Campanha de Roseana Sarney paga R$ 100 mil para Escutec, que divulga pesquisa amanhã

Conhecido pela sua ligação com o clã Sarney, o Instituto Escutec recebeu R$ 100 mil da campanha da ex-governadora Roseana Sarney (PMDB) e aparece em quinto lugar no ranking de fornecedores da candidata, conforme aponta o Sistema de Divulgação de Candidatura e Contas Eleitorais (DivulgaCand) do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) .

Para piorar, o instituto vai divulgar levantamento sobre a corrida eleitoral no Maranhão nesta quinta-feira (06) contratada pela empresa oficial do jornal O Estado do Maranhão, de propriedade da família Sarney, a tendência é que esta seja a única pesquisa a não indicar vitória em primeiro turno do candidato à reeleição, Flávio Dino (PCdoB).

O Escutec tem como proprietário o empresário Fernando Júnior. Em 2015, o dono da Escutec foi preso pela Polícia Federal alvo da Operação Attalea, que investigava fraudes em licitações e contratos no município de Anajatuba, esquema conhecido como “Máfia de Anajatuba”.

Erros históricos

Além da ligação com escândalos de corrupção, o Instituto Escutec também é conhecido por erros históricos. Exemplo recente é das eleições de 2016, quando o instituto apontava segundo turno entre os candidatos Edivaldo Holanda Júnior (PDT) e Wellington do Curso (PSDB). Errou feio. Edivaldo acabou vencendo as eleições no segundo turno, mas contra Eduardo Braide (PMN).

Dono da Escutec aconselhou Roseana a desistir de candidatura ao governo

O empresário Fernando Júnior, dono da Escutec, aconselhou recentemente a ex-governadora  Roseana Sarney a não disputar a eleição para o governo do estado. O argumento dele foi direto: “Flávio Dino tem 80% de chance de ser reeleito governador”, disse à ex-governadora.

Fernando Júnior teria aceitado a contra-gosto fazer uma pesquisa “tabajara” para tentar animar os seguidores de Roseana Sarney. A falta de confiança foi tamanha que a discussão foi grande se ele ficaria engavetada ou iria para a rua. A decisão foi vazar através de blogs.

“A pesquisa está toda fora de padrão, com critérios que a viciam Por algum motivo o Fernando Júnior aceitou fazer mesmo contra os padrões utilizados normalmente pela própria Escutec”, avaliou um analista de pesquisas que atua no mercado local.

A Escutec sempre faz pesquisas em 40 municípios e agora diz que fez em 80, dando margem para mudanças. Ela também dobrou o número de questionários, uma técnica que pode servir para dar elasticidade aos números.

Timon: Luciano Leitoa lidera com 52% contra 31,8% de Alexandre

O Instituto Escutec apresentou nova pesquisa sobre a disputa eleitoral em Timon. Novamente o cenário aponta que Luciano Leitoa (PSB) será reeleito prefeito da cidade. Ele é candidato pela coligação “Juntos Pra Fazer Mais”, e aparece na liderança seguido pelo único adversário na disputa, o deputado estadual Alexandre Almeida (PSD), candidato pela coligação “Unidos Somos Mais Fortes”.

pesquisatimon

A pesquisa Escutec aponta Luciano Leitoa com 52% da preferência do eleitorado, contra 31,8% de Alexandre Almeida. Destacando ainda que 2,3% dos eleitores afirmaram que não votariam em nenhum dos candidatos apresentados e 14% não souberam ou não responderam.

Na pesquisa espontânea, Luciano Leitoa tem 50,3% e Alexandre Almeida 31,8%. Nenhum dos candidatos 2,3% e não souberam ou não responderam 15,8%. A pesquisa Escutec foi registrada na Justiça Eleitoral sob o protocolo MA-04478/2016. Os questionários foram aplicados nos dias 22 e 23 de setembro para 400 eleitores. O intervalo de confiança do levantamento é de 95% e a margem de erro é de 4,0% para mais ou para menos. (Jornal Pequeno)

Pesquisa na Raposa: Talita Laci lidera com mais de 20 pontos de vantagem

A candidata Talita Laci (PCdoB) lidera a disputa pela prefeitura do município de Raposa, com ampla vantagem. Pesquisa do instituto Escutec contratada pelo Blog do Clodoaldo Corrêa, mostra que a oito dias da eleição, a liderança é muito folgada.

estimuladaraposa

Pesquisa estimulada

 Na pesquisa estimulada, quando são apresentados os nomes dos candidatos, Talita Laci possui 45% de intenções de voto. Ociléia Fernandes (PRB) tem 20,6%. Maurício Almeida está com 2,4%. Brancos e nulos são 3,2% e não souberam ou não opinaram 5%.

Na pesquisa espontânea, Talita possui 41% das intenções de voto. A candidata Ociléia Fernandes (PRB) possui 20,6% e Eudes Barros (PR) muito próximo com 20,2%. Maurício Almeida (PSB) tem apenas 1,6% das intenções de voto. Brancos e nulos somam 1,6% e não souberam ou não opinaram são 15%.

Pesquisa espontânea

Pesquisa espontânea

A pesquisa do instituto Escutec foi contratada pelo Blog do Clodoaldo Corrêa e registrada com o número MA-07430/2016. Foram ouvidas 500 pessoas entre os dias 15 e 16 de setembro. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos e o intervalo de confiança estimado é de 95%.

Flávio tem ampla aprovação na Raposa

A pesquisa Escutec também perguntou se os raposenses aprovam ou não a gestão do governador Flávio Dino. 71,8% aprovam o governo do comunista. Outros 24,6% não aprovam. 3,2% não souberam ou não responderam.

Avaliação do governo Flávio Dino

Avaliação do governo Flávio Dino

Clodomir Oliveira desaprovado

Já a administração do prefeito Clodomir Oliveira (PRTB) tem uma catastrófica avaliação dos raposenses. Nada menos que 86,2% desaprovam a gestão do peerretebista. 10% aprovam e 3,8% não souberam ou não opinaram.

avaliacaoclodomir

Avaliação do prefeito Clodomir Oliveira

Escutec confirma DataM e Edivaldo está próximo de vencer no primeiro turno

pesquisaescutec

O Estado do Maranhão – O Instituto Escutec, em mais uma pesquisa eleitoral encomendada pelo jornal O Estado, traz novos cenários sobre a disputa eleitoral em São Luís. No levantamen­to, o candidato Edivaldo Holanda Júnior (PDT), da coligação Pra Seguir em Frente, ampliou a vantagem e, em relação à pesquisa anterior, subiu 10 pontos. O candidato saiu de 35,6% para 45,3% na pesquisa estimulada.

Em segundo, aparece o candidato Wellington do Curso (PP), da coligação Por Amor a São Luís, com 24%. Ele é seguido por Eliziane Gama (PPS), da coligação São Luís de Verdade, com 8,8%. Eduardo Braide (PMN) tem 5,5% e Fábio Câmara (PMDB), da coligação Coragem pra Fazer, 3%. Rose Sales (PMB) obteve 2%.

Os candidatos Zeluis Lago (PPL), Cláudia Durans (PSTU) e Valdeny Barros (PSOL) tiveram 0,5% das intenções de voto cada um. Disseram que não votaria em nenhum dos candidatos somou 4% e não sabe ou não respondeu, 6%.

Queda – Além de Edivaldo Júnior, cresceu na disputa o candidato Eduardo Braide. Na pesquisa publicada no último sábado, 17, Braide tinha 4,6% e agora chegou a 5,5%. Os demais candidatos caíram. Wellington tinha 26,3% e caiu 2,3%. Eliziane Gama perdeu 2,7%, já que no levantamento anterior apareceu com 11,5%. Fábio Câmara perdeu 0,5% e Rose Sales 0,9%.

Edivaldo Júnior lidera também o cenário na pesquisa espontânea. O pedetista aparece com 40% e é seguido de longe por Wellington do Curso, que obteve 22,4%. A candidata Eliziane Gama obteve 7,3% da opinião dos entrevistados, Eduardo Braide, 4%, Fábio Câmara com 3% e Rose Sales com 1,5%.
Zeluis Lago, Cláudia Durans e Valdeny Barros obtiveram 0,5% cada um. Não votaria em nenhum dos candidatos somou 5,9% e não sabe ou não respondeu, 14,5%.

Pesquisa ouviu 800 eleitores

A Pesquisa Escutec/O Estado ouviu 800 eleitores nos dias 21 a 23 de setembro. A margem de erro é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos e o intervalo de confiança, de 95%. O levantamento está registrado na Justiça Eleitoral com o protocolo MA 04039/2016.

Comparação entre os dados da Escutec neste mês (Foto: Reprodução / O ESTADO)

Edivaldo Júnior também venceria em eventual segundo turno

O Instituto Escutec mostrou ainda quatro cenários de um eventual segundo turno na capital. O prefeito Edivaldo Júnior seria reeleito tanto se disputasse o segundo turno com Wellington quanto com Eliziane Gama.

Contra Wellington do Curso, Edivaldo Júnior teria 48,8% contra 35,3% do seu adversário. Em nenhum dos candidatos somou 7% e não sabe ou não respondeu, 9%.
A vantagem do candidato Edivaldo Júnior seria maior contra Eliziane Gama. Ele venceria a eleição no segundo turno com 55,3% contra 20,1% de Gama.

No confronto entre Eliziane e Wellington, o candidato venceria com 50% dos votos contra 23,8% da candidata. A opção nenhum dos candidatos aparece com 15,4% e não sabe ou não respondeu, 10,9%.

Eliziane Gama lidera quadro de rejeição entre os candidatos a prefeito da capital

A pesquisa Escutec/O Estado também avaliou a rejeição dos candidatos. Tem maior rejeição a candidata Eliziane Gama com 28,8%. Ela é seguida por Edivaldo Holanda Júnior que tem 26,5%. Disseram não votar em Fábio Câmara 9% dos entrevistados, 8,4% não votaria em Wellington do Curso e 2,5%, em Zeluis Lago.

A rejeição de Rose Sales ficou em 2%, Eduardo Braide em 1,5% e Cláudia Durans e Valdeny Barros, 1% cada um. 8,4% optaram em nenhum dos candidatos e não sabe ou não respondeu somaram 11%.

Comparação – Esses dados de agora mostram que a rejeição da candidata Eliziane Gama aumentou em comparação ao levantamento divulgado no fim de semana passada. Na pesquisa anterior, Eliziane Gama teve 25,3% de rejeição. Agora a rejeição da candidata aumentou 3,5 pontos percentuais.

A rejeição de Edivaldo Holan­da Júnior também aumentou. Na pesquisa anterior, o pedetista tinha 24,8% e agora tem 1,7% a mais de rejeição. Fábio Câmara também tem rejeição maior comparando as duas últimas pesquisas Escutec/O Estado. Ele tinha 7,9% e agora chegou a 9%.

A rejeição de Wellington do Curso também cresceu. Ele saiu de 6,3% na pesquisa passada para, agora, 8,4%.

Pesquisa Escutec: Edmilson Viégas lidera em Penalva

Pesquisa do Instituto Escutec, contratada pelo Blog do Clodoaldo Corrêa, apontou o cenário eleitoral da cidade de Penalva. A pesquisa mostra o favoritismo do atual prefeito, candidato à reeleição, Edmilson Viégas (PDT), que lidera com quase 8 pontos de vantagem.

A pesquisa foi registrada sob o número MA-00874/2016 e ouviu 303 pessoas entre os dias 5 e 6 de setembro. A margem de erro é 5 pontos percentuais para mais ou para menos.

pesquisa-penalva

O prefeito Viégas está com 45,2% de intenções de voto na pesquisa estimulada, quando são apresentados os nomes dos candidatos. Ronildo Campos (PP) tem 37,3%. Professor Amarildo (PCdoB) possui 5% e Matheus Muniz (PV) 2,6%. 3% disseram não votar em nenhum candidato e 6,9% não souberam ou não opinaram.

Na pesquisa espontânea, Viégas aparece com 44,2% de intenções de voto, contra 35% de Ronildo Campos. Porfessor Amarildo é lembrado por 4,6% e Matehus Muniz por 1,7%. Não souberam ou não opinaram 13,2% e 1,3% disseram não votar em ninguém.

Rejeição

No quesito rejeição, o atual prefeito e seu principal adversário estão quase rigorosamente empatados. Viégas tem 36,6% de rejeição e Campos 36,3%. Matheus Muniz é rejeitado por 8,3% e Professor Amarildo 5,6%. Entre os entrevistados, 5,9% não rejeitam nenhum candidato e 7,3% não souberam ou não opinaram.

Aprovação do governo Flávio

Mais da metade dos eleitores penalvenses Flávio Dino.  aprovam o governo . 50,8% disseram aprovar o governo. Outros 35% desaprovam. 14,2% não souberam ou não opinaram.

Escutec também aponta Edivaldo com mais de 10 pontos à frente do 2º colocado

escutecema

A pesquisa de intenções de votos do instituto Escutec contratada pelo jornal O Estado do Maranhão também aponta liderança folgada de Edivaldo Holanda Júnior (PDT), candidato à reeleição pela coligação “Pra Seguir em Frente”. Assim como na DataM, Edivaldo tem mais de 10 pontos de vantagem.

Edivaldo lidera com 33,5% da preferência do eleitorado. O candidato Wellington do Curso (PP), é o segundo colocado no levantamento, com 22,3% das intenções de votos. Ele está à frente de Eliziane Gama (PPS), que aparece na pesquisa com 15,8% das intenções de votos.

Eduardo Braide, candidato a prefeito pelo PMN, aparece com 4,5% da preferência do eleitorado, contra 3,8% do vereador Fábio Câmara (PMDB). A vereadora Rose Sales (PMB tem 2,3; Zeluis Lago (PPL), 1,0%; Cláudia Durans (PSTU), 0,5% e Valdeny Barros (PSOL), 0,1%.

Neste cenário, o principal da disputa, 8,1% dos eleitores afirmaram que não votaria em nenhum dos candidatos e outros 8,3% não souberam ou não responderam.

Espontânea – Na pesquisa espontânea, quando não são apresentados ao eleitor os nomes dos candidatos a prefeito, Edivaldo lidera com 29,1% das intenções de votos; Wellington aparece na segunda colocação com 19,1%; Eliziane Gama continua na terceira colocação, com 10,5%; Eduardo Braide aparece logo em seguida com 2,6%; seguido de Fábio Câmara, com 2,5%; Rose Sales, com 1,3%; Zeluis Lago, com 0,3% e Cláudia Durans, com 0,3%. Apontaram o item ninguém, 10,3% dos eleitores entrevistados e não souberam ou não responderam, 24,1%.

Rejeição – Edivaldo Júnior aparece com rejeição de 25,9%. Eliziane Gama é destacada como a segunda mais rejeitada do pleito, com 21,3%. Wellington do Curso aparece logo em seguida, com 8,8%; Fábio Câmara tem índice de rejeição de 4,1%; Rose Sales aparece com 3,5%; Eduardo Braide apresenta 3,3%; Zeluis Lago outros 2,9%; Cláudia Durans 2,5% e Valdeny Barros, o candidato de menor rejeição, com 2,3%. Assinalaram ‘nenhum deles’, 11,4% dos entrevistados, e não souberam ou não responderam, 14,3%.

Registro

A pesquisa Escutec de intenções de votos foi contratada pelo jornal O Estado do Maranhão e registrada na Justiça Eleitoral sob o protocolo MA-00724/2016. A pesquisa ouviu 800 eleitores entre os dias 7 e 9 de setembro, possui intervalo de confiança de 95% e margem de erro de 3 pontos percentuais para mais ou para menos.

Nova rodada de pesquisas começa nesta sexta-feira (9)

PESQUISAMais uma rodada de pesquisas em São Luís com vários institutos divulgando os números em datas muito próximas. As pesquisas de DataM, Exata e Escutec darão um novo panorama sobre o cenário eleitoral de São Luís.

As divulgações começam nesta sexta-feira (9) com as pesquisas Data M, contratada pela TV Difusora e registrada sob o número MA-03852/2016, que ouviu 1000 eleitores entre os dias 5 e 7 de setembro, e a do instituto Exata, contratada pela TV Guará, registrada sob o número MA-01034/2016 e com 800 entrevistados.

Já no sábado, será divulgada a Escutec, contratada pelo jornal O Estado do Maranhão, registrada com número MA-0724/2016. A pesquisa do EMA ouviu 880 pessoas entre os dias 7 e 9 de setembro.

O fator positivo de ter pesquisas de institutos diferentes é que chamará muita atenção se alguma der uma disparidade muito grande em relação às outras. Assim, o natural é que os números sejam semelhantes já que as pesquisas foram realizadas quase no mesmo período.

Hoje, a grande disputa da eleição em São Luís é pela segunda vaga no segundo turno. Dada a folga na liderança de Edivaldo Holanda Júnior (PDT), a disputa entre Eliziane Gama (PPS) e Wellington do Curso (PP) pelo segundo lugar será o duelo mais interessante nesta reta final.

Pesquisa Escutec aponta vantagem de 11 pontos de Edivaldo

Pesquisa do Instituto Escutec divulgada neste sábado (03) aponta a liderança absoluta de Edivaldo Holanda Júnior (PDT) na disputa eleitoral para a Prefeitura de São Luís. O resultado das intenções de voto mostra o candidato pedetista com uma vantagem de mais de 11 pontos sobre Eliziane Gama (PPS) e Wellington do Curso (PP), seus principais adversários.

Na pesquisa estimulada, onde são apresentados os nomes dos candidatos ao eleitor, Edivaldo está com 30,6%; Wellington do Curso, 19,5%; Eliziane Gama, 18,5%; Eduardo Braide, 6,5%; Fábio Câmara, 4,1%; Rose Sales 4,0%; Zé Luis Lago, 1,0%. Cláudia Durans e Valdeny Barros ficaram sem pontuar. 9,8% disseram que não votariam em nenhum dos candidatos e 6,0% não sabem ou não responderam.

Na pesquisa espontânea, onde o eleitor não recebe o nome dos candidatos, Edivaldo também aparece consolidado na frente, com 21,0% das intenções de voto, seguido de Wellington do Curso, 12,0% e Eliziane Gama, 8,0%. Eduardo Braide apresenta 3,1% e Fábio Câmara e Rose Sales alcançam 2,0% cada. 12,0% disseram que não irão votar em ninguém e 39,9% não sabem ou não responderam.

escutec

Edivaldo Jr. foi o que mais cresceu nas duas pesquisas

Antes dessa pesquisa, no início do mês passado, o instituto Escutec divulgou pesquisa logo após o fim do período de convenções partidárias quando os candidatos à Prefeitura de São Luís já estavam definidos. Comparando os dois levantamentos, o candidato Edivaldo Júnior foi o que mais cresceu.

Na pesquisa Escutec/O Estado divulgada em agosto, Edivaldo Holanda Júnior aparecia com 25,2%. No levantamento atual, o candidato subiu cerca de 5%. Já em relação a segunda colocação, houve mudanças. A candidata Eliziane Gama apareceu na pesquisa de agosto com 21,8% caindo mais de 3% se comparado a pesquisa atual.

O candidato Wellington conseguiu subir menos de 1% em comparação aos dois levantamentos. Ele saiu de 18,7% em agosto para 19,5%. Já o candidato Eduardo Braide saiu de 4,9% na primeira pesquisa para 6,5%. Rose Sales caiu de 6,6% para 4% agora. Fábio Câmara tinha 4,3% e agora aparece com 4,1%.

Cláudia Durans e Valdeny Barros não chegaram a ter 1% no levantamento do mês passado e agora não pontuaram. Zeluis Lago não pontuou na pesquisa de agosto e agora alcançou 1%.

Rejeição

Na pesquisa Escutec/O Estado também foi perguntado sobre a rejeição dos candidatos. Com o questionamento “Se as eleições fossem hoje, e sendo estes os candidatos, em quem o senhor não votaria para prefeito?” o cenário ficou com o candidato Edivaldo Holanda Júnior com 36,9% de rejeição.

Ele é seguido pela candidata Eliziane Gama que aparece com 22,1%. Depois vem Wellington com 6,4%. Rose Sales, Fábio Câmara e Eduardo Braide têm o mesmo percentual de rejeição: 3%. Zeluis Lago aparece com 2,6%, Valdeny Barros com 1,6% e Cláudia Durans, 1%. A opção nenhum deles aparece com 7,6% e não sabe ou não respondeu, 12,8%.

O levantamento foi encomendado pelo jornal O Estado. Foram entrevistadas 800 eleitores nos dias 31 de agosto e 1º e 2 deste mês. O intervalo de confiança é de 95% e a margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos. O registro da pesquisa na Justiça Eleitoral é nº. MA 01182/2016. (Com informações do jornal O Estado do Maranhão)

Pesquisa: Talita Laci lidera com folga na Raposa

pesquisaraposaO instituto Escutec divulgou pesquisa contratada pela própria Escutec sobre a intenção de votos no município da Raposa. É a primeira pesquisa da cidade desde que foram oficializadas as candidaturas. A candidata Talita Laci (PCdoB) lidera com folga.

Na pesquisa estimulada, com os nomes de todos candidatos registrados, Talita Laci lidera com quase 10 pontos à frente da segunda colocada, Ociléia (PRB) que possui 22,3%; o terceiro Eudes Barros está com 20,3% e Mauricio Almeida (PSB) tem apenas 3% das intenções de votos.

Na pesquisa Espontânea, quando não são apresentados os nomes dos candidatos, Talita Laci (PCdoB) lidera a preferência do eleitorado com 26,7%; o presidente da Câmara Eudes Barros (PR) é o segundo com 18,3% e Ociléia (PRB) é a terceira com 18%. O último colocado é Maurício Almeida Moreira (PSB) apenas 2%. No quesito “ninguém” corresponde a 2,3%; “Não sabem ou não opinaram” soma 32,7%.

Foram entrevistadas 300 pessoas nos dias 18 e 19 de agosto. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob o número 00074/2016. A margem de erro é de 5 pontos percentuais para mais ou para menos.