Marco Aurélio briga para Bonificação ser logo aprovada e beneficiar maranhenses já no Enem deste ano

Marco Aurélio discute com Nair Portela. Caso projeto de Bonificação seja aprovado nos próximos meses, maranhenses já se beneficiam neste Enem.

Em audiência realizada na tarde desta quarta-feira (9), o deputado estadual Professor Marco Aurélio (PCdoB), entregou uma cópia da ata da audiência pública, realizada em Imperatriz no dia 20 de Junho, para a reitora da Universidade Federal do Maranhão – UFMA, Nair Portel e membros da pró-reitoria de ensino. A audiência ocorreu em Imperatriz e serviu para discutir a adoção da bonificação na nota final do Enem para alunos de escolas do Maranhão, reuniu centenas de estudantes, professores, membros do Conselho Universitário da UFMA e autoridades políticas da região.

A bonificação na nota dos alunos de escolas do Maranhão no Enem tem sido uma bandeira levantada pelo deputado desde o início de seu mandato. Após diversas reuniões e com o apoio da frente parlamentar em defesa da Bonificação, proposta e presidida pelo deputado Marco Aurélio, a causa tem avançado, dependendo agora da aprovação do Conselho Universitário da UFMA.

Durante a audiência, o deputado Marco Aurélio fez questão de demonstrar sua satisfação com o avanço da causa. “Esta é uma causa muito importante para o nosso estado, uma vez que estamos perdendo mão de obra qualificada formada em nossa universidade e temos a oportunidade de corrigir. Em Imperatriz, somente no último mês, 15 alunos do curso de medicina conseguiram transferência para outras universidades. Essas vagas acabam ficando ociosas e causando um prejuízo enorme para nossa sociedade”, afirmou o deputado. A política afirmativa da bonificação já é praticada em várias universidades do país, fortalecendo as chances de ingresso de sua população.

Nair Portela reconheceu a importância do tema e garantiu seu apoio à causa. “Essa é uma medida muito importante, que está sendo muito debatida por nós e pelos membros do nosso conselho, que deve beneficiar bastante nosso estado, principalmente nas regiões onde a universidade oferece os cursos de medicina. Trata-se de uma medida a ser adotada por alguns anos, mas que pode ajudar a corrigir um grave problema de mão de obra em nossos municípios,” declarou a reitora.

Nair Portela já autorizou que seja aberto o processo e que a ata da audiência pública de Imperatriz o integre. Esse processo será discutido e deliberado pelo conselho universitário.

A expectativa é que essas tratativas acerca da Bonificação sejam feitas nos próximos meses e uma vez aprovada, os alunos de escolas do Maranhão já possam ser beneficiados neste Enem.

UFMA: Avança bandeira de Marco Aurélio para bonificação de estudantes maranhenses

Frente parlamentar se reuniu com reitora Nair Portela e teve encaminhamentos para que estudante maranhense seja beneficiado com bonificação para entrar na UFMA

Em reunião realizada na tarde desta quarta-feira (10), na sede da Universidade Federal do Maranhão – UFMA, em São Luís, a Frente Parlamentar em Defesa da Bonificação no Enem para estudantes oriundos de escolas Maranhenses foi recebida pela reitora, Nair Portela, membros da Pró-reitoria de ensino e procuradoria da universidade para discutir a implantação da Bonificação para alunos de escolas Maranhenses no Enem, sobretudo no curso de medicina.

A frente parlamentar foi criada por proposição do deputado Prof. Marco Aurélio (PCdoB), com o intuito de reforçar as condições de ingresso dos alunos de escolas maranhenses nos principais cursos oferecidos pela Universidade. De acordo com o parlamentar, desde a adoção do Enem como porta de entrada para a UFMA, muitos cursos acabaram sendo “dominados” por alunos de outros estados, de outras regiões, que acabam, na maioria dos casos, deixando a UFMA mesmo antes de concluir os cursos. “É de conhecimento de todos que os cursos de medicina nas universidades federais foram criados como parte de uma política de saúde regional, que tem por finalidade desenvolver a saúde das regiões beneficiadas. Com a abertura do ingresso por meio do Enem, abriu-se também a oportunidade para que os estudantes de outros estados viessem para cá apenas por não conseguir ingressar nas universidades de suas regiões.” Destacou Marco Aurélio.
Como exemplo, o Parlamentar citou a cidade de Imperatriz, onde dos 292 alunos do curso de medicina da UFMA, apenas 42 são da região. Sem contar a grande evasão que ocorre no decorrer do curso, pois no primeiro período que concluiu há poucos meses no campus de Imperatriz, dos 40 alunos matriculados durante o início do curso, 12 já retornaram para suas regiões de origem.
Essa é uma bandeira que vem sendo defendida pelo deputado Marco Aurélio desde o início de seu mandato, ainda na gestão do então reitor, Natalino Salgado, mas que vem sendo amadurecida com diálogo constante e reforço nas parcerias.  Desta vez, a Frente Parlamentar contou com o auxílio do ex-juiz e advogado, Marlon Reis, que preparou um parecer destacando a segurança jurídica e relevância da matéria.
Durante a reunião, Marlon ressaltou o caráter inclusivo da proposta. “O que o sistema de bonificação representa é uma política de estímulo, uma política afirmativa e não uma política de segregação, ou seja, não haverá nenhum impeditivo para o ingresso dos alunos de outras regiões na Universidade, o que, ao meu ver, torna essa matéria constitucional. Vale ressaltar ainda que esta mesma política já se provou eficaz em países como o Japão, que adotou a questão da regionalização das vagas de algumas universidades para estimular o vínculo regional da mão de obra qualificada.” Afirmou o jurista.
A reitora Nair Portela se disse muito satisfeita com a mobilização em torno da matéria e ressaltou sua importância destacando a relação médico/habitante do Maranhão, que atualmente é uma das piores do país. “Nós temos essa urgência em reverter esse quadro, mas na atual conjuntura isso não será possível. Hoje, diante dessa realidade e dos estudos que foram feitos, inclusive com a grande quantidade de vagas ociosas no curso de medicina, acredito que teremos como levar o assunto para a apreciação do Conselho Universitário e buscar sua aprovação.” Concluiu a reitora.
Como resultado da reunião ficou estabelecido a realização de três audiências públicas, com datas a serem marcadas, nos municípios de São Luís, Imperatriz e Pinheiro, cidades onde a UFMA oferece os cursos de medicina, para que o assunto seja difundido com a sociedade e a comunidade acadêmica, além de que os membros do Conselho Universitário sejam sensibilizados em torno da questão.
A reunião contou ainda com as importantes presenças dos deputados, Bira do Pindaré(PSB), Wellington do Curso (PP) e Levi Pontes (PCdoB).
Entenda a Bonificação
A bonificação será um mecanismo de acréscimo de 20% nas notas de alunos oriundos de escolas maranhenses para o ingresso na Universidade Federal do Maranhão. O objetivo é facilitar o acesso desse aluno aos principais cursos da universidade e manter essa mão de obra qualificada no estado.
A prática já é adotada em outras universidades do país como a Universidade Federal do Pará – UFPA, Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará -UNIFESSPA, Universidade Federal do Pernambuco – UFPE, entre outras.

Estudantes já podem consultar vagas do Sisu; inscrições começam dia 24

O Ministério da Educação abriu a consulta de vagas que serão ofertadas em universidades e institutos federais e instituições estaduais por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). A consulta pode ser feita no site do Sisu por curso, instituição e município. Ao todo, são 228.071 vagas 131 instituições públicas.

As inscrições serão abertas feitas na semana que vem e poderão ser feitas do dia 24 ao dia 27 de janeiro. O resultado será divulgado no dia 30. O período de matrícula será de 3 a 7 de fevereiro.

Os candidatos que não forem selecionados na chamada regular para as vagas poderão participar da lista de espera, entre 30 de janeiro e 10 de fevereiro. Esses candidatos serão convocados a partir do dia 16 de fevereiro, caso haja vagas remanescentes.

Notas

O Sisu seleciona os estudantes com base na nota no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Cabe a cada instituição definir o cálculo que utilizará para a seleção dos novos alunos. Para participar do processo, o estudante não pode ter tirado nota zero na redação do exame.

Vazamento de prova do Enem beneficiou candidato do MA, afirma PF

Relatório da PF diz que pelo menos duas pessoas foram beneficiadas pelo vazamento do Enem(Foto: Reprodução Internet)Do MA10  Em relatório enviado ao Ministério Público Federal no Ceará (MPF/CE) sobre inquérito policial que apura o vazamento das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem 2016), a Polícia Federal afirma que as provas do primeiro e do segundo dia do exame, além da prova de redação, vazaram antes do início da aplicação para, pelo menos, dois candidatos. No relatório, a PF conclui que houve cometimento de crime de estelionato qualificado no caso.

O procurador da República Oscar Costa Filho, ressalta que  a íntegra do relatório e peças do inquérito serão anexadas ao recurso do MPF que tramita no Tribunal Regional Federal da 5ª Região, no Recife (PE). “Uma quadrilha organizada nacionalmente teve acesso antecipado às provas. Isso compromete a lisura do exame e a própria credibilidade da logística de segurança que vem sendo aplicada”, argumenta o procurador.

Em trecho do relatório, a PF destaca que, após a análise de celulares apreendidos durante operações nos dias do exame, concluiu-se que os candidatos receberam fotografias das provas e tiveram acesso aos gabaritos e ao tema da redação antes do início do exame.

A PF informa no relatório que  os candidatos tiveram acesso à “frase-código” da prova rosa, o que permitia que candidatos que deveriam fazer provas diferentes da rosa pudessem preencher o cartão de respostas de acordo com o gabarito transmitido pela quadrilha, não importando a cor da prova que o candidato tenha recebido no exame, já que a frase-código é o que legitima a correção conforme a cor referente à frase.

“Tanto o gabarito quanto a frase-código foram divulgados antes do exame, o que garante a responsabilidade de afirmar que houve vazamento da prova”, diz o relatório.

A Polícia Federal aponta, ainda, que apesar de dois candidatos terem sido presos em operações policiais diferentes (um em Minas Gerais, e outro no Maranhão), ambos receberam exatamente as mesmas fotografias com gabaritos das provas, porém de intermediários diferentes, deixando claro que a origem do vazamento é a mesma.

Quanto à prova de redação, a perícia da PF identificou que os candidatos presos iniciaram pesquisas no Google sobre o tema da redação a partir de 9h38 do dia 6 de novembro, indicando que tiveram acesso ao tema antes do início da aplicação das provas.

Entenda – Em novembro, o procurador da República Oscar Costa Filho ingressou com ação na Justiça Federal pedindo que fosse decretada a nulidade da prova de Redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). De acordo com o MPF, o vazamento violou o tratamento isonômico que deve ser assegurado aos candidatos. Recurso com o pedido tramita agora no TRF5.

Atenção para os horários das provas do Enem

enemOs estudantes que farão as provas do Enem neste final de semana devem ficar atentos para os horários de fechamento dos portões Os portões serão abertos às 12h e fechados às 13h, no horário de Brasília. As provas começam 30 minutos após o fechamento dos portões.

Ou seja, para os maranhenses, os portões abrem às 11h e o horário limite para chegarem ao seu local é 12h (horário local). Os candidatos sabatistas – que guardam o sábado por motivos religiosos – devem chegar nos mesmos horários dos demais e serão acomodados em salas separadas até as 18h (horário local), quando podem iniciar a prova.

As provas do Enem serão aplicadas nos dias 5 e 6 de novembro em 1.727 municípios e no Distrito Federal. No primeiro dia, os candidatos terão 4h30 para responder a 90 questões das áreas de ciências humanas e suas tecnologias e de ciências da natureza e suas tecnologias. No segundo dia serão 5h30 para as provas de redação, linguagens, códigos e suas tecnologias e matemática e suas tecnologias. No total, 8.627.195 pessoas se inscreveram para o exame.

Começam hoje as inscrições para o Enem

enem2015As inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) serão abertas nesta segunda-feira (9) às 10h, no horário de Brasília e terminarão às 23h59 do dia 20. As provas serão aplicadas nos dias 5 e 6 de novembro. A taxa de inscrição será de R$ 68.

A inscrição é feita pela internet, no site do Enem. O participante deve ter em mãos, no ato da inscrição, o CPF e o número do documento de identidade. Deve também informar um endereço de e-mail. Só é possível fazer uma inscrição por e-mail, assim, cada estudante deverá ter e-mail próprio. O nstituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pelo exame, vai usar o endereço e o telefone celular informado para se comunicar com o participante.

Ao fazer a inscrição o participante informará se necessita de algum atendimento específico ou especializado e se é sabatista – aqueles que, por convicção religiosa, guardam o sábado, reservando o dia para descanso e oração. Eles podem fazer o exame após o pôr do sol.

O atendimento especializado é oferecido as pessoas com baixa visão, cegueira, visão monocular, deficiência física, deficiência auditiva, surdez, deficiência intelectual (mental), surdocegueira, dislexia, déficit de atenção, autismo, discalculia ou com outra condição especial. O atendimento específico é destinado as gestantes, lactantes, aos idosos, estudantes em classe hospitalar e sabatistas.

É também na inscrição, que o estudante informa se quer utilizar o resultado do Enem para certificação do ensino médio. Para isso é preciso ter 18 anos completos até o primeiro dia de execução das provas. A inscrição só é confirmada após o pagamento da taxa de R$ 68. O prazo para que isso seja feito é até as 21h59, no horário de Brasília, do dia 25. São isentos da taxa os estudantes concluintes do ensino médio em escolas públicas e os participantes de baixa renda.

Uma das novidades deste ano é que o estudante poderá pagar a taxa de inscrição em qualquer agência bancária, casa lotérica ou agência dos Correios. Até o ano passado, a inscrição era paga apenas nas agências do Banco do Brasil.

A nota do Enem é usada na seleção para vagas em instituições públicas, por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), bolsas na educação superior privada por meio do programa Universidade para Todos (ProUni) e vagas gratuitas nos cursos técnicos oferecidos pelo Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec).

O resultado do exame também é requisito para receber o benefício do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) e participar do programa Ciência sem Fronteiras. Para pessoas maiores de 18 anos, o Enem pode ser usado como certificação do ensino médio.

Da EBC.

Confira 7 Dicas para aproveitar melhor sua nota do Enem 2015

Psicóloga e orientadora profissional, Anna Kelly Frota, dá dicas de como aproveitar a nota do Enem

Psicóloga e orientadora profissional, Anna Kelly Frota, dá dicas de como aproveitar a nota do Enem

A partir de hoje (08), mais de 7 milhões de brasileiros terão um grande desafio nos próximos dias: a escolhado curso superior. Desse universo de candidatos, têm aqueles cujas decisões estão bem definidas e não restam dúvidas; outros estão indefinidos, ou seja, possuem uma dúvida ou outra; e existe uma parcela que não faz a menor ideia do que fazer com a nota alcançada no Enem.

Segundo a psicóloga e orientadora profissional da Profissio Escolhas e Carreiras, Anna Kelly Frota, existe uma parcela de vestibulandos que ainda não parou para pensar na sua escolha ou só vai fazer essa reflexão quando estiver dentro da faculdade e não gostar do curso; outros que acabam escolhendo o curso por influência dos amigos, dos pais ou porque pesquisaram sobre determinada profissão e vislumbraram como algo possível; e a parcela que não sabe por onde começar e o que avaliar. A psicóloga alerta para a necessidade de estar consciente das decisões que serão tomadas nos próximos dias.

“Esse momento da escolha é um período delicado, pois os jovens estão encerrando uma fase da vida para darem início a outra, então tem muita coisa em jogo. É importante que o jovem tenha um certo tempo e tranquilidade para amadurecer as suas escolhas e analisar todas as variáveis envolvidas. Daí a necessidade do autoconhecimento, da informação profissional e da projeção de futuro, para que o vestibulando possa tomar a melhor decisão possível, dentro do seu contexto atual”, esclarece Anna Kelly Frota.

Com os resultados do ENEM 2015 na mão, o foco agora é o acesso ao SISU (Sistema de Seleção Unificada) e a escolha do curso e da instituição de ensino. Desta forma, vejam 07 DICAS que podem ajudar você, candidato, a fazer a melhor escolha para o seu momento atual.

1)Como escolher seu curso –Alguns candidatos já sabem o que escolherão, outros têm algumas dúvidas, e existem ainda os que não fazem a menor ideia. Com tão pouco tempo, a opção disponível para este último grupo é o mergulho na informação profissional. O candidato pode buscar guias de profissões, vídeos e depoimentos na internet; conversar com profissionais da área de interesse; pesquisar salários, avaliar o mercado de emprego agora e as perspectivas futuras, ou seja, para quando ele estiver concluindo a graduação.Neste caso, o foco é alinhar o máximo de informações possíveis avaliando o seu grau de afinidade com cada uma delas. Caso precise de ajuda, busque um orientador profissional. Na época do Sisu, alguns serviços funcionam em formato de plantão para auxiliar neste momento.Vale ressaltar que, o processo de orientação profissional [para chegar na escolha do curso e carreira seguida] não envolve apenas a informação profissional, mas uma série de outras questões.

2)Não esqueça da instituição! – A escolha da universidade é uma decisão que merece ser avaliada o quanto antes, afinal você passará anos em uma nova “casa”. Como escolher com fundamento? Busque os rankings mais atuais e compare as notas obtidas pelas IES (Instituição de Ensino Superior). Visite o site da instituição e busque depoimentos na internet sobre os benefícios ou não, de estudar lá. Amadureça uma ordem de prioridades para a sua 1ª e 2ª opção. Converse com os responsáveis sobre a possibilidade de morar fora, caso a aprovação seja para outra cidade. O Ministério da Educação (MEC) já disponibilizou online no site do Sisu a relação de todos os cursos e instituições para que os candidatos possam fazer suas buscas antecipadas.

3)Entenda o funcionamento do SISU. Acesse a página do SISU (http://sisu.mec.gov.br/) para avaliar a lista das vagas e grave logo este endereço já que ele será seu companheiro inseparável nos próximos dias. Aproveite para explorar a página, ler edital, as perguntas e as respostas disponíveis no link de dúvidas. Compreender o mecanismo das listas de espera é importante para o candidato. Entender também como funciona o SISU é essencial para os próximos tópicos.

4) Eleja suas possibilidades:ficar ou ir embora? – Ao acessar o SISU, o candidato terá várias possibilidades: de curso, de instituição, de outros cursos, de duas instituições na mesma cidade, etc. No caso de São Luís, o jovem tem duas opções: a Universidade Federal do Maranhão (UFMA) ou Instituto Federal do Maranhão (IFMA). Sendo assim, o candidato precisa listar suas preferências, avaliar contextos e definir a questão de continuar morando em sua cidade ou não.Elencar as prioridades é fundamental, principalmente para quem estiver em dúvida entre dois cursos.

5) Estabeleça estratégias – Como o Sisu tem 1º e 2º chamada, 1º e 2º opção de curso, Lista de Espera, o candidato precisa sim ter algumas estratégias. Por exemplo: o candidato chamado na 1º opção não precisa participar da Lista de Espera, nem há necessidade de participar da 2º chamada. Já o candidato que alcançou uma nota, relativamente baixa para a graduação desejada (mas que por razões financeiras não pode ficar mais um ano no cursinho), pode optar por um curso que possibilite posteriormente, a transferência internapara a graduação de interesse inicial.Portanto, compreender o funcionamento do SISU, ajuda o candidato a traçar suas estratégias. O vestibulando pode buscar orientadores profissionais ou professores de sua confiança para dialogar sobre o assunto e montara estratégia que será adotada.

6) Busque apoio da família e de profissionais–Nesse momento de decisões importantes e, em muito casos, definitivas, é comum que o vestibulando fique angustiado. Afinal, ele é quem vai viver todas as consequências da escolha feita. Por isso, é essencial que ele busque o apoio das pessoas que ele confia. Se na família a pressão está muito grande, ele pode buscar o apoio externo em professores, que se tornam referência e amigos nesse processo. O orientador profissional também é um ator importante para conversar e auxiliar os vestibulandos

7) Estou muito confuso(a) e pensando se este é o melhor momento – O SISU acontece duas vezes ao ano. Os candidatos que fizeram o Enem 2015, podem concorrer tanto as vagas doSISU do 1º semestre, quanto as do 2º semestre (menos concorridas, mas não significa dizer que são mais fáceis). Porém, se o vestibulando está muito confuso e não tem certeza sobre o curso, é aconselhável que ele espere e estude um pouco mais para entrar faculdade. O ideal é que ele esteja consciente da sua decisão e de que estará fazendo o melhor para o seu momento atual.

Estar em dúvida e mesmo assim optar por um curso com a mentalidade de que pode abandonar no futuro, caso não se identifique, gera ônus tanto para o Estado, quanto para o candidato. Hoje, a evasão é um dos maiores problemas do ensino superior brasileiro, uma vez que tira a possibilidade de outro candidato estudar, além de gerar prejuízos financeiros para as instituições. Portanto, evitá-la também é uma responsabilidade social do vestibulando.

 

Mais de 60 mil candidatos deixaram de realizar as provas do Enem no MA

Karlos Geromy/OIMP/D.A.Press.Brasil O primeiro dia de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) teve 1.960.527 abstenções em todo país, o que corresponde a 25,31% de faltosos do total de 7.746.057 inscritos. No Maranhão mais de 60.125 (22,22%) deixaram de fazer o exame no primeiro dia.

 O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) apresentou os números do primeiro dia de provas. Durante a avaliação, 364 participantes foram eliminados em todo território nacional. Do total, 330 deles portavam equipamentos eletrônicos.

Em todo país, até o início da prova 834.498 candidatos não havia acessado o cartão de participação com as informações de local e horário do fechamento dos portões.

Segundo dia

No domingo (25), o MEC só divulgou apenas o número total de abstenções, mas ainda não divulgou os dados por estado. Foram 7.746.436 em todo o país no total.

Atenção estudantes! amanhã tem “Aulão do ENEM”

aulao

Centenas de alunos estão participando dos “Aulões do ENEM”, a ação faz parte do Programa Pré-Universitário (PreUNI), uma iniciativa do Governo do Estado para garantir aos estudantes maranhenses de baixa renda a oportunidade de se preparar melhor para o Exame Nacional do Ensino Médio. As aulas acontecem sempre aos domingos, a partir das 8 horas da manhã, no Ginásio do Centro Experimental de Ensino Médio Colégio Maranhense Marcelino Champagnat (antigo Marista), no Centro.

Já aconteceram dois “Aulões”, no primeiro encontro os alunos tiveram a oportunidade de participar de uma mega revisão na área de Ciências Humanas, que englobou as disciplinas Filosofia, Sociologia, História e Geografia. No segundo “Aulão do ENEM” os alunos tiveram aulas da área das Ciências da Natureza e suas Tecnologias, que engloba as disciplinas Física, Química, Biologia.

No Aulão do ENEM de amanhã, no Colégio Marista, será trabalhada a área de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias com as disciplinas de Literatura, Gramática, Interpretação de Texto e Arte. Na Megarevisão que acontecerá na quadra do Centro Social e Educacional São José Operário serão contempladas as áreas: Linguagens, Ciências Humanas, Geopolítica e Biologia. Nos dois locais as aulas acontecem das 8h às 11h e das 13h às 16h.

PARCERIA

A Assembleia Legislativa e a Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti) assinaram Termo de Cooperação Técnica para a transmissão, via TV Assembleia, dos aulões presenciais do PreUNI. Durante todos os domingos em que as revisões acontecerão em São Luís, a TV Assembleia transmitirá ao vivo todas as aulas, a partir das 8h.

A transmissão inclui ainda tradução simultânea em Libras, o que garantirá a acessibilidade do conteúdo a todos os estudantes.

As aulas podem ser acompanhadas pelos canais da TV Assembleia (canal aberto digital 51.2 ou canal 17, na TVN) ou, ainda, pelo Portal www.al.ma.leg.br. Além disso, todo o conteúdo estará disponível posteriormente para download no site da Secti (www.secti.ma.gov.br).

Outra novidade para os estudantes é que, após as transmissões ao vivo, a TV Assembleia irá dividir cada aula por disciplina, que serão reexibidas durante a semana dentro da programação do canal, o que permitirá aos alunos revisar mais uma vez todo o conteúdo.

 

 

 

Maranhão tem três escolas entre as 20 com piores notas do Enem 2014

educacaoO Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgou na manhã desta quarta-feira (5) as notas por escola da edição do ano passado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem 2014). E se o Maranhão está muito atrasado no ensino fundamental, também precisa avançar muito no ensino médio.

OS vizinhos Ceará e Piaui possuem mais de uma escola entre as 20 maiores médias das provas objetivas do Enem. A escola maranhense melhor posicionada ocupa o 213º lugar nacional. E é uma escola privada classificada pelo indicador de nível socioeconômico como muito alto.

As cinco melhores notas de escolas maranhenses são de escolas privadas de São Luís. As cinco piores são de escolas estaduais do interior. Das 20 escolas com piores notas do país, três são maranhenses. Professora Leda Tajra, em Buriti Bravo, José Maria de Araújo, de Olinda Nova, e Cristiano Pimenta, em Bacuri. Todas são anexos.