Veja os concursos abertos pelo governo do Maranhão e os que estão por vir

Enquanto no resto do país os concursos ficaram escassos, no Maranhão são muitas oportunidades

Além do concurso da Polícia Militar, cujas inscrições estão abertas, há outras oportunidades em andamento e que estão por vir no Governo do Maranhão. Veja abaixo o que está acontecendo e o que está previsto:

Concurso da PM – Inscrições abertas

São 1.214 vagas para níveis médio e superior. As inscrições vão até 18h (horário de Brasília) do dia 30 de novembro de 2017 no site http://www.cespe.unb.br/concursos/pm_ma_17/

Os cargos em disputa são de 1º Tenente do Quadro de Oficiais de Saúde da Polícia Militar (nível superior) e para o cargo de Soldado do Quadro de Praça (nível médio).

Os salários são de R$ 4.019,62 para ensino médio e R$ 6.913,74 para nível superior.

As provas objetivas para os cargos de nível superior terão a duração de 3 horas e 30 minutos e serão aplicadas na data provável de 17 de dezembro de 2017, no turno da manhã. As provas objetivas para o cargo de nível médio serão no mesmo dia, mas à tarde.

Uema – Inscrições abertas

Até 07/12/2017, estão abertas as inscrições para Concurso Público destinado ao provimento de Cargo na Carreira do Magistério Superior,  para atender ao Centro de Educação, Ciências Exatas e Naturais – CECEN/Curso de Música Licenciatura. Os salários vão de R$ 6.166,88 a R$ 8.236,21. O edital está disponível clicando aqui.

Até 17/11/2017, estão abertas as inscrições para o Processo Seletivo Simplificado destinado à contratação de Professor Substituto para o Centro de Estudos Superiores de Timon. O edital pode ser consultado clicando aqui. O salário a que fará jus o professor substituto, contratado no regime de vinte horas semanais, será de R$ 2.000,20.

Concurso para Saúde – Previsto (ainda sem data)

O governador Flávio Dino sancionou o Projeto de Lei que cria mil vagas de emprego, por meio de concurso público, na área da Saúde no Maranhão. “Agora é lei: 1.000 vagas efetivas para área da saúde. Vamos organizar o concurso público”, disse o governador por meio das redes sociais nesta semana. As vagas são para o quadro efetivo da Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares (Emserh), responsável pela gestão de 45 unidades de saúde em São Luís e no interior do Estado. Destinadas a profissionais com nível médio e superior, as vagas têm salários entre R$ 1.000,00 e R$ 7.425,31.

Professores também terão concurso. (Foto: Divulgação)

Professores também terão concurso. (Foto: Divulgação)

Concurso para professores do campo – Previsto (para 2018)

Flávio Dino também anunciou, nesta semana, a realização de concurso público para educadores do campo, com previsão de atendimento de escolas da zona rural, de comunidades quilombolas e indígenas. “Em 2018, vocês podem se preparar, vamos fazer o concurso específico para educação no campo, incluindo a previsão de vagas para escolas quilombolas e indígenas”, afirmou.

Concurso para UemaSul – Previsto (ainda sem data)

O governador Flávio Dino anunciou em Imperatriz, na semana passada, que a UemaSul vai fazer concurso para professores com 30 vagas.

Orçamento de 2018 – Previsto (ainda sem data)

A proposta de Orçamento do Governo do Maranhão para 2018 prevê a criação 931 vagas para contratação de pessoal em nove secretarias e órgãos da administração direta e indireta. As oportunidades serão oferecidas por meio de concursos públicos e seletivos, para nível médio e superior. De acordo com a proposta, enviada à Assembleia Legislativa, haverá investimentos de R$ 67,7 milhões para garantir as novas contratações.

Veja o que está previsto na criação e/ou no provimento de cargos e empregos, admissão ou contratação:

  • Secretaria da Justiça e da Administração Penitenciária (SEAP): 120 vagas;
  • Fundação da Criança e do Adolescente (FUNAC): 100 vagas;
  • Instituto de Promoção e Defesa do Cidadão e Consumidor do Maranhão (PROCON-MA): 51 vagas;
  • Secretaria de Estado da Educação (SEDUC): 457 vagas;
  • Universidade Estadual da Região Tocantina (UemaSul): 30 vagas;
  • Instituto de Metrologia e Qualidade Industrial do Maranhão (INMEQ): 43 vagas;
  • Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão (AGED): 100 vagas;
  • Secretaria de Estado do Planejamento e Orçamento (SEPLAN): 20 vagas;
  • Instituto Maranhense de Estudos Socioeconômicos e Cartográficos (IMESC): 10 vagas.

Em votação apertada, Assembleia do Maranhão aprova medalha para Dória

A Assembleia Legislativa do Maranhão aprovou nesta quarta-feira (25) a concessão de medalha do Mérito Legislativo Nagib Haickel para o prefeito de São Paulo, João Dória Júnior. Apesar do prefeito nunca ter sequer pisado em solo maranhense após entrar na política, o deputado Wellington do Curso achou que ele merecia homenagem.

A discussão foi acalorada na sessão por conta da medalha. O deputado Rogério Cafeteira lembrou ainda que Dória faz questão de esconder que foi presidente da Embratur no governo Sarney.

O plenário aprovou votação nominal e ficou até o último votante para conhecer o resultado. César Pires não tinha visto que o aparelho não havia ainda computado seu voto e votou finalmente a favor da medalha quando a votação estava empatada. A contenda foi aprovada por 14 a 13.

Mas ainda foi apenas em primeiro turno. Segue para votação em segundo turno.

 

Liderando todas as pesquisas, Eliziane é nome praticamente certo na disputa pelo Senado

A deputada federal Eliziane Gama tem números que impressionam governistas e sarneystas na disputa pelo Senado Federal. E é um poderio eleitoral que não deve ser desprezado.

Na formação da chapa de Flávio Dino, existe um grande paleo pela montagem com nomes mais jovens e a presença de mulher. A única com o perfil é justamente Eliziane, que além de agregar estes fatores, é a mais forte eleitoralmente. Seria um complemente perfeito para a chapa do comunista.

 A popular-socialista na recente pesquisa DataIlha aparece liderando com 19% de intenções de voto nos maiores colégios eleitorais do Maranhão. Uma grande distância para o segundo colocado Sarney filho (PV), com 10%.

Entre os governistas, a vantagem de Eliziane é ainda maior. Weverton Rocha, Zé Reinaldo Tavares e Waldir Maranhão aparecem apenas com 7%.

Nas pesquisas do grupo Sarney, fizeram questão de esconder os números de Eliziane, que fica à frente até de Roseana Sarney para o Senado.

É um capital muito poderoso que o governador não irá desprezar.

Temer visita o Maranhão “às escondidas” para não encarar o povo

Com estratosférico índice de rejeição, comparáveis apenas com o ex-presidente José Sarney, Michel Temer visita o Maranhão nesta quinta-feira (5). Mas nada de eventos públicos ou pelo menos com a participação da imprensa.

Temer chega em voo particular à Alcântara para visitar diretamente o Centro de Lançamento nesta tarde e de lá mesmo vai embora. O presidente está negociando ceder o espaço para os Estados Unidos. A estimativa é de que o governo americano pagaria uma receita anual potencial de até US$ 1,5 bilhão para dar aos americanos o espaço localizado no Maranhão.

Sem agenda com aliados

O medo de Temer encarar os holofotes no estado é tão grande que o presidente sequer convidou seus aliados no Estado para participarem da agenda no Maranhão. Nem Roseana Sarney, nem Edison Lobão, nem seu ministro Sarney Filho foram convidados para acompanhá-lo na visita.

Como Roseana esteve em reunião com Michel Temer nesta mesma semana, pode ter partido da própria ex-governadora a ideia de não estar ao lado do rejeitado presidente.

O medo da vaia é grande.

Enchentes: Jornal dos Sarneys usa documento de 2010 para tentar encobrir parecer de 2016 do Ministério

Roseana tenta se esconder a todo custo das graves acusações

O escândalo do desvio de verbas que seriam destinadas para obras emergenciais após enchentes ocorridas no Maranhão, em 2009 – que envolvem a ex-governadora Roseana Sarney e o ex-ministro da Integração Nacional, Geddel Vieira Lima – deixou mesmo desnorteado o Clã. O jornal dos Sarneys faz um esforço hercúleo para tentar provar que não houve uma série de irregularidades que culminaram na suspeita de desvio de R$ 18 milhões em recursos federais.

Mesmo o parecer técnico nº 2016-460-KLV/2016/SEDEC/DRR – assinado pelo engenheiro da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil do Ministério da Integração, Kahlil Lacerda de Vasconcelos – sendo do ano de 2016, o jornal dos Sarneys foi buscar uma denúncia de 2010, do vereador Antônio Ximenes, de Caxias, que à época já apontava as irregularidades nas obras de recuperação de pontes e estradas após as enchentes.

Parecer do Ministério da Integração de 2016 atesta irregularidades das obras.

A tática utilizada pelos sarneysistas é mais uma prova do desespero oligárquico com o assunto. A exemplo do ofício enviado por Hélder Barbalho, ministro da Integração Nacional e filho de Jader Barbalho, parceiro de José Sarney no “quadrilhão do PMDB”, dando conta de que a aplicação da verba de R$ 35 milhões destinada por Geddel para o Maranhão não é alvo de auditoria e não consta no processo nº 59050.001-042,2009-61 qualquer irregularidade a pessoa da ex-governadora.

Na última quarta-feira, o blog já havia divulgado um ofício do próprio ministério que desmente o ministro aliado dos Sarney. No dia 10 de março de 2017, ofício assinado pelo coordenador-geral de Prestação de Contas e Convênios, Bruno Dourado, endereçado a José Miguel Lopes Viana, diretor do Departamento Estadual de Infraestrutura e Transporte do Maranhão (Deint-MA) do governo Roseana Sarney, prova que o Ministério da Integração Nacional instaurou um processo de fiscalização com pedido que orienta a glosa de R$ 18 milhões – com valores atualizados – em contrato realizado pelo Ministério e o governo do Estado.

O ofício faz parte do processo de nº 59050.001042/2009-61 e deixa claro que “não havendo regularização da Avença, o Estado será inscrito como inadimplente no SIAFI, tornando obrigatório o encaminhamento do processo para instauração da Tomada de Contas Especial”. Ou seja, diferente do que o ministro Hélder Barbalho afirmou, o Ministério está apurando irregularidades na aplicação das verbas destinadas às enchentes do Maranhão no governo Roseana Sarney.

É por isso que a mídia sarneysista está tão preocupada em tentar justificar o injustificável. O escândalo pegou o clã em cheio e pode resultar em consequências graves para Roseana Sarney e seus auxiliares.

Lula encerra Caravana com grande ato em São Luís

O último dia de caravana do ex-presidente Lula foi com ato apoteótico na Praça Dom Pedro II, em São Luís. O ex-presidente agradeceu a lealdade de Flávio Dino em frente a um grande público de maranhenses que saldaram Lula e gritaram “Fora Temer” e “Fora Sarney”.

Os discursos do evento giraram em torno da legalidade da candidatura de Lula, contra a condenação do juiz Sérgio Moro. “Se eles pensam que o problema é o Lula, não é não. Lula é só mais um. Tem milhões e milhões de pessoas  O governador que pensam como Lula”, disse o petista.

O governador Flávio Dino fez questão de dar apoio ao ex-presidente. “Não esqueça que toda vez que precisar, o senhor pode contar com o povo do Maranhão para esta e todas as lutas”, afirmou.

Lula visita o Porto do Itaqui ao lado de Flávio Dino

O ex-presidente Lula esteve no Porto do Itaqui na manhã desta terça-feira (5). Lula conheceu os investimentos que estão sendo feitos pelo governo Flávio Dino. O petista encerra hoje a caravana pelo Nordeste com grande ato na Praça Dom Pedro II no final da tarde.

Lula conheceu os investimentos que estão sendo feitos no Porto e o lucro que hoje ele gera para o Maranhão. O Porto do Itaqui gera mais de 14 mil empregos diretos e indiretos e é responsável pela arrecadação de um terço do ICMS.

O Clã Sarney tentou federalizar o Porto, o que traria prejuízos gigantescos para o Estado e faria com que eles recolocassem na Emap as boquinhas com gordos salários que lá estavam antes.

Política maranhense em notas

Lula no Maranhão

O ex-presidente Lula chegou ao Maranhão na tarde desta segunda-feira (4) para encerrar sua turnê pelo Nordeste. Foi recebido pelo governador Flávio Dino, seu principal anfitrião. Lula visitará o Porto do Itaqui nesta terça-feira (5) pela manhã é encerra a caravana com grande ato na Praça Dom Pedro II às 17h.

Reação do Clã contra Lula

O sistema de comunicação do Clã Sarney mostrou o lado mais vingativo do grupo. Foi pancadaria pra cima do petista por conta de sua visita ao lado de Flávio Dino. Depois de se aproveitar bastante dos governos do PT, o Clã agora se vinga pelo fato de Lula esnobar Sarney em sua terra Natal. Sarney e Roseana fizeram questão de nem ficar em São Luís para não demonstrar que Lula os ignorou.

Vestida a caráter?

A prefeita de Nova Olinda, Iracy Weba (PV), estava vestida de uma forma muito inusitada durante solenidade de entrega de viaturas da Polícia Militar nesta segunda-feira (04). Ironicamente, a esposa do deputado estadual Hemetério Weba (PV) parecia vestida como presidiária próxima aos policiais. Iracy teve o mandato cassado por abuso do poder econômico e compra de votos nas eleições em 2016, mas conseguiu retomar o poder. O deputado estadual responde até a processos penais.

Fim da greve

Mesmo ainda com poucos professores na barca furada da presidente do SindEducação, Elizabeth castelo Branco, a greve dos professores da rede municipal acabou definitivamente. Foram  34 dias de paralisação.O enfraquecimento do movimento só aumentou com a participação de políticos como Eduardo Braide e Wellington do Curso em atos, aumentando a desconfiança do caráter político. O comentário na classe é que Elizabeth será candidata a vereadora de São Luís.

Ranking duvidoso

De repente, prefeitos maranhenses resolveram apostar em “rankings” de avaliação para melhorar a imagem. Um tal de UBD (um instituto de fundo de quintal) apontou os três melhores prefeitos do Maranhão: Zé Vieira (Bacabal), Fábio Gentil (Caxias) e  Luciano Genésio (Pinheiro) . O primeiro quase nem conseguiu governar brigando na Justiça pelo mandato, o segundo chora pedindo socorro ao governo e o terceiro continua devendo servidores mas faz festa cara e tira selfie voando de helicóptero. Que ranking, hein!?

Problemas técnicos

Pedimos desculpas aos leitores pela falta de atualização nesta terça por problemas técnicos.

 

Marco Aurélio briga para Bonificação ser logo aprovada e beneficiar maranhenses já no Enem deste ano

Marco Aurélio discute com Nair Portela. Caso projeto de Bonificação seja aprovado nos próximos meses, maranhenses já se beneficiam neste Enem.

Em audiência realizada na tarde desta quarta-feira (9), o deputado estadual Professor Marco Aurélio (PCdoB), entregou uma cópia da ata da audiência pública, realizada em Imperatriz no dia 20 de Junho, para a reitora da Universidade Federal do Maranhão – UFMA, Nair Portel e membros da pró-reitoria de ensino. A audiência ocorreu em Imperatriz e serviu para discutir a adoção da bonificação na nota final do Enem para alunos de escolas do Maranhão, reuniu centenas de estudantes, professores, membros do Conselho Universitário da UFMA e autoridades políticas da região.

A bonificação na nota dos alunos de escolas do Maranhão no Enem tem sido uma bandeira levantada pelo deputado desde o início de seu mandato. Após diversas reuniões e com o apoio da frente parlamentar em defesa da Bonificação, proposta e presidida pelo deputado Marco Aurélio, a causa tem avançado, dependendo agora da aprovação do Conselho Universitário da UFMA.

Durante a audiência, o deputado Marco Aurélio fez questão de demonstrar sua satisfação com o avanço da causa. “Esta é uma causa muito importante para o nosso estado, uma vez que estamos perdendo mão de obra qualificada formada em nossa universidade e temos a oportunidade de corrigir. Em Imperatriz, somente no último mês, 15 alunos do curso de medicina conseguiram transferência para outras universidades. Essas vagas acabam ficando ociosas e causando um prejuízo enorme para nossa sociedade”, afirmou o deputado. A política afirmativa da bonificação já é praticada em várias universidades do país, fortalecendo as chances de ingresso de sua população.

Nair Portela reconheceu a importância do tema e garantiu seu apoio à causa. “Essa é uma medida muito importante, que está sendo muito debatida por nós e pelos membros do nosso conselho, que deve beneficiar bastante nosso estado, principalmente nas regiões onde a universidade oferece os cursos de medicina. Trata-se de uma medida a ser adotada por alguns anos, mas que pode ajudar a corrigir um grave problema de mão de obra em nossos municípios,” declarou a reitora.

Nair Portela já autorizou que seja aberto o processo e que a ata da audiência pública de Imperatriz o integre. Esse processo será discutido e deliberado pelo conselho universitário.

A expectativa é que essas tratativas acerca da Bonificação sejam feitas nos próximos meses e uma vez aprovada, os alunos de escolas do Maranhão já possam ser beneficiados neste Enem.