Política maranhense em notas

Principais candidaturas sem vices

candidatosAs convenções batem as portas e os principais pré-candidatos a prefeito ainda não fecharam questão sobre o vice. Eliziane Gama cedeu a vaga ao PSDB, mas o partido ainda não fechou questão sobre o nome. O vice do prefeito Edivaldo está entre PT e PSB, e a definição deve ser mesmo na véspera da convenção. A situação de Wellington do Curso é pior. Sem conseguir atrair legendas ao seu projeto, deve ir com chapa pura, mas sem nomes de expressividades para seu projeto.

Sem reciprocidade do PSB

fufucaildonrochaJá ciente de que o PSB estaria fechando questão com Edivaldo, o presidente estadual do PP, André Fufuca, disse em entrevista ao programa Resenha, da TV Difusora, que não acertou sua licença e o apoio do PP a Ildon Marques em Imperatriz para ter o partido na coligação de Wellington em São Luís e nem esperava este apoio. Mas Fufuquinha ainda se mostrou confiante que na última hora, Wellington pudesse atrair forças políticas para sua candidatura. Parece que não vai. Ele afirmou também não acreditar que Roberto Rocha seria candidato a governador em 2018.

Coordenação de campanhas

O jornalista e publicitário Zeca Pinheiro irá coordenar campanhas eleitorais em importantes cidades do Estado. Experiente com marketing eleitoral em vitoriosas campanhas no Estado, Pinheiro irá trabalhar nas campanhas de Rosângela Curado (Imperatriz), do pré-candidato à reeleição Juscelino Oliveira (Açailândia) e do também pré-candidato à reeleição, Luciano Leitoa (Timon).

Gutemberg arregaça as mangas

gutembergprafrentemaO advogado Gutemberg Braga Júnior (PCdoB) lançou sua pré-candidatura a vereador e a foto de lançamento chamou atenção pela semelhança com a imagem de campanha do candidato derrotado ao governo, Edinho Lobão (PMDB). Para contrapor a gafe, o gesto foi comparado também com o do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama. O episódio serviu para tornar Gutemberg bem mais conhecido e divertiu com os memes nas redes sociais.

Apoio de Flávio a Rosângela

O governador Flávio Dino ligou para a pré-candidata à prefeitura de Imperatriz, Rosângela Curado (PDT), para se solidarizar com a odontóloga por conta da campanha difamatória que vem sendo feita através das redes sociais por um vídeo em que ela estaria embriagada ao volante. Claro que não significa apoio à situação de possível embriaguez ao volante, mas ao fato de estar tendo a imagem denegrida. Afinal, até Aécio Neves foi perdoado por erro semelhante por 51.041.155 de brasileiros.

E o vazamento?

Já pensou se qualquer um de nós fosse exposto a situação vexatória por um agente público em uma abordagem? Uma coisa é se algum pedestre ou alguém da imprensa flagra a situação e filma. Outra é o agente aproveitar do seu cargo para filmar e expor sabe-se lá a troco de quê. O núcleo de segurança pública está averiguando com os policiais que fizeram a abordagem o porquê da filmagem e do vazamento. Já se sabe que o policial fez o vídeo chegar ao pré-candidato a prefeito Ildon Marques que fez com que ele chegasse a um blogueiro. Mas o policial também fez o vídeo tomar outros caminhos para chegar a outro blogueiro.

Política maranhense em notas

PSDB já não esconde aliança

brandaoelizianeO PSDB já não esconde a aliança com a deputada federal Eliziane Gama. O vice-governador Carlos Brandão e presidente estadual do PSDB esteve em Brasília ao lado da deputada Eliziane. O acordo está fechado e os tucanos indicarão o vice na chapa de Eliziane, que deve ser o suplente de senador, Pinto Itamaraty. O anúncio oficial deverá ser na próxima semana. Castelo também está fechado com a popular-socialista. Já Neto Evangelista, deverá sofrer a rasteira do partido.

Brandão como ponte

carlosbrandaoPor falar em Brandão, além do próprio governador Flávio Dino, que já mostrou que terá diálogo com o novo governo, o vice-governador também demonstrou fundamental importância como interlocutor com os ministros tucanos. Esta semana o presidente do PSDB-MA esteve com o senador Aécio Neves, presidente nacional da sigla, e em visita de cortesia aos ministros tucanos José Serra e Bruno Araújo para ampliar e fortalecer esse debate. Segundo ele, irão colaborar muito com o governo dinista.

O “Papi” de Fufuquinha

fufuquinhaepapiO deputado federal Júlio Delgado (PSB-MG) durante sessão do Conselho de Ética nesta quinta-feira (19) revelou como o deputado maranhense André Fufuca (PP-MA) chama o presidente afastado da Câmara, Eduardo Cunha. Fufuquinha chama o presidente afastado de “papi” nos corredores do parlamento. O presidente do PP maranhense ficou uma fera com a revelação.e disse que Delgado é “um verdadeiro moleque” e “um exemplo de que até os canalhas envelhecem”. Ele retrucou afirmando que Fufuca não tem autoridade, nem representatividade para fazer essas acusações.

Greve não é por melhorias

educaçãoNão é por melhorias a categoria que o Sindicato exige a greve dos professores de São Luís. Afinal, dificuldades existem, mas melhorias já foram realizadas pela gestão Edivaldo Holanda Júnior aos professores. Ao longo da gestão Edivaldo, o aumento salarial oferecido aos professores já soma 28,43%. Também foram implantados mais de 11 mil direitos estatutários para a categoria – o maior programa de implantação de direitos na história do estatuto do magistério.

Intransigência e política

Ao que tudo indica, é intransigente a atitude do Sindicato dos Professores de São Luís em deflagrar uma greve em plena crise financeira. Dos 11,36% exigidos de aumento, a Prefeitura já garantiu 10,7% em contrapartida. Uma eventual greve de professores nesse contexto seria motivada mais pela disputa interna e política entre os dois grupos do que pelo efetivo interesse em garantir direitos e bons salários aos professores.

Manutenção de políticas sociais

SUAS 2O deputado Weverton Rocha (PDT-MA) entrou na briga pela manutenção de políticas sociais no governo Temer. O líder da bancada do PDT recebeu representantes do Fonseas, Congemas, CNAs e Funasuas, órgãos que integram o sistema de Assistência Social do país. Em pauta, a grande preocupação com o iminente desmonte do Sistema Único de Assistência Social (Suas) que o governo interino de Michel Temer avalia realizar seguindo o discurso do Estado Mínimo. “O discurso do Estado Mínimo e de enxugar a máquina, não pode colocar de lado a visão social que incluiu milhões de brasileiros”, afirmou.

Chaguinhas irá apoiar candidatura de Wellington do Curso

fufuquinhachaguinhas

Depois de anunciar que sairia do PP em caso de filiação de Wellington do Curso e pouco depois anunciar que mesmo permanecendo no PP iria fazer campanha para a pré-candidata Eliziane Gama (PPS), o vereador Francisco Chaguinhas (PP) “deu o braço a torcer” e irá mesmo com Wellington.

Pelo mesmo foi o que garantiu o presidente estadual do PP, André Fufuca, em uma rede social. Fufuquinha recebeu o vereador e cravou que Chaguinhas estava afinado com a pré-candidatura da legenda. “Recebendo o Vereador de São luis, Chaghinha (sic). O mesmo, declarou caminhar junto com o Partido, na candidatura a Prefeito, de Wellington em São Luís”, escreveu.

É mais uma baixa para a pré-candidata Eliziane Gama (PPS) que contava com o apoio de três vereadores de mandato na campanha. Caso Manoel Rêgo (que também é do PP) tome o mesmo posicionamento de Chaguinhas, Eliziane ficará sem nenhum.