e de trabalho.

Outro mal avaliado é o paranaense Beto Richa, que também enfrentou uma grave crise com educadores e amarga seus 20% de aprovação popular.

A crise política por que passa o país vai estremecendo os governos em todo o Brasil, com uma progressiva perda de confiança da população em seus governantes.

Ao fim do ciclo político do grupo Sarney após 50 anos de poderio, o Maranhão vive situação inversa. Depois de muitas décadas, o Estado mais carente do Brasil vê um novo líder político surgir. É o que os números das três pesquisas comprovam…

Castelão passa por melhorias para receber Brasil x México

Do Globoesporte.com

A expectativa é grande para o amistoso da Seleção Brasileira olímpica, marcado para às 17h de domingo, no Castelão, contra o México. Muitos torcedores estão garantindo logo seus ingresso de forma antecipada. Mais de cinco mil ingressos já haviam sido vendidos até essa quarta. A Federação Maranhense de Futebol (FMF) não informou a parcial, nesta quinta-feira.

Para receber os times e os torcedores da melhor forma possível, o palco está sendo melhorado. O gramado já começou a ser cortado. A área do vestiário já foi pintada e o forro do setor onde ficam as delegações foi reformado. O gramado verdinho e bem cuidado pode ser um bom sinal. Os torcedores vão poder escolher entre os 6 setores do estádio, um lugar para ver de perto a Seleção Brasileira que se prepara para as Olimpíadas.

Acreditando em um bom jogo do Brasil, muitos torcedores foram, nesta quinta-feira, às bilheterias do Castelão para comprar os ingressos.

É um evento para a família. O torcedor Reginaldo Leal foi garantir os ingressos para as filhas também.

– Venho e vou trazer minhas filhas de 13 anos. Vai ser um bom jogo, com certeza- disse Leal.

Castelão (MA) recebendo melhorias para jogo da Seleção Brasileira (Foto: Reprodução/TV Mirante)

O México chegou no início da tarde desta quinta a São Luís. O time brasileiro chega às 5h de sábado, pois na sexta joga contra o Paraguai, no Espírito Santo. Os times treinam no sábado, no próprio Castelão. O México às 10h30 e o Brasil às 16h.

New York Times destaca queda de Sarney como marco para mudança política no Brasil

Publicação do New York Times

Publicação do New York Times

A derrota do Clã Sarney foi destaque no mais importante jornal do mundo: New  York Times. A publicação do periódico fala da queda da dinastia como um marco para a mudança política do Brasil.

A publicação trata Sarney como “chefe da dinastia política que mantive o domínio sobre o Maranhão para cinco décadas”, com destaque para a idolatria da imagem de Sarney no Convento das Mercês, tratando ainda da vasta representatividade do sobrenome em São Luís: maternidade Marly Sarney, Ponte José Sarney e Fórum desembargador Sarney Costa.

Mas segundo o NYT, “toda a celebração visível do Sr. Sarney agora está em nítido contraste com a forma como o patriarca de 84 anos e sua prole são amplamente percebidos tanto no Maranhão (um dos estados mais pobres do Brasil) quanto no resto do Brasil”. É a abertura de um caminho de grande mudança política para a Nação.

E a Copa acabou para a seleção brasileira

Júlio César teve que buscar a bola nas redes sete vezes.

Júlio César teve que buscar a bola nas redes sete vezes.

Uma goleada humilhante. A Alemanha venceu o Brasil por 7 a 1 na maior goleada sofrida pelo Brasil na história da Copa do Mundo. A seleção do técnico Luís Felipe Scolari simplesmente viu a poderosa seleção alemã passear em campo no primeiro tempo.

Além da derrota vexatória, o jogo marcou o gol que fez de Klose o maior artilheiro da história das Copas com 16 gols.

Apesar da derrota, isso não apaga a ótima Copa do Mundo dos Brasileiros (com B maiúsculo mesmo). O povo que fez e continuará fazendo até a final uma ótima festa, com grande receptividade para o estrangeiros e estádios lindos.

A seleção anfitriã passa por uma safra ruim, tendo como destaques apenas Neymar, Thiago Silva e David Luiz (dois destes não estavam em campo). O restante do grupo é de mediado para ruim. Assim, a derrota era natural, embora o vexame poderia ser evitado com uma postura diferente.

Brasil x Alemanha: jogão na semifinal

Brasil: força na defesa e Neymar

Brasil: força na defesa e Neymar

Brasil e Alemanha venceram seus jogos em placar apertado nesta sexta-feira (4) e se enfrentarão na semifinal da Copa do Mundo. Duas favoritas ao título passam depois de jogos difíceis nas oitavas e nas quartas. Agora é duelo de gigantes. O Brasil tem a preocupação de não poder contar com Thiago Silva, que levou o segundo cartão amarelo e está fora, e ainda pode ficar sem Neymar, que saiu de campo após uma forte pancada e foi levado para um hospital de Fortaleza.

Alemanha: força do conjunto

Alemanha: força do conjunto

No duelo desta sexta, o Brasil enfrentou a forte Colômbia e venceu por 2 a 1 com dois gols de zagueiros. Thiago Silva marcou após cobrança de escanteio e David Luiz marcou o segundo cobrando falta. James Rodrigues descontou cobrando pênalti.

O conjunto alemão enfrenta a seleção de individualidade brasileira. A tricampeã mundial começou a Copa de forma arrasadora goleando Portugal por 4 a 0. Depois não teve atuações tão contundentes. Mas com uma espinha dorsal muito consistente, Khedira, Schweinsteiger, Toni Kross, Ozil e Muller assustam qualquer adversário.

O Brasil conta com o fator casa, e os lapsos de genialidade de Neymar. Mas tem a melhor defesa do mundo com Thiago Silva e David Luiz. Um jogão.

 

Brasil empata com México e acende o sinal de alerta

Thiago Silva lamenta chances perdidas

Thiago Silva lamenta chances perdidas

A seleção brasileira corre risco quanto à classificação para às oitavas de final da Copa do Mundo. Se a vitória no primeiro jogo contra a Croácia não foi lá muito convincente, o empate em 0 a 0 com o México deixa o torcedor ainda mais apreensivo.

O goleiro mexicano teve grande atuação, mas o time da América do Norte também atacou e levou perigo ao gol brasileiro em vários lances. O técnico Felipão fez três alterações ofensivas, mas nenhuma surtiu grande efeito.

No outro jogo do grupo, a Croácia enfrenta Camarões. Quem ganhar este confronto entra na briga pela classificação na última rodada. Sinal de alerta para o Brasil.

Agora é Copa do Mundo

Moradores da Rua Miguel Baury, no Vicente Fialho. Foto: G1 Maranhão

Moradores da Rua Miguel Baury, no Vicente Fialho. Foto: G1 Maranhão

Em um dia histórico, o Brasil volta a sediar uma Copa do Mundo. O time está escalado: Júlio César, Daniel Alves, Thiago Silva, David Luiz e Marcelo
Luiz Gustavo, Paulinho e Oscar; Hulk, Neymar e Fred. O clima é completamente diferente ao que antecedeu a Copa das Confederações. A relação do brasileiro com a Copa é muito forte. Ainda que exista a insatisfação com a questão política, a empolgação com o evento é muito maior. 

Em São Luís é possível sentir este clima. Nas redes sociais não tem ganhado corpo as vozes contra a Copa e nas ruas a organização é pela torcida. Há duas semanas, o titular deste blog conversava com amigos que não sentia que a Copa do Mundo estava próxima. Não via o sentimento nem nas ruas, nem no comércio.

Demorou, mas esta semana, como um rastro de pólvora o clima contagiou com ruas enfeitadas, comércio aquecido e o sentimento das pessoas que esperam ansiosas a bola rolar. A abertura é às 15h15 e o jogo entre Brasil e Croácia, às 17h.

Não tem jeito: agora é Copa do Mundo

Oscar: maior craque do time brasileiro

Oscar: maior craque do time brasileiro

Para Brandão, visita de Aécio ao MA consolida desejo de mudança

Carlos Brandão e Aécio Neves

Carlos Brandão e Aécio Neves

O senador e pré-candidato à Presidência da República, Aécio Neves, estará em São Luís, nesta sexta-feira (9), para um encontro com lideranças locais. Durante o evento serão abordados assuntos acerca da Campanha 2014, como discussão de políticas públicas para o país, organização do processo eleitoral e apresentação de projetos e plataformas de governo.

Aécio também deverá aproveitar a oportunidade para anunciar a aliança do PSDB com o grupo oposicionista que terá como candidato ao governo do Estado, Flávio Dino (PCdoB).

Para o deputado federal e presidente do partido no estado, Carlos Brandão, a visita do senador tucano vem no momento certo para consolidar um desejo do povo brasileiro. “Receber o nosso pré-candidato é uma grande honra, ainda mais nesse momento que as pesquisas mostram um aumento significativo de aceitação à candidatura de Aécio Neves. O Brasil quer mudanças e o Maranhão não poderia ser diferente”.

Turismo internacional no Brasil bate recorde na gestão de Flávio Dino

Flavio dinoNesta quinta-feira, o Brasil chega a seis milhões de  visitantes estrangeiros em 2013. O número é um recorde histórico e rompe a marca dos 5 milhões de visitantes, em que o país estava desde 2005. Por isso, a Embratur, órgão responsável pela promoção do Brasil no exterior, preparou uma pequena festa para recepcionar o turista nº 6 milhões que chegará na próxima quinta-feira, dia 05, no Aeroporto Internacional do Galeão, no Rio de Janeiro.

Telas espalhadas pela área do desembarque e nas esteiras de devolução de bagagens identificarão o turista que será recepcionado com presentes como  brigadeiros  e o mapa do Rio de Janeiro. Além disso, a ação será embalada pelo jingle criado exclusivamente para ação. A ação será gravada e o vídeo promocional será divulgado pela internet.

“Estamos batendo um recorde histórico no número de visitantes estrangeiros no país, mesmo com as crises internacionais, o Brasil está se consolidando como um destino turístico aos olhos do mundo”, comemora o presidente da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo), Flávio Dino.

Há dois anos e meio à frente da Embratur, Dino chegou ao Instituto com muitos desafios. Este é mais um recorde batido desde a entrada de Flávio Dino na Embratur, coordenando importantes eventos como o Rio+20, Copa das Confederações, Jornada Mundial da Juventude e de todos os preparativos para a Copa do Mundo de 2014.