Justiça proíbe Fábio Câmara de veicular propaganda que deturpa informação

propagandafabio

Propaganda com fato inverídico é barrada pela Justiça

A Justiça Leitoral proibiu a veiculação de propaganda do candidato Fábio Câmara (PMDB) onde ele dá a entender que o prefeito Edivaldo aumentou seu próprio salário em R$ 25 mil igualando ao salário do prefeito de São Paulo.

A realidade é que o salário neste valor foi fixado em Lei de 2009 e o que está publicado no Diário Oficial apresentado por Câmara na propaganda é somente a confirmando e mantendo o mesmo valor já aplicado. A Justiça reconheceu assim que a afirmação de Câmara de Câmara de que o prefeito teria concedido aumento do próprio salário “constitui fato sabidamente inverídico”.

 

Fábio Câmara detona Wellington: “enganou o Exército e a administração”

Em sabatina na TV Guará nesta segunda-feira (5), o candidato a prefeito de São Luís, Fábio Câmara (PMDB), não titubeou ao ser questionado pelo jornalista Américo Azevedo sobre o fato de um candidato a prefeito não pagar os tributos municipais. Logicamente ele se referia a Wellington do Curso, que se nega a pagar o ISS e o IPTU.

“Uma das instituições que o povo mais acredita é as Forças Armadas. Os últimos são os partidos e os políticos. A eleição se avizinha. Imagina um candidato que enganou o Exército? Deixou de botar o Curso no nome dele para botar no nome da mãe. Enganou o Exército. Um pouquinho mais na frente enganou a administração de São Luís [por se negar a pagar seus impostos], que ele vai administrar. Quem é que ele vai enganar na frente? É você eleitor”, afirmou categoricamente.

Leia também: Wellington sonega mais de R$ 120 mil de IPTU para a cidade de São Luís

Até jornal de Sarney destaca peripécias de Wellington do Curso

O dia de campanha dos candidatos

Edivaldo faz caminhada na Alemanha

Caminhada de Edivaldo na Alemanha (159)O candidato à reeleição a Prefeitura de São Luís, Edivaldo de Holanda Junior (PDT) fez caminhada no bairro da Alemanha. Acompanhando do vice na chapa Júlio Pinheiro, Edivaldo agradeceu o carinho e a atenção com que foi recebido pelos moradores do bairro. “Só tenho a agradecer a demonstração de apoio que muito me incentivam no meu projeto de reeleição. Essa manifestação não foi diferente aqui na Alemanha, onde temos feito muitas ações. Isso demonstra o reconhecimento do nosso trabalho e, se for da vontade de Deus, vamos continuar seguindo em frente”.

Uma multidão pessoas de todas as idades saiu de casa para acompanhar mais uma caminhada “Todos com Edivaldo” pelas ruas do bairro. Edivaldo percorria cada casa, para cumprimentar os moradores e apresentar suas ideias para o segundo mandato.

Eliziane em caminhada da região Central 

elizianecaminhadacentroA candidata da coligação “São Luís de Verdade”, Eliziane Gama (PPS), concedeu entrevistas e realizou caminhada percorrendo os bairros Lira e Madre Deus, na região central da cidade.

“Nós estamos muito felizes com esta receptividade. Isto mostra que nossa campanha é a campanha da vitória. A campanha do povo. Campanha que sente o calor humano, que vai transformar a cidade de São Luís”, afirmou Eliziane, que busca retomar o fôlego após a divulgação da pesquisa Ibope.

Wellington em reunião no Ipem São Cristovão

wwwwO candidato a prefeito da coligação “Por Amor a São Luís”, Wellington do Curso (PP), participou nesta quarta-feira (31), de encontro com amigos e famílias moradoras do Ipem São Cristovão. A reunião foi organizada pelo professor Welbert, aliado do progressista e candidato a vereador pelo seu grupo político.

Ao apresentar suas propostas de governo nos mais diversos setores, Wellington afirmou ser importante que os ludovicenses elejam, em outubro, parlamentares que, de fato, sejam compromissados com a cidade e que queiram trabalhar para retirá-la da situação vista hoje.

Fábio Câmara participa de gincana do Liceu

unnamed (2)O candidato a prefeito de São Luís, Fábio Câmara (PMDB), participou nesta quarta-feira (31), de uma gincana dos estudantes do Liceu Maranhense que visa estimular participação política de jovens eleitores.

A ação não estava na agenda do peemedebista, mas como os competidores precisavam fazer uma selfie com um dos nove candidatos a prefeitos, Fábio acabou virando opção da equipe Blackout que é formada por alunos do 3º ano da unidade de ensino. A prova acabou somando 2 mil pontos para o grupo.

Fábio destacou o protagonismo dos jovens, enfatizando a força que esse segmento, quando mobilizado, detém em suas mãos. O candidato afirmou ainda que o evento contribui para fomentar o protagonismo juvenil em várias instâncias, não só na política partidária.

O desequilíbrio de Wellington e o novo Fábio Câmara

wellingtondocursoSeguindo a série de entrevistas com os candidatos a prefeito de São Luís, o programa Resenha, da TV Difusora, entrevistou neste sábado (27) os candidatos Fábio Câmara (PMDB) e Wellington do Curso (PP). O fato de ter dois entrevistados no mesmo dia foi bom para contrastar a característica.

Há um ano atrás, Fábio era visto como espalhafatoso, sem trato para fazer os questionamentos e raso. Já Wellington, era visto como professor, ponderado, boa praça. O que se viu neste sábado foi uma total inversão de papéis.

Fábio Câmara mostrou evolução, conteúdo e ponderação. Não fugiu das perguntas mais espinhosas como o abandono de Roseana à sua candidatura e a falta de dinheiro para campanha. Defendeu até de forma equilibrada o que considera legado da família Sarney em São Luís. “A questão do partido já foi pacificada. As discussões internas fortalecem o ambiente democrático. E o partido está caminhando para encontrar o êxito nas eleições municipais. […] Se tirarmos o que o PMDB construiu nesta não sobra nada”, afirmou.

fabiocamaraO candidato do PMDB mostrou ter evoluído muito como político para lidar com questionamentos e ter conteúdo para responder inclusive quando é apertado. Já está inclusive sendo chamado de “Fabinho paz e amor”.

Já Wellington, começa a ruir sua imagem de boa praça com seu desequilíbrio com questionamentos de fácil resposta.

O candidato do PP fugiu de todas as perguntas e fez críticas à prefeitura se negando a responder objetivamente às perguntas. Ao ser perguntado por este jornalista porque o Curso Wellington não estava em seu nome, o candidato mostrou irritação com o tema, o que enseja a alguma coisa errada. Atacou o jornalista e aparentemente disse que por ser sargento do exército teve que colocar o Curso em nome de sua mãe e de seu irmão.

Wellington ainda deixou a emissora esbravejando contra o jornalista e afirmando que não participaria do debate da Difusora. Parece que esperava uma desculpa. Não deve participar não por causa do veículo, mas porque se não tem equilíbrio para responder um simples questionamento de um jornalista, como vai enfrentar a fúria dos adversários, que irão lhe pressionar de forma muito mais forte e incisiva?

Política maranhense em notas

Convenção de Luís Fernando

Luis FernandoO pré-candidato a prefeito de Ribamar, Luís Fernando Silva (PSDB) realiza a convenção que homologará sua candidatura nesta sexta-feira (5), a partir das 15h. A coligação de Luís Fernando reuniu 19 partidos (PSDB, PTB, PRTB, PV, DEM, PSDC, PHS, PSD, PTC, PSC, PRB, PSL, PMB, PMN, PROS, SD, PCdoB e PEN). Luís Fernando tem amplo favoritismo no município.

Marcos Braide deixa PGM

marcosbraideO advogado Marcos Braide deixou nesta quinta-feira (4) a Procuradoria Geral do Município de São Luís, passando o bastão para o adjunto da pasta. Braide se notabilizou por conquistar várias vitórias jurídicas para o município, principalmente em ações propostas pelo vereador Fábio Câmara. Ele agora irá assumir o comando jurídico da campanha do prefeito Edivaldo.

Fábio Câmara oficializado

fabioQuem realizou convenção nesta quinta foi o vereador Fábio Câmara. A convenção foi no auditório Fernando Falcão, na Assembleia Legislativa. Câmara mobilizou muito. Eram mais de 10 ônibus na frente da Assembleia. Porém, cometeu o mesmo equívoco da convenção de Edivaldo, deixando para chegar muito tarde no local. Mas o impacto negativo foi maior para o peemedebista. A mesa solene estava vazia enquanto vários candidatos a vereador falavam. Muitos vereadores reclamando de falarem sem o candidato. O deputado federal Hildo Rocha foi o único político de mandato do partido que compareceu ao ato.

Como confiar em Trinchão e CIA?

claudiotrinchaoNão foi por falta de aviso que um partido comandado por Cláudio Trinchão não era confiável. O prefeito Edivaldo deu todas as condições ao PSD e o partido de Trinchão saiu na última hora depois de aproveitar bem o poder municipal e anunciou aliança com o PP. O ex-secretário de Roseana foi acionado por renúncias fiscais irregulares representaram uma perda de R$ 410.500.053,78 aos cofres do Estado do Maranhão. Este Blog alertou sobre o tipo de aliado que era PSD.

Alexandre longe do povo

alexandretrinchaoPor falar em Trinchão e a turma do PSD, o candidato a prefeito de Timon, Alexandre Almeida (PSD), não gosta muito de se misturar com o povo. Logo após a convenção que homologou sua candidatura em Timon, na nite do último domingo (31), ele abandonou a cidade e o Maranhão e foi comemorar no mais chique restaurante de Teresina ao lado de Cláudio Trinchão. Imagina quando não precisar mais dos votos dos timonenses.

 

Fábio Câmara terá teste se fator pesquisa animou militância peemedebista

camara-pmdb-1A convenção do PMDB será realizada nesta quinta-feira (4) no auditório Fernando Falcão, na Assembleia Legislativa. Será o grande teste de Fábio Câmara, que deverá ser aclamado como candidato a prefeito de São Luís, se terá algum apoio da militância seu partido.

Para forçar alguma empolgação, Câmara inventou a pesquisa do instituto Coronato (registro nº MA-09781/2016), de Goiás, que não realizou mais nenhum levantamento além deste em todo país, para colocá-lo em patamar competitivo. Vale lembrar que em nenhuma pesquisa feita desde que passou a ser necessário o registro, Câmara apareceu com mais de 5% de intenções de voto. Nas últimas, então, sempre figurava em torno de 2 a 3%. Até que apareceu na mais bizarra pesquisa até o momento com 13%.

Com a pesquisa, Câmara espera alguma animação em torno de sua pré-candidatura. vale lembrar que a Juventude do PMDB é toda ligada ao deputado Roberto Costa, desafeto de Câmara, mas que acertou uma trégua pelos interesses convergentes de momento.

Fábio já teve sérios atritos com a militância peemedebista. Chegou a expulsar a Juventude da sede do partido (relembre), e foi acusado agressão pela assessora de Roberto.

Nesta quinta, Fábio colocará em teste seu momento paz e amor com os aliados de Roberto e o impacto da esdrúxula pesquisa.

Cada vez menos peemedebistas querem Fábio Câmara candidato

Fábio Câmara luta para segurar pré-candidatura com João Alberto: missão cada dia mais difícil

Fábio Câmara luta para segurar pré-candidatura com João Alberto: missão cada dia mais difícil

O vereador Fábio Câmara (PMDB) perde força a cada dia na luta para ser candidato a prefeito de São Luís. A mais forte apoiadora do projeto Fábio Câmara já deu para trás e fala abertamente na desistência. Roseana Sarney quer Fábio como vice na chapa de Wellington do Curso (PP).

Câmara viu seu projeto definhar ao não conseguir subir nas pesquisas de intenção de voto. O vereador tem é caído desde que lançou sua pré-candidatura. O suplente de Senador Edinho Lobão já havia defendido a retirada da pré-candidatura em junho, ao afirmar que Câmara “não tem a menor condição eleitoral”.

A deputada Andrea Murad mandou um recado velado ao reclamar por não ter sido escolhida como pré-candidata e reclamar do nível de todos os pré-candidatos. O que o inclui o pré-candidato do PMDB, Fábio Câmara. É público que o outro deputado estadual do PMDB, Roberto Costa, também faz força contra a candidatura de Fábio.

A única forte liderança peemedebista que ainda sustenta Fábio como pré-candidato é o senador João Alberto. Sustenta mais para ficar com o controle da situação e mostrar que é ele quem manda no partido. Mas demonstra a cada dia que não tem lá grandes convicções de que o melhor caminho dos peemedebistas seria esta candidatura.

É preciso reconhecer que mesmo isolado, Fábio faz um esforço hercúlio (como ele mesmo gosta de dizer) para se manter no jogo. Não deve resistir, mas vende dificuldade para ganhar uma boa compensação no jogo.

Fábio Câmara e Rose Sales tentam últimas cartadas para buscar competitividade

fabioroseOs pré-candidatos a prefeito de São Luís Fábio Câmara (PMDB) e Rose Sales (PMB) não têm tido bons resultados nas pesquisas de intenção de voto. E começaram a reagir para dar ar de que mantêm a competitividade na corrida eleitoral. Na última pesquisa divulgada, do Instituto Exata, Rose aparece com 5% e Fábio com 2%.

Fábio promoveu evento na Macaúba no final de semana junto com o senador João Alberto para que o presidente estadual da legenda reafirmasse que o vereador é pré-candidato à prefeitura. E conseguiu. “Nosso prefeito, eu espero que seja Fábio Câmara. Espero que vocês me sigam, para que o Fábio seja o próximo prefeito de São Luís”.

Para continuar tendo algum poder de negociação no jogo sucessório, Câmara diz que os números das pesquisas divulgadas não refletem a realidade e possuiu números maiores nas pesquisas internas. Tenta suas últimas cartadas para se manter no jogo.

Rose Sales também só caiu nas pesquisas desde que se lançou pré-candidata a prefeita, ainda no PP. O troca-troca de partidos foi um dos fatores que deixou a classe política e o eleitorado com um pé atrás sobre a vereadora. Quando vazaram informações de que ela poderia estar trabalhando para ser candidata a vice na chapa de Wellington do Curso (PP), Rose tratou de desmentir de imediato e reforçar que segue pré-candidata. “Eu não sou pré-candidata para ser vice. Eu poderia muito bem permanecer na minha comunidade e garantir a reeleição para a Câmara Municipal, mas não é esse o meu objetivo”, disse a O Estado do Maranhão.

Rose articulou e passou toda a manhã desta segunda-feira (20) discursando em uma manifestação de um grupo de servidores municipais de São Luís. Tenta recuperar fôlego na disputa.

Política maranhense em notas

Maranhão melhora nota da transparência

rankingtransparenciampFoi divulgado o ranking da transparência da Câmara de Combate à Corrupção e avaliou portais de 5.567 municípios, 26 estados e o Distrito Federal. O Maranhão ocupa a 15ª posição. O Estado melhorou sua nota de 7,70 para 8,50, embora tenha caído posições dentro do ranking. Isto porque outros estados também tiveram melhora significativa. A evolução desde o início do governo Flávio é muito grande. (Clique na imagem para ampliar)

Hospital de Santa Inês

hospitalsantainesO prefeito de Santa Inês reclamou como se o problema fosse só com o hospital da cidade por alguma questão política. Os hospitais de Bacabal, Santa Inês e Imperatriz estão entrando em fase final. Chapadinha também. Balsas, está com problema maior porque ainda está com grave pendência jurídica. O governador Flávio Dino se manifestou no Twitter sobre o atraso das obras dos hospitais, que vem sendo motivo de reclamação do Clã Sarney. “Infelizmente, recebemos obras em total desorganização, com pendências de vários tipos, além de algumas com graves indícios de ilegalidades. Esse pessoal que sempre andou com sérios problemas na polícia e na Justiça nos deixou essas heranças. Mas estamos resolvendo, graças a Deus”.

Nada de falar sobre Sarney

camarasarneyO titular do Blog questionou o vereador Fábio Câmara sobre o impacto que o pedido de prisão do ex-presidente José Sarney teria em sua campanha, uma vez que ele é agora, oficialmente, o único pré-candidato do grupo Sarney em São Luís. Câmara disse que não comentaria o caso. “Se for para falar sobre São Luís, estamos prontos para discutir”, resumiu.

Astro mostra lealdade

Astro de Ogum no debate sobre reforma polÃ-tica.O presidente da Câmara Municipal, Astro de Ogum (PR), mostrou lealdade mesmo com quem está fora do poder no parlamento. Durante a posse de Carioca (PHS), Astro enalteceu o trabalho de Beto Castro (PROS) no parlamento e agradeceu por suas proposições. Foi um gesto de lealdade que reforça o espírito de grupo com os pares. Afinal, Beto foi um dos eleitores de Ogum a presidente e fazia parte da Mesa Diretora e do grupo de Astro.

Joaquim como vice

joaquimelizianeO nome do vereador José Joaquim (PSDB) cresceu nos últimos dias como provável vice na chapa da pré-candidata a prefeita Eliziane Gama (PPS). Os vereadores do partido impuseram o nome. Assim, tiram uma concorrência pelas vagas e Joaquim fica abrigado, já que não teria uma eleição nada fácil. Em 2012, Joaquim se elegeu na sobra por 9 votos. O companheiro de chapa poderia agregar algum prestígio que possui junto à igreja católica e a imagem de experiência para contrapor a inexperiência de Eliziane.

Arraial da Assembleia

Tudo preparado para o arraial 2016 da Assembleia Legislativa, que acontece dia 17 de junho, a partir das 19h, no Iate Clube, com as melhores atrações juninas do Maranhão. Grupos tradicionais como Boi de Morros, Boi Brilho da Ilha, Boi de Maracanã e Cacuriá de Dona Teté serão as estrelas da grande noite. Além das apresentações, o público contará, ainda, com um delicioso buffet de comidas típicas, característico do festejo junino.

Fábio Câmara não quer mais conversa com João Castelo

Depois de articular por meses com Castelo, Câmara se sente traído pelo ex-prefeito

Depois de articular por meses com Castelo, Câmara se sente traído pelo ex-prefeito

Não convidem o vereador Fábio Câmara (PMDB) e o deputado federal João Castelo (PSDB) para a mesma mesa. Muito menos a suplente de deputada estadual Gardeninha Castelo (PSDB). Não é só o secretário Neto Evangelista que está magoado com o ex-prefeito pelo apoio à deputada federal Eliziane Gama (PPS). A família Castelo quebrou acordo com mais gente do que se imaginava.

Fábio Câmara está furioso com Castelo. Ele também tinha um acordo com o ex-prefeito e negociava para ser candidato a vice-prefeito na chapa de Castelo. Claro que para tal, ainda precisava convencer o PMDB, se a candidatura se mostrasse de fato competitiva. Agora, levou uma rasteira de Castelo e ficou em situação complicada.

Gardeninha estava à frente das negociações com Câmara e outros peemedebistas em nome do pai. Depois do acordo com Eliziane fechado, ela ainda tentou se justificar e incluí-lo no projeto, mas Câmara nem atendeu mais o telefone. Ela mandou mensagens, mas o vereador afirma aos mais próximos que não quer mais papo com os Castelo.

A expectativa é que Fábio desista da pré-candidatura a prefeito e corra para recuperar bases e reestruturar sua candidatura à reeleição de vereador.