EXCLUSIVO – Flávio Dino lidera com larga vantagem pesquisa em Imperatriz

Flávio possui mais do que o dobro das intenções de voto de Roseana em Imperatriz

O instituto Exata realizou pesquisa de intenção de votos para o município de Imperatriz. A pesquisa foi realizada no final de junho e avaliou o cenário para o governo do estado com os principais pré-candidatos. Em uma foi incluído o nome do deputado estadual Eduardo Braide (PMN), que afirma ser pré-candidato a deputado federal, mas sempre tem seu nome ventilado para o governo.

No cenário sem Braide, Flávio Dino lidera com 61%, Roseana Sarney tem 25%, Roberto Rocha aparece com 11% e Maura Jorge com 3%.

Apesar de ser apontado como nome novo que pode entrar em um vácuo, Eduardo Braide não empolga o eleitor de Imperatriz. Com a inclusão do nome do deputado, Flávio Dino possui 60%, Roseana 24%, Roberto 9%, Eduardo Braide 4% e Maura Jorge 3%.

Exata: Eliziane e João Alberto lideram para o Senado

A pesquisa do instituto Exata também aferiu os números de intenção de votos para o Senado. E quando o eleitor é questionado sobre qual a primeira opção para o Senado, o nome que lidera é da deputada federal Eliziane Gama (PPS).

Eliziane foi a primeira opção para 15% dos entrevistas. João Alberto e Sarney Filho empataram em segundo (14%), seguido s de Weverton Rocha (11%), José Reinaldo Tavares (9%) e Waldir Maranhão (8%). Brancos e nulos somam 20% e não sabe/não responderam 9%.

Quando a pergunta é sobre a opção, o senador João Alberto aparece com 13% das intenções de votos, seguido José Reinaldo (10%), Weverton Rocha (10%), Eliziane Gama (9%). Waldir Maranhão e Sarney Filho empatam com 7%. Brancos e nulos somam 31% e não sabe/não responderam 13%.

A pesquisa foi realizada entre 14 a 17 de junho e ouviu 1.404 pessoas. Tem margem de erro de 3.2 pontos percentuais e índice de confiabilidade de 95%.

Primeira opção para o Senado

Segunda opção para o Senado

Rejeição: metade dos eleitores não votaria em Roseana

A pesquisa do instituto Exata também aferiu a rejeição dos possíveis candidatos ao governo do Estado nas eleições do ano que vem. A ex-governadora Roseana Sarney (PMDB) é rejeitada por 49% dos eleitores.

O segundo mais rejeitado é Roberto Rocha (PSB) com 35%; seguido de Flávio Dino (PCdoB) com 27%; 25% disseram que não votariam em Maura Jorge (Podemos) e 21% em Eduardo Braide (PMN). Votaria em todos 4% e não votaria em nenhum 9%.

Surpreenderam os números altos de rejeição de Maura Jorge e Eduardo Braide que ainda são pouco conhecidos do eleitorado. As rejeições de Roseana (quatro vezes governadora), Flávio Dino (que tem o desgaste natural de estar no poder) e Roberto Rocha (também sofrendo o desgaste de estar em cargo majoritário) são naturais.

Pesquisa: Flávio Dino lidera com 33 pontos de vantagem

Foi divulgada pesquisa realizada pelo instituto Exata sobre as intenções de voto para o governo do Estado em 2018. É a primeira pesquisa de um instituto com tradição em pesquisas no Maranhão. O levantamento apontou vitória do governador Flávio Dino (PCdoB) ainda no primeiro turno em uma eventual disputa com Roseana Sarney (PMDB).

Flávio Dino marcou 59 pontos percentuais, contra apenas 26% de Roseana. Nulos/brancos marcou 10% e 5% disseram não saber ou não responderam.

A consulta também mostrou a dificuldade da ex-governadora em mudar esse quadro, porque 47% (rejeição) disseram que não votariam nela de jeito nenhum, quase o dobro do número de votos que ela recebeu dos entrevistados.

Foram ouvidas entre os dias 23 e 26 de março 1400 pessoas em 40 municípios do Maranhão.

Pesquisa Exata: Edivaldo lidera com 10 pontos de vantagem

A pesquisa do Instituto Exata, contratada pela TV Guará, mostra o candidato Edivaldo Holanda Júnior (PDT) com uma liderança de 10 pontos de vantagem. Assim como nas outras pesquisas, é preciso levar em consideração os votos válidos, e não a pesquisa estimulada. Ou seja, a liderança leva em consideração apenas os votos nos candidatos, desconsiderando brancos e nulos.

img-20161026-wa0066

Edivaldo tem 55% contra 45% de Eduardo Braide (PMN). Nem a TV Guará, com sua campanha aberta em favor de Braide consegue esconder a liderança de Edivaldo.

A pesquisa Exata/TV Guará ouviu 800 pessoas entre os dias 19 e 21 de outubro e está registrada na Justiça Eleitoral sob o número MA-08089/2016. A margem de erro é de quatro pontos percentuais para mais ou para menos e o grau de confiabilidade é de 95%.

Rejeição 

Braide também já é o mais rejeitado na pesquisa Exata e atinge patamares que impossibilitam o avanço para ser eleito. O candidato do PMN é rejeitado por 41%, enquanto Edivaldo é rejeitado por 35%. Poderiam votar nos dois 19% e 5% não votam em nenhum.

Aprovação do governo Flávio

img-20161026-wa0068

A aprovação do governo Flávio Dino alcance ótimo patamar, de acordo com a Exata. O governo do comunista é aprovado por 62% dos ludovicenses, enquanto 33% não aprovam.

Próximas pesquisas: Econométrica/JP e Exata/TV Guará

pesquisaeleitoralEstão registradas no site da Justiça Eleitoral mais duas pesquisas de institutos grandes para divulgação já nos próximos dias .Para divulgação nesta terça-feira (25), a pesquisa do instituto Econométrica, contratada pelo Jornal Pequeno. Já na quarta-feira (26), será a divulgação da pesquisa Exata da TV Guará.

A pesquisa Econométrica ouviu 1.000 pessoas no dia 20 de outubro. A margem de erro é de 3 pontos percentuais.

A pesquisa Exata foi registrada sob o número MA-08089/2016. Foram ouvidas 800 pessoas entre os dias 19 e 21 de outubro. A margem de erro é de 4 pontos percentuais.

Quatro pesquisas na véspera da eleição

PESQUISAJá foi encerrado desde o dia 25 o prazo para que os institutos registrem pesquisas a serem divulgadas nestas eleições. Ou seja, só ainda teremos as pesquisas que já estão registradas na Justiça Eleitoral. No último dia antes das eleições, teremos o tira-teima entre os principais institutos: Escutec, DataM e Econométrica. Além das três, o Prever também registrou pesquisa. Portanto, no sábado (1º) teremos quatro pesquisas eleitorais para a disputa de São Luís.

É a última oportunidade de demonstrarem quem é bom de cálculo e quem estava tentando enganar o eleitor. As urnas respondem no dia seguinte.

Infelizmente, o Ibope não registrou mais pesquisa e deverá ser desmoralizado com os absurdos números da pesquisa de ontem.

Exata e Prever ainda têm uma pesquisa cada para ser divulgadas nesta sexta-feira (30).

Nova rodada de pesquisas começa nesta sexta-feira (9)

PESQUISAMais uma rodada de pesquisas em São Luís com vários institutos divulgando os números em datas muito próximas. As pesquisas de DataM, Exata e Escutec darão um novo panorama sobre o cenário eleitoral de São Luís.

As divulgações começam nesta sexta-feira (9) com as pesquisas Data M, contratada pela TV Difusora e registrada sob o número MA-03852/2016, que ouviu 1000 eleitores entre os dias 5 e 7 de setembro, e a do instituto Exata, contratada pela TV Guará, registrada sob o número MA-01034/2016 e com 800 entrevistados.

Já no sábado, será divulgada a Escutec, contratada pelo jornal O Estado do Maranhão, registrada com número MA-0724/2016. A pesquisa do EMA ouviu 880 pessoas entre os dias 7 e 9 de setembro.

O fator positivo de ter pesquisas de institutos diferentes é que chamará muita atenção se alguma der uma disparidade muito grande em relação às outras. Assim, o natural é que os números sejam semelhantes já que as pesquisas foram realizadas quase no mesmo período.

Hoje, a grande disputa da eleição em São Luís é pela segunda vaga no segundo turno. Dada a folga na liderança de Edivaldo Holanda Júnior (PDT), a disputa entre Eliziane Gama (PPS) e Wellington do Curso (PP) pelo segundo lugar será o duelo mais interessante nesta reta final.

Pesquisa Exata: Edivaldo e Eliziane rigorosamente empatados

edivaldoelizianeO instituto Exata – único que acertou “na mosca” o resultado da eleição para governador em 2014 – divulgou sua primeira pesquisa de intenção de votos para as eleições municipais de São Luís neste ano, quando passou a ser obrigatório o registro para divulgação. A pesquisa contratada pela TV Guará mostra rigoroso empate entre o prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT) e a deputada Eliziane Gama (PPS) na corrida rumo ao Palácio de La Ravardiére.

No primeiro cenário, Edivaldo e Eliziane dividem a liderança com 23%. Wellington do Curso (PPS) aparece com 18% e Bira do Pindaré (PSB) possui 7%. Rose Sales (PV) aparece com 5%. Eduardo Braide (PMN) tem 3%. Fábio Câmara (PMDB) está com 2% e Bentivi (PHS), 1% ao lado de Zé Luís Lago que também tem 1%. Brancos e nulos somaram somaram 11% e não souberam ou não opinaram 6%.

pesquisaexata1

O rigoroso empate segue em cenário com apenas quatro candidatos. Edivaldo e Eliziane lideram com 25%. Wellington possui 21% e Bira fica com 9%. Brancos e nulos 14% e não souberam ou não opinaram 6%.

Espontânea

O atual prefeito vence com quase o dobro de votos a concorrente na pesquisa espontânea – quando não são apresentados os nomes dos candidatos. Edivaldo lidera com 13%. Eliziane possui 8%. Wellington, 4%. João Castelo, 3% e Bira, 1%. Nenhum, 12% e 57% dos entrevistados não souberam responder quando não foram colocados os nomes dos candidatos.

A pesquisa foi registrada sob o número MA-00024/2016 e ouviu 800 pessoas entre os dias 13 e 16 deste mês. A margem de erro é de 4% com um nível de confiança de 95%.

Pesquisa: Edivaldo empata com Eliziane na estimulada e lidera com folga a espontânea

O Blog do jornalista Jorge Vieira divulgou pesquisa realizada pelo instituto Exata, entre os dias 16 a 18 de dezembro, sobre sucessão municipal de 2016 em São Luís. Os pré-candidatos Edivaldo Holanda Júnior (PDT) e Eliziane Gama (REDE) estão rigorosamente empatados dentro da margem de erro. Eliziane aparece com 26% contra 25% de Edivaldo. João Castelo é o terceiro com 14%.

Na espontânea, segundo o Exata, Edivaldo mantém uma larga margem de vantagem para o segundo colocado e sua administração é aprovada por 57% da população, mesmo percentual concedido à administração do governador Flávio Dino.

Pesquisa estimulada

Pesquisa induzida mostra empate técnico entre Edivaldo e Eliziane

Pesquisa Espontânea

3Sem títuloAvaliação do governo Flávio DinoAprovação do Governador, é semelhante a do Prefeito