Luciano Leitoa contrariou prognósticos e mostrou força

Prefeito de uma média cidade, Luciano Leitoa sempre se manteve balançando no comando do PSB do Maranhão. Pelo menos, não faltaram nomes de peso nacional que poderiam “tomar” o controle da legenda que é considerada grande. Mas já são cinco anos que Leitoa segue com a confiança da Executiva Nacional e da militância no Maranhão.

O deputado federal Zé Reinaldo Tavares, que já anunciou até a saída do PSB, havia afirmado categoricamente que seria presidente do partido para ser candidato a senador com todas as garantias. Acabou metendo os pés pelas mãos, contrariando as decisões da Executiva Nacional e perdendo espaço. Hoje, não tem ideia sobre por qual legenda será candidato (ou se será candidato).

O senador Roberto Rocha, que havia vencido Luciano em 2016, colocando o filho na presidência da Comissão municipal e o partido no palanque de Wellington do Curso. Além de filiar o ficha seja Ildon Marques em Imperatriz, fazendo com ele disputasse a eleição pela legenda socialista. A força que o senador mostrava naquele momento fazia crer que ele iria tomar o controle do partido para ser candidato a governador pelo PSB em 2018.

Mas Roberto se deu mal com as derrotas eleitorais e a teimosia de ir contra as determinações da direção nacional do partido. Agora, foi oficialmente convidado a se retirar do PSB.

Nem mesmo a deputada federal Luana Costa (ex-Luana Alves) ameaçou o prestígio de Leitoa entre os caciques e a base dos socialistas.

Assim, o prefeito irá levar o partido para as eleições do ano que vem. Certo mesmo é que o PSB estará na coligação do governador Flávio Dino.

PSB define eleição de Zé Reinaldo para o Senado como prioridade para 2018

O PSB maranhense se reuniu na noite desta segunda-feira (13) sob a coordenação do presidente estadual da sigla, Luciano Leitoa (prefeito de Timon). A reunião contou com as presenças do ex-governador e deputado federal José Reinaldo, o prefeito Tema (presidente da Famem), deputado estadual Bira do Pindaré, secretário estadual de Governo Marcelo Coelho (Meio Ambiente), José Antônio Almeida, dentre outras lideranças do estado.

O Diretório Estadual do PSB-MA tratou do processo de recadastramento de filiados que acontece em todo o país, da estruturação do partido no estado e principalmente, discutiu rumos e posicionamento da sigla para o processo eleitoral de 2018.

Unanimemente, os membros do diretório estadual do PSB entendem que o processo de fortalecimento da sigla passa pela ocupação na chapa majoritária das próximas eleições e definiram o nome de Zé Reinaldo (principal representante da sigla, segundo os presentes) na disputa por uma das vagas de senador.

O partido deverá realizar Encontros Regionais como  estratégia para massificar o projeto.

Leitoa sobre Rocha: “nunca vi alguém conseguir afastar tantas pessoas de um mandato que ganhou de graça”

Leitoa detona postura de Roberto Rocha

Durante o encontro do pré-candidato a Senador Weverton Rocha (PDT-MA) em Codó vários prefeitos enfatizaram o fato de terem eleito um senador – em referência a Roberto Rocha – que não correspondeu às expectativas e esperam que agora tenham um representante que receba e a dialogue sobre as demandas dos gestores.

O prefeito de Timon, Luciano Leitoa, que é presidente estadual do PSB, foi ainda mais incisivo ao criticar o senador socialista. “Todos sabem o sacrifício que fizemos. Fizemos acordo apoiando a candidatura de Zé Reinaldo a deputado [o ex-governador abdicou da candidatura de Senador para ser deputado federal]. Mas o Senador que está aí hoje não representa nosso grupo. Foi injusto inclusive com o prefeito Edivaldo que está aqui. Eu nunca vi alguém conseguir afastar tantas pessoas em um mandato que ganhou de graça”, afirmou.

Muitos concordaram em gênero, número e grau com o prefeito timonense.

Começam as especulações em torno do nome do novo presidente da Famem

Após reeleição, Luciano Leitoa é um dos fortes candidatos à presidência da Famem

Após reeleição, Luciano Leitoa é um dos fortes candidatos à presidência da Famem

Um dia após as eleições já começam as especulações quanto ao nome que irá substituir o prefeito de São José de Ribamar, Gil Cutrim, na presidência da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (Famem) para o biênio 2017/2019. O nome do prefeito de Timon, Luciano Leitoa (PSB) surge forte na disputa da presidência da entidade. Reeleitos, o atual prefeito de Barra do Corda, Eric Costa (PCdoB), e o de Arari, Djalma Melo (PTB), surgem com boas chances de ocupar a federação.

Entidade responsável por defender os interesses dos prefeitos e vereadores junto aos órgãos Estaduais e Federais, a Famem tem grande representatividade para os gestores municipais. Após 4 anos sob a administração de Gil Cutrim, a Federação agora será gerida por um novo gestor, e alguns deles já saem na frente na fase de especulações.

Fortalecido depois de uma contundente vitória sobre seu adversário, Luciano Leitoa também é nome forte para assumir a Famem. Sereno e conhecedor dos problemas municipais, ele tem boa relação tanto no Governo do Estado, onde cultiva parceria com o governador Flávio Dino, quanto com o Governo Federal, já que é presidente estadual do PSB.

Nome novo na política e notabilizado pela boa gestão que vem fazendo em Barra do Corda, o prefeito Eric Costa conseguiu sua reeleição com quase dois mil votos a frente do seu concorrente.

Djalma Melo também se reelegeu em Arari. Com quase 10% a mais dos votos em relação ao segundo colocado, o prefeito reeleito tem a seu favor a experiência na gestão e o bom trânsito com vários outros gestores do estado.

As especulações em torno da presidência da Famem já se iniciaram, e os nomes dos favoritos começam a surgir.

Pesquisa em Timon: Luciano Leitoa abre mais de 11 pontos de vantagem

lucianoleitoaPesquisa do Instituto Opinar aponta vantagem de 11,6 pontos do prefeito Luciano Leitoa (PSB) sobre o deputado Alexandre Almeida (PSD), no município de Timon. Os dois são os únicos candidatos na cidade.

Segundo a pesquisa, Luciano lidera na pergunta estimulada com 47,6% contra 36% de Alexandre.

Na pergunta espontânea o prefeito tem 41,8% contra 27,1% do seu opositor. Segundo apurou o Instituto, 59,5% dos eleitores dizem que não mudam mais o voto até o dia das eleições, enquanto 35,5% admitem que ainda podem mudar.

Flávio aprovado por mais de 60%

O Instituto avaliou também os governos estadual e municipal. O governador Flávio Dino obteve 60,6% de aprovação, contra 22,1% dos que o desaprovam. O restante não soube ou não quis opinar. Já o governo Luciano Leitoa obteve 60,6% de aprovação e 30,3% de desaprovação. Perguntados sobre quem deve ganhar as eleições, 51% mencionaram o nome do prefeito Leitoa e 29,6% indicaram o deputado Alexandre Almeida.

A pesquisa foi registrada no TSE em 2 de setembro, sob o número MA02217/2016. A coleta de campo foi feita nos dias 30 e 31 de agosto, com 600 questionários. A margem de erro é de 3,9%.

Em convenção, Luciano Leitoa fala de aliança de adversários: “tentativa desesperada do Clã Sarney”

Flávio Dino com Luciano Leitoa e João Rodolfo

Flávio Dino com Luciano Leitoa e João Rodolfo

Uma convenção gigantesca homologou a candidatura do prefeito Luciano Leitoa (PSB) à reeleição em Timon. O candidato a vice é João Rodolfo (PCdoB). Com mais de 15 mil pessoas participando da convenção, Luciano foi aclamado candidato ao lado do governador Flávio Dino.

Luciano também conseguiu formar uma forte coligação com PCdoB, PDT, PSDB, PSDC, PPS, PTB, PTdoB, PT, PTC, PPL, DEM, SD, PMB, PRB, PEN e PMN apoiando o atual prefeito.

Uma multidão compareceu á convenção histórica em Timon

Uma multidão compareceu á convenção histórica em Timon

O prefeito não se esquivou de falar da união entre Socorro Waquim (que não poderá ser candidata por problemas com a Justiça) e Alexandre Almeida (PSD), candidato do grupo Sarney no município. “É uma tentativa desesperada da família Sarney de retomar o poder no Maranhão a partir de Timon”.

Para o socialista, a disputa é uma prévia de 2018, já que o Clã Sarney estará empenhado na eleição de Alexandre Almeida.

Pesquisa: Luciano Leitoa lidera com 18 de pontos de vantagem em Timon

lucianoDo Portal AZ – A primeira pesquisa Data AZ para as eleições em Timon, em 2016, aponta vantagem de até 18 pontos percentuais do atual prefeito Luciano Leitoa (PSB) em relação ao candidato melhor situado na oposição, o deputado estadual Alexandre Almeida (PSD). A ex-prefeita Socorro Waquim (PMDB) aparece em terceiro lugar, bem distante dos dois primeiros colocados na sondagem.

Pesquisa Data AZ em Timon: Luciano Leitoa (42,60%), Alexandre Almeida (28,80%) e Socorro Waquim (11,60%)

A pesquisa realizada no dia 14 de julho, com 500 eleitores em 40 bairros e localidades rurais, aponta Leitoa com 42,60% das intenções de voto em sondagem estimulada, contra 28,80% de Alexandre Almeida. Socorro Waquim aparece com 11,60%.

Na pesquisa estimulada, quando são apresentados os nomes dos prováveis postulantes ao cargo de prefeito, são ainda citados, com até um ponto percentual, o empresário Ramon Alves de Sousa (PP), da empresa Timon City, com 3,60% e Irmão William (PSC), com 1,20%.

Os que dizem não saber ou não opinam sobre a eleição chegam a 4,40%, enquanto aqueles que não escolheriam nenhum dos nomes chegam a 5,60%. Somados esses dois percentuais como eleitores indecisos, chega-se a 10%.

Pesquisa espontânea

Luciano Leitoa aparece com 38,40% na sondagem espontânea, ou seja, quando o eleitor diz o nome do candidato sem que lhe seja apresentada uma lista de postulantes. Alexandre Almeida aparece com 20% e Socorro Waquim tem 7,20%. Os indecisos (soma de nenhum candidato e não sabem ou não opina), tem-se um terço dos eleitores: 33,4%.

Mesmo tendo menor percentual de intenções de voto na pesquisa estimulada em relação à espontânea (42,60% contra 38,40%), o prefeito Luciano Leitoa tem maior margem sobre o principal adversário na declaração espontânea de voto: 18,40% sobre o deputado Alexandre Almeida.

Alexandre Almeida é o menos rejeitado

Ex-vereador de Timon e deputado estadual, Alexandre Almeida tem a favor dele na sondagem a menor taxa de rejeição entre os três principais postulantes à Prefeitura de Timon. Somente 10,60% dos eleitores dizem que não votariam nele de jeito nenhum para ocupar o cargo.

A mais rejeitada na sondagem feita pelo Data AZ é a ex-prefeita de Timon, Socorro Waquim. Se a eleição fosse hoje, ela apareceria com 30,20% de rejeição, seguida do atual prefeito Luciano Leitoa, com 26%.

Os menos rejeitados na pesquisa são também aqueles candidatos com menores percentuais das intenções de voto tanto na sondagem estimulada quanto na espontânea: Ramon da Timon City (3,40%), Dimas Casimiro (1,20%), Eliésio Silva e Irmão William (1%).

Os eleitores que não sabem, não opinam ou não rejeitam nenhum dos candidatos somam 25,80%.
Socorro Waquim perde para Almeida e Leitoa

O Data AZ simulou cenários de disputa direta entre os candidatos em Timon e neles a ex-prefeita Socorro Waquim perderia tanto se disputasse com Luciano Leitoa, seu sucessor na Prefeitura, quanto para o deputado Alexandre Almeida, que poderá vir a ser aliado dela na campanha.

No cenário em que fosse candidata contra Luciano Leitoa, Socorro teria menos da metade dos votos do adversário. Leitoa aparece com 53,20% das intenções de voto, contra 25,40% da peemedebista.

Num embate com Almeida, Socorro teria ainda menos votos. O deputado estadual seria votado por 54,60% dos eleitores consultados contra 21% de intenções de voto para a ex-prefeita.

O cenário no qual há mais equilíbrio é o de uma disputa direta entre Luciano Leitoa e Alexandre Almeida. Neste caso, o prefeito venceria com 42,20% das intenções de voto, uma diferença de 3,2% em relação ao deputado estadual, que surge com 39%.
Certeza do voto é elevada

Mais da metade dos timonenses ouvidos pela Data AZ (58%) diz já ter definido o voto para prefeito, contra 25,60% que ainda não estão decididos sobre em quem votar.

Há 15% de eleitores declarando que talvez tenham definido voto.

Então, chega a 40,60% a soma dos que ainda não definiram voto com aqueles que estão numa zona de indecisão sobre definir ou não o candidato como uma certeza.

Sistema de Pesquisa

Sistema de PesquisaFicha técnica da pesquisa

Registro na Justiça Eleitoral: MA-01126/2016.

Tamanho da mostra – 500 pessoas, sendo 450 na zona urbana e 50 na zona rural.

Número de bairros e localidades pesquisadas – 40.

Data de realização – 14 de julho de 2016.

Margem de erro – 4,4% para mais ou para menos.

Contratante: Portal AZ

Luciano lidera em Timon, Alexandre Almeida vai diluindo aponta pesquisa

lucianoleitoa

Candidato à reeleição, o prefeito de Timon, Luciano Leitoa tem ampliado seus índices de intenção de voto nas pesquisas eleitorais, frente ao seu principal adversário, o deputado estadual Alexandre Almeida.

Na pesquisa Escutec divulgada nesta semana, Luciano Leitoa aparece com 31,7% das intenções de voto dos eleitores, Alexandre segue em segundo com 27% e a ex-prefeita Socorro Waquim (PMDB) com 19,3%.

A pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TSE) sob o número MA-09449/2016, no dia 28 de junho de 2016.

Além de apontar o aumento da intenção de votos para Luciano Leitoa, a pesquisa Escutec revela a tendência de queda nos números percentuais do pré-candidato Alexandre Almeida.

As pesquisas indicam que entre janeiro e junho, Alexandre Almeida perdeu 12,25% percentuais no eleitorado timonense. Na pesquisa de janeiro, registrada no TRE sob o número MA 03135/2016, Almeida aparecia com 39,25% contra os 27% desde mês.

Se tomarmos como referência a pesquisa do mês de março registrada na Justiça Eleitoral sob o número MA- ­07556/2016, a queda de Alexandre Almeida é de 14,75% pontos percentuais.

Com a curva descendente nas intenções voto, Alexandre Almeida já torce para que a ex-prefeita Socorro Waquim não seja candidata em outubro. Porém, ele não quer o apoio da peemedebista, é simplesmente para que ele não tenha o mesmo desempenho de 2012, quando liderou as pesquisas na pré-campanha e terminou a eleição em terceiro lugar.

Luciano Leitoa entregou 19 escolas e formadas e climatizadas em um mês

IMG_3626Escola pública de qualidade com ar-condicionado, merenda balanceada todos os dias, fardamento gratuito, professores qualificados constantemente, projetos de incentivo ao completo desenvolvimento dos alunos e escolas monitoradas por câmeras. Isto é realidade em Timon.

O prefeito Luciano Leitoa entregou, somente em maio, 19 escolas totalmente reformadas e climatizadas. Já são 580 salas de aulas climatizadas e mais de 26 mil alunos beneficiados. “É muita honra nesses últimos meses estar reinaugurando as modificações que foram feitas nas escolas. Tem influenciado muito no aprendizado dos alunos e no conforto dos profissionais que trabalham no dia a dia”, disse Luciano Leitoa.

EA9A5480A educação tem sido uma s principais marcas do governo de Leitoa em Timon. Para ele, este é um processo que servirá em longo prazo e irá garantir aos pequenos estudantes uma base sólida de conhecimento e dedicação com a cidadania. As ações vão além de melhorias físicas, que incluem equipamentos, reformas e climatização. O trabalho integrado que é realizado inclui valorização do profissional da educação com pagamentos em dia e aproximação da escola com a família. Todas essas peças têm sido encaixadas como um grande quebra-cabeça e os resultados vão além de satisfatório.

Nas várias inaugurações oficiais realizadas durantes o mês de maio e que devem ocupar datas do calendário do mês de junho, o que se tem notado é o sentimento de gratidão dos pais por verem que o voto de confiança dado ao gestor nas urnas em 2012 tem sido correspondido com a mudança na realidade da vida dos pequenos estudantes.

Luciano Leitoa cala Alexandre Almeida e entrega estação de tratamento de água

estacaotratamentoUma grande vergonha para o deputado Alexandre Almeida (PSD), que esbravejou na tribuna da Assembleia Legislativa assim que foi anunciada a construção da estação de tratamento de água que seria impossível o prefeito Luciano Leitoa entregar no prazo estipulado. Isso foi dito em maio do ano passado.

O prefeito Timon entregou nesta quarta-feira (1º) a primeira Estação de Tratamento de Água – ETA Parnaíba. A estrutura tem capacidade de tratamento de 180m³/h, o que corresponde a 180 mil litros de água tratados a cada hora. O objetivo é solucionar problemas de abastecimento de água na cidade de Timon.

A estação pesa mais de 25 toneladas, possui 33m de comprimento e 4m de altura. A estrutura possui um laboratório, casa química, caixa de areia, tanques de regularização de vazão, leito de secagem e auditório.

Em um ano a concessionária Águas de Timon investiu R$ 20 milhões nas obras e serviços do programa Timon Saneada 1, que inclui a modernização de mais de 20 sistemas, substituição de bombas, automatização de painéis elétricos e execução de mais de 31 mil metros de novas redes de abastecimento de água.

Mas para Alexandre Almeida, obra tem que ser demorada. Para Leitoa, a população de Timon tem pressa. “Estou hoje concretizando um sonho. Vai ser muito difícil haver ainda problemas de falta de água na cidade de Timon. Isso por conta dos investimentos que estão sendo feitos. Mesmo no momento de crise que o Brasil está enfrentando, tivemos sorte de ter a iniciativa de contratar uma concessionária e conseguir recursos na ordem de vinte milhões para realizar esta obra. Além do tratamento de água, a concessionária terá onze anos para fazer com que Timon tenha cem por cento de tratamento de esgoto, que hoje é inexistente no município”, afirmou prefeito Luciano Leitoa.