Atenção Concurseiros: Inscrições para o concurso da Emserh terminam nesta terça-feira (09/01)

Inscrições para o concurso da Emserh terminam nesta terça-feira (9). (Foto: Divulgação)

Inscrições para o concurso da Emserh terminam nesta terça-feira (9). (Foto: Divulgação)

As inscrições para o concurso público da Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares (Emserh), que oferece mil vagas para a rede de saúde nas áreas médica, assistencial e administrativa, terminam nesta terça-feira (9). Os formulários de inscrição poderão ser preenchidos até as 23h59 (horário oficial de Brasília), no site do Instituto AOCP (www.institutoaocp.org.br), organizadora do concurso. Os salários variam de R$ 1.000 até R$ 7.425,31.

“Essas vagas vão fortalecer a rede estadual de saúde. A gestão do governador Flávio Dino assumiu um compromisso com a população de levar a saúde a sério e tem cumprido suas promessas. Além do concurso, entregou seis hospitais regionais, o Hospital de Traumatologia e Ortopedia, casas de apoio e muito mais”, destaca o secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula.

Saiba mais:

Inscrição

O candidato deverá selecionar no formulário de solicitação de inscrição a cidade em que deseja realizar a prova objetiva. Segundo o edital, não será admitida ao candidato a alteração da cidade escolhida para realização da prova objetiva após efetivação da inscrição. A taxa é de R$ 80 para nível médio e técnico e R$ 120 para nível superior. O prazo para o pagamento do boleto é até quarta-feira (10), às 23h59 (horário oficial de Brasília).

São 60 vagas na área médica em diferentes especialidades, 630 vagas para as funções de enfermeiro e de técnico de enfermagem, além de 310 vagas distribuídas para os cargos de biomédico, bioquímico, farmacêutico, fisioterapeuta, fonoaudiólogo, nutricionista, odontólogo, psicólogo, terapeuta ocupacional, técnico em saúde bucal, advogado, analista administrativo, jornalista e assistente administrativo.

Provas

O local, a sala e o horário de realização das provas serão disponibilizados no endereço eletrônico do Instituto AOCP, a partir de 19 de janeiro.

As provas objetivas para todos os cargos serão realizadas no dia 18 de fevereiro de 2018. Contudo, é preciso prestar atenção para o horário de realização da prova. Pela manhã, serão aplicadas as provas para os cargos assistenciais e administrativos. Já os cargos de assistente administrativo e da área médica, as avaliações serão realizadas à tarde.

A aplicação da prova será realizada nas cidades de Balsas, Barra do Corda, Caxias, Codó, Imperatriz, Itapecuru, Pinheiro, Presidente Dutra, Rosário, Santa Inês, São João dos Patos, Timon, Zé Doca e São Luís. Em caso de indisponibilidade de locais adequados ou suficientes na localidade de realização das provas, estas poderão ser realizadas em localidades próximas.  As demais etapas presenciais do concurso público serão realizadas na cidade de São Luís.

Links para inscrições e editais:

O vídeo mapping e o Palácio do povo do Maranhão

Amanhã, o governo do Estado encerrará a temporada de exibição de vídeos em superfícies de concreto (vídeo mapping), que faz parte da programação do ‘Natal de Todos’. Durante vários dias, o Palácio dos Leões recebeu milhares de maranhenses e turistas que, entre aplausos, euforia e assobios, elogiaram a beleza e grandeza da transformação daquele espaço público em uma obra de arte digital.

O sucesso do vídeo mapping do Palácio dos Leões tem um simbolismo que vai muito além do fomento do turismo e do comércio na região central de São Luís. A ação, em seu segundo ano, consolida espaços que outrora pertenciam apenas como símbolo de poder, como locais que agora são de todos.

Restrito a poucas famílias no passado e palco de festas e ostentações nababescas às custas do dinheiro público, o Palácio dos Leões era cercado por grades, que impediam a presença da população. Durante muito tempo de domínio oligárquico, o local era vigiado 24h por centenas de policiais devido às inúmeras greves e protestos que nas cercanias se instalavam.

Essa antiga realidade – como milhares de outras – mudou no Maranhão. Hoje, o Palácio dos Leões é o ponto turístico mais visitado do estado. Onde antes só entrava quem fazia parte de algumas castas, a classe dominante agora é o povo maranhense.

Como prometido pelo governador Flávio Dino, os leões do Palácio pararam de rugir para o povo e não mais se alimentam de dinheiro público. Hoje, eles se sustentam de esperança, amor e união demonstrados durante todo o período de exibição do vídeo mapping.

Queridos Leões, bem vindos à democracia!

Habitação: Residencial Parque Independência recebe inscrições de mais de 8 mil servidores

Residencial Parque Independência. (Foto: Divulgação)

Maior programa de financiamento habitacional para servidores públicos das últimas décadas no Maranhão, o Residencial Parque Independência, recebeu 8.632 inscrições de interessados em adquirir um dos 2.048 apartamentos do empreendimento, localizado no bairro São Cristóvão, em São Luís.

Com a conclusão dessa primeira fase, a Secretaria de Estado das Cidades e Desenvolvimento Urbano (Secid) iniciará a análise cadastral dos inscritos junto à Caixa Econômica Federal, parceira na realização do financiamento.

Logo após a análise preliminar das inscrições, os cadastrados serão chamados para atendimento presencial e encaminhamento do processo de verificação dos critérios para financiamento dos imóveis, de acordo com as regras do Sistema Financeiro de Habitação.

Servidores serão escolhidos por meio de sorteio eletrônico, segundo a titular da Secid, Flávia Alexandrina. (Foto: Orcenil Júnior)

Servidores serão escolhidos por meio de sorteio eletrônico, segundo a titular da Secid, Flávia Alexandrina. (Foto: Orcenil Júnior)

“Após o cadastro, que foi feito exclusivamente por meio do site, não havendo restrições cadastrais, será realizado um sorteio eletrônico com o objetivo de definir a ordem de atendimento dos servidores”, explica a titular da Secid, Flávia Alexandrina.

“Após essa definição, o proponente receberá comunicação para que compareça à Secid, onde daremos continuidade ao processo de financiamento do imóvel”, completa a secretária.

Governo do Maranhão e Caixa Econômica Federal investem R$ 255 milhões no projeto. As obras estão previstas para começar no início de fevereiro de 2018.

Próximo a grandes avenidas, aeroporto, escolas e universidade, Corpo de Bombeiros e polícia, o Residencial Parque Independência terá oito condomínios: cinco com imóveis de dois quartos e três com apartamentos de três quartos.

Os oito condomínios do Residencial Independência terão, cada um, 256 apartamentos com áreas independentes, compostas por piscina, quadra poliesportiva e área de lazer coberta. Para garantir ainda mais conforto e tranquilidade, serão plantadas duas árvores nativas ou frutíferas por apartamento.

Levantamento do portal G1 aponta Flávio Dino como o governador que mais cumpriu as promessas de campanha

Um levantamento do portal G1 com todos os Estados brasileiros mostra que Flávio Dino é o governador que mais cumpre compromissos de campanha em todo o Brasil. A pesquisa também constata avanço ano a ano durante a gestão de Flávio.

Segundo o G1, que pertence ao Grupo Globo, Flávio Dino já cumpriu integralmente ou está cumprindo 92% dos compromissos assumidos durante a campanha eleitoral de 2014. É o maior porcentual entre todos os 27 governadores avaliados.

Ao fim do primeiro ano de governo, em 2015, Flávio havia cumprido integralmente 12 compromissos; e dez estavam em andamento. Em 2016, tinham sido 15 cumpridos integralmente e 14 em andamento.

Agora, ao fim de 2017, são 22 cumpridos integralmente e 12 em andamento. Do total de 37 compromissos, portanto, o governador do Maranhão já cumpriu ou está cumprindo 34, de acordo com o levantamento do G1. Isso significa 92% dos compromissos honrados em três anos.

Entre eles, está implementar o Bolsa Escola, aumentar a rede de ensino em tempo integral, reformar e recuperar as escolas do Estado, aumentar o número de médicos no Maranhão, aumentar o número de policiais e criar a Secretaria de Transparência e Controle.

Os 92% atingidos por Flávio são bem acima da média nacional, de 60%, ainda de acordo com o G1.

Os Estados que mais se aproximam do Maranhão são Rondônia (85%), Goiás (82%), Ceará (80%) e São Paulo (75%)

Veja aqui a pesquisa do G1: https://g1.globo.com/politica/noticia/promessas-dos-politicos-em-3-anos-de-mandato-governadores-cumpriram-32-dos-compromissos-de-campanha.ghtml

Governo Dino cortou pela metade gastos com transporte aéreo

O governo Flávio Dino já economizou R$13,5 milhões com fretamento de aeronave desde 2015. O valor representa uma redução de 64% em relação ao contrato do governo anterior. Conforme dados publicados no Portal Transparência, em apenas 23 meses, entre início de 2013 e final de 2014, a gestão passada pagou R$ 25,2 milhões à PMR Táxi Aéreo. Já a gestão atual pagou menos e em um período maior pelo mesmo serviço. Ao longo de 31 meses, a contar de fevereiro de 2015, o governo atual desembolsou R$ 13.519.574,30.

“Diferente das gestões anteriores, o governo do Estado tem apenas um contrato com a empresa de táxi aéreo, cujas aeronaves devem atender à Casa Civil e demais secretarias. Estamos trabalhando de forma transparente para gerar economia aos cofres públicos”, afirma o secretário de Governo, Antonio Nunes.

Histórico

Em 2013, o governo do estado firmou contrato com a PMR, com pagamento mínimo, segundo a licitação, de R$ 680 mil mensais. Ou seja, mesmo que não usasse a aeronave para nenhum voo naquele mês, o Governo do Estado pagava por seu uso.

Se esse mesmo valor fosse pago hoje, com a correção do Índice Geral de Preços do Mercado (IGPM), esse montante subiria para R$ 855 mil e o valor total do contrato, R$ 7,4 milhões, com a correção do mesmo índice, subiria para R$ 9,4 milhões.

A mesma empresa mantinha ainda outros dois contratos: um com a Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema), no valor mensal de R$ 385 mil, e outro com a Secretaria de Estado da Saúde (SES), de R$ 495 mil (sem correção). Se for atualizado pelo IGPM, o valor global anual que foi pago pelos serviços prestados à SES subiria para R$ 6,2 milhões por mês.

O governo realizou uma nova licitação em julho de 2017 e a Heringer Táxi Aéreo apresentou mais uma vez os menores preços. Nesta última contratação, os valores ficaram ainda mais baixos e o estado irá economizar 5% em relação ao contrato que terminou em junho deste ano. O valor do contrato anual, que tem vigência de 12 meses, para oferecer os mesmos serviços passou de R$ 11, 7 milhões para R$ 9,9 milhões.

Grande pacote de obras para São Luís será anunciado esta semana

Durante a entrega da escola municipal Maria José Vaz dos Santos, no bairro João de Deus, o secretário de Comunicação e Assuntos Políticos, Márcio Jerry, disse que será anunciado um grande pacote de obras para a Ilha de São Luís durante esta semana.  evento foi marcado pelos discursos do reforço da parceria

As obras serão relacionadas à infraestrutura de São Luís, São José de Ribamar, Paço do Lumiar e Raposa, com drenagem, pavimentação, calçamento.

Márcio falou do problema para avançar neste tipo de serviço durante o rigoroso período chuvoso. “As ações vão continuar. Existe uma sintonia muito grande política e administrativa entre o governador Flávio Dino e o prefeito Edivaldo Holanda Júnior. Tivemos o primeiro semestre marcado por muita chuva, o que deteriora a malha rodoviária da cidade. Agora, um processo intenso de recuperação. Vamos anunciar na próxima semana um conjunto de intervenções integradas, com as prefeituras de São Luís, Paço, Raposa e São José de Ribamar. Uma intervenção forte com estas prefeituras na região metropolitana de São Luís”, afirmou.

“Prefeito Edivaldo e governador Flávio Dino têm caminhado juntos e muitas ações foram desenvolvidas desde que o governador assumiu. A parceria deu certo. As chuvas estão cessando e várias ações virão no segundo semestre”.

Escolas recuperadas com salas climatizadas

A entrega de escolas com salas climatizadas tem sido um diferencial das reformas no governo Edivaldo. A entrega da escola Maria José Vaz foi um divisor de águas para a educação da comunidade João de Deus e adjacências. A última reforma da escola foi há 20 anos. Agora, as crianças estavam tendo aulas em um local alugado enquanto era feita a reforma que inclui 11 salas com ar condicionado, refeitório com passarela, quadra de areia e renovação do sistema elétrico.

Ainda este mês serão sete escolas municipais neste padrão.

Governo intensifica campanha de vacinação contra a gripe na região metropolitana

Com objetivo de fortalecer a campanha de vacinação contra a gripe na região metropolitana do estado, o Governo do Maranhão intensificou a imunização em escolas dos municípios de Paço do Lumiar e Raposa. Na manhã desta quinta-feira (1°), equipe da Secretaria de Estado da Saúde (SES) esteve nos municípios para incentivar a vacinação, especialmente dos professores e dos cidadãos dos grupos prioritários. Durante a ação, 600 doses foram disponibilizadas para vacinação de docentes, estudantes e moradores da comunidade.

O secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, acompanhou a ação ao lado dos gestores municipais. “Aproveitamos que a campanha de vacinação contra a Influenza foi prorrogada até o dia 9 de junho para intensificar a atividade, incentivando as equipes municipais e orientando a população para a importância da imunização. Ao final da campanha, desejamos que o Maranhão esteja entre os dez estados com maior índice de vacinação no país. Para isso, contamos com a participação dos municípios e a conscientização da população”, destacou.

Os prefeitos de Raposa, Talita Laci, e de Paço do Lumiar, Domingos Dutra, abraçaram a campanha e aproveitaram para se vacinar. “Ao lado do Governo do Estado, estamos intensificando essa campanha e nossas escolas estão de portas abertas. Estamos trabalhando juntos e a população só tem a ganhar com essa parceria”, disse Talita. “É melhor prevenir do que remediar. Paço também está envolvido com a campanha para evitar essa doença que pode provocar, inclusive, a morte”, disse Domingos Dutra.

A vacina é considerada uma das medidas mais eficazes de prevenção da doença, inclusive para evitar casos mais graves de gripe. Segundo o Ministério da Saúde, a imunização é recomendada especialmente ao grupo prioritário que inclui idosos com 60 anos ou mais, crianças de 2 a 5 anos, trabalhadores da área da saúde, indígenas, gestantes e puérperas, população privada de liberdade, funcionários do sistema prisional e pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis, além dos professores.

Para a professora de Língua Portuguesa da Unidade Integrada Sarney Filho, em Raposa, Josenilde da Silva, de 55 anos, a vacinação é condição importante para uma vida saudável. “Estamos entre os cidadãos que mais precisam se vacinar, pois trabalhamos com as crianças e a vacina evita a doença. É muito ruim também a gente prejudicar o trabalho por conta de doença. Se a gente puder evitar é bom”, disse a docente.

A ação de imunização alcançou também membros da comunidade. A aposentada Maria José Moraes, de 74 anos, aproveitou a oportunidade. “Foi muito bom ter vindo me vacinar. Moro aqui perto da escola, soube da vacinação e vim porque ainda não tinha me vacinado. Gostei bastante de ter tido essa oportunidade”, contou a moradora da Raposa.

A vacinação pode reduzir entre 32% e 45% o número de hospitalizações por pneumonias e de 39% a 75% a mortalidade por complicações da doença. “O objetivo dessa nossa visita é, também, incentivar a população a buscar o posto de saúde para se vacinar. Muita gente precisa ser ainda imunizada, especialmente cidadãos do grupo prioritário. Por isso, pedimos aqui a colaboração de todos”, destacou a chefe do Departamento de Imunização da SES, Helena Almeida.

Pedro Lucas e Pastor Porto assumem cargos no governo

O presidente da Agência Executiva Metropolitana, Pedro Lucas Fernandes, e o secretário de Estado Extraordinário de Relações Institucionais, Luis Carlos Porto, tomaram posse, na tarde desta quinta-feira (2), no Palácio Henrique de La Rocque (Calhau). Além do governador Flávio Dino, participaram da solenidade, secretários estaduais, prefeitos, deputados, vereadores, dentre outras autoridades.

Na ocasião, Flávio Dino destacou as qualidades dos gestores escolhidos para assumir os novos cargos. “O melhor modelo de matar uma ideia é executá-la mal. Ideais extraordinárias, malfeitas, se transformam em um problema. O Pedro Lucas tem alguns atrativos que me levaram a formular esse convite. Ele supera a dicotomia falsa entre o político e o técnico”, disse o governador, destacando a experiência do jovem político como vereador.

“O Pastor Porto é um homem sábio e sintetizou em uma única frase a proposta principal da Secretaria: construir pontes. Não são obras que andem muito em moda, pois vivemos uma era dos políticos que gostam de construir muros, para isolar as pessoas. Nós temos que construir pontes, é a grande missão da política: interligar”, destacou Flávio Dino.

Compareceram à solenidade, o prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior; o secretário da Casa Civil, Marcelo Tavares; o procurador de Justiça, Luiz Gonzaga; o prefeito de Tuntum e presidente da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (Famem), Cleomar Tema; o deputado federal Waldir Maranhão; o deputado federal Pedro Fernandes; o deputado estadual Bira do Pindaré; a deputada estadual Ana do Gás; e o vereador Osmar Filho.

“Nosso principal desafio é tornar a Agência Metropolitana presente na vida do povo, do cidadão. Para isso, a gente tem que enfrentar alguns temas, como a mobilidade, a gestão dos resíduos sólidos, e criar o Plano Diretor de Desenvolvimento Integrado. Nunca tivemos um órgão como esse, os desafios são muito grandes, mas a gente vai superar com muito trabalho”, declarou Pedro Lucas sobre o novo cargo.

“Quando o governo recriou essa secretaria, ele testemunhou para a sociedade que precisa intensificar o relacionamento com todas as instituições, privadas e públicas. Ele [Flávio Dino] achou que eu poderia cumprir esse papel, então espero dialogar, fazer pontes, ouvir críticas, sugestões e trazer ao governo. Não permitiremos que alguém diga que o governo não dialoga, não conversa, não se aproxima. Já o faz, mas espero fazer com mais intensidade e melhor, a partir de agora”, disse Pastor Porto, sobre o compromisso assumido.

As novas pastas fazem parte de uma reforma administrativa conduzida pelo Governo do Maranhão, para tornar a gestão dos recursos públicos mais eficiente, com redução de gastos e sem a criação de novos cargos. A reforma administrativa resultou, ainda, na integração das Secretarias de Minas e Energia com Indústria e Comércio, e na fusão do Viva com o Procon.

Metropolização

A política de metropolização, que já vem sendo implantada pelo governo nos municípios que compõe a Grande Ilha de São Luís, será expandida para todos os 13 municípios que compõe a região. São eles: São Luís, São José de Ribamar, Raposa, Paço do Lumiar, Alcântara, Bacabeira, Rosário, Axixá, Santa Rita, Presidente Juscelino, Cachoeira Grande, Morros e Icatu.

O primeiro passo para o processo de metropolização será a criação do Colegiado Metropolitano, gerando grandes expectativas entre as administrações municipais envolvidas, como São José de Ribamar. “A expectativa é a melhor possível, o entusiasmo, o otimismo, porque esse é o passo institucional mais importante para a efetivação da gestão metropolitana”, disse o prefeito Luís Fernando.

Governo do Estado paga salários dos servidores na sexta-feira (27)

O governador Flávio Dino anunciou a data do pagamento dos salários do mês de janeiro dos servidores públicos estaduais. O pagamento será nesta sexta-feira (27). A antecedência garante que os servidores estejam com a grana no bolso para a folia de pré-carnaval do final de semana, movimentando a economia.

Os contracheques são disponibilizados impressos para os servidores e, também, na versão digital, no site da Secretaria de Estado da Gestão e Previdência (Segep). Para acessar, é necessário apenas a senha, que pode ser cadastrada presencialmente, na sala do Portal do Servidor (situada no Edifício Clodomir Milet, s/nº, térreo), ou pelos telefones (98) 3131-4191 ou 3131-4192.

Governo esclarece caso do Imóvel da Funac

Por meio de nota, o governo do Estado explicou o aluguel da casa na Aurora para instalação da Funac. O prorietário da casa é filiado ao PCdoB, o que gerou muita discussão sobre possível favorecimento.

O governo explica que houve exaustiva pesquisa em diversos imóveis e constatar o menor preço. Explica que, além do menor preço, o imóvel foi escolhido por atender critérios, como área mínima, com possibilidade para ampliação de espaços, acessibilidade, áreas para alojamentos, refeitório, atendimento, escolarização e outras atividades.

O governo também justifica o fato do imóvel ter sido alugado em 2015 e a unidade só começar a funcionar agora. Ele estaria passando por adequações internas, o que foi interrompido por manifestações dos moradores contra a instalação.

Confira a nota:

Sobre reportagem “Maranhão paga aluguel desde 2015 de prédio para menores ativado só esta semana”, veiculada nesta sexta-feira (6) pelo jornal Bom Dia Brasil, o Governo do Estado, por meio da Fundação da Criança e do Adolescente (Funac), vinculada à Secretaria de Direitos Humanos e Participação Popular (Sedihpop), esclarece que:

  1. Com a necessidade de criação de vagas para diminuir a superlotação e ampliar a quantidade de adolescentes infratores atendidos, no início de 2015, a Fundação iniciou processo de ampliação e expansão das unidades. Para tanto, foram consultadas várias imobiliárias, para realizar pesquisa mercadológica de prédios visando abrigar uma nova Unidade.
  2. Após exaustiva pesquisa em diversos imóveis e constatar o menor preço, a Fundação locou o imóvel para implantação da Unidade na Aurora, tendo como intermediadora da locação a empresa Área Imobiliária, com dispensa de licitação, amparada na Lei nº 9.579/2012, artigo 22º, parágrafo único, vigente à época.
  3. Além do menor preço, o imóvel foi escolhido por atender critérios, como área mínima, com possibilidade para ampliação de espaços, acessibilidade, áreas para alojamentos, refeitório, atendimento, escolarização e outras atividades. Ressalte-se que vários imóveis foram pesquisados, por imobiliárias diferentes. Contudo, nenhum outro imóvel que atendesse às especificidades estabelecidas pelo Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo (Sinase) foi encontrado.
  4. O contrato foi publicado, no dia 08 de julho de 2015, no Diário Oficial do Estado, com vigência até 19/06/2020, cumprindo todas as exigências legais. De imediato, foi dado início ao processo de adaptação do imóvel. Ao contrário do que diz a reportagem, a adaptação do imóvel se dá após a efetivação do contrato, considerando as especificidades da estrutura física de uma unidade de atendimento para suprir os padrões de segurança, conforme artigo 21º, parágrafo 1º, da lei supracitada.
  5. De julho a novembro de 2015 foram realizadas adequações internas de alojamentos. O processo foi interrompido devido às manifestações dos moradores, que impediram o acesso dos trabalhadores ao local. A partir de então, começaram as tratativas com a comunidade com a realização de várias reuniões, que se estenderam até maio de 2016.
  6. Em maio de 2016, ocorreu reunião entre as lideranças da comunidade e representantes do Governo, quando houve o consenso para a instalação da unidade da Funac, mediante estudo para construção de Companhia da Polícia Militar do bairro, no terreno do prédio locado. A partir de então, passaram a acontecer o estudo e a elaboração de projeto para a construção da companhia.
  7. Em dezembro de 2016, considerando as restrições orçamentárias para construção da companhia, bem como a adoção de medidas alternativas para garantir a segurança da comunidade, a Funac concluiu as adaptações internas necessárias para o ingresso dos adolescentes, corrigindo a superlotação existente nas outras unidades da capital.

São Luís, 6 de janeiro de 2017.

Governo do Maranhão