Política maranhense em notas

Emenda pior que soneto

As explicações do deputado Zé Reinaldo Tavares para o voto a favor de Michel Temer foram piores do que o fato de votar. Todas sem sustentação. Em artigo (leia aqui), Tavares diz que a população não quer a queda de Temer, não foi uma decisão imoral, Temer resolveu o impasse do Fundeb (não resolvido) e seu voto não é contra Lula já que – na sua avaliação – é melhor para o PT que Temer fique no cargo. Era melhor não ter se manifestado.

Caso Zé Vieira

A situação política de Bacabal continua instável. O prefeito Zé Vieira segue com a ameaça de perda do mandato. O processo contra o prefeito que teve contas rejeitadas agora está no Superior Tribunal de Justiça (STJ) e com previsão de julgamento para esta quarta-feira (9). O relator do processo é o ministro Napoleão Nunes.

Manoel Furtado contra Roberto Rocha

Mais uma da série “as voltas que a vida dá”. Lembram do militante do PSB, Manoel Furtado Neto, que usado pelo Senador Roberto Rocha pediu intervenção contra o Diretório Estadual do Maranhão em meados do ano passado? Agora ele foi um dos que entrou com pedido de expulsão de Roberto Rocha do PSB pelo voto favorável à reforma trabalhista. Será que Roberto não consegue manter um aliado por pelo menos um ano?

Queimado pelo voto do pai?

O presidente da Agência Metropolitana, Pedro Lucas Fernandes (PTB), deverá ser candidato a deputado federal no lugar do pai, Pedro Fernandes (PTB). Mas o patriarca foi favorável a Temer e entrou no bolo de deputados que têm sofrido repulsa da população por conta de suas posições. O titular do Blog conversou com Pedro Lucas sobre o impacto em sua campanha no ano que vem e o vereador licenciado disse que ele e o pai têm posicionamentos diferentes.

Vídeo de Hildo Rocha é antigo

Por falar em voto favorável a Temer, um vídeo que circulou em vários grupos de Whatsapp neste final de semana é antigo. Nele aparece Hildo Rocha fazendo gesto obsceno contra populares e manchete dizendo que foi vaiado por ter votado a favor do arquivamento da denúncia de corrupção do presidente Michel Temer. Na verdade, o vídeo é de 2010, quando Hildo era secretário de Articulação Política e foi hostilizado por populares em Matões. Claro que não muda o fato da indelicadeza do gesto. Na época, Rocha se justificou dizendo que o sinal era um “0” dando nota à administração do município. Então tá!

Reforço de peso

O blogueiro John Cutrim estreou nesta segunda-feira (7) no quadro de Política do jornal Bom Dia Maranhão, da TV Difusora. Conhecedor dos bastidores da política maranhense como poucos, Cutrim tem tudo para dar certo também na TV. Este blogueiro, que já esteve na mesma função e deixou por acreditar em um novo projeto de trabalho, deseja sucesso ao amigo.

Pedro Lucas e Pastor Porto assumem cargos no governo

O presidente da Agência Executiva Metropolitana, Pedro Lucas Fernandes, e o secretário de Estado Extraordinário de Relações Institucionais, Luis Carlos Porto, tomaram posse, na tarde desta quinta-feira (2), no Palácio Henrique de La Rocque (Calhau). Além do governador Flávio Dino, participaram da solenidade, secretários estaduais, prefeitos, deputados, vereadores, dentre outras autoridades.

Na ocasião, Flávio Dino destacou as qualidades dos gestores escolhidos para assumir os novos cargos. “O melhor modelo de matar uma ideia é executá-la mal. Ideais extraordinárias, malfeitas, se transformam em um problema. O Pedro Lucas tem alguns atrativos que me levaram a formular esse convite. Ele supera a dicotomia falsa entre o político e o técnico”, disse o governador, destacando a experiência do jovem político como vereador.

“O Pastor Porto é um homem sábio e sintetizou em uma única frase a proposta principal da Secretaria: construir pontes. Não são obras que andem muito em moda, pois vivemos uma era dos políticos que gostam de construir muros, para isolar as pessoas. Nós temos que construir pontes, é a grande missão da política: interligar”, destacou Flávio Dino.

Compareceram à solenidade, o prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior; o secretário da Casa Civil, Marcelo Tavares; o procurador de Justiça, Luiz Gonzaga; o prefeito de Tuntum e presidente da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (Famem), Cleomar Tema; o deputado federal Waldir Maranhão; o deputado federal Pedro Fernandes; o deputado estadual Bira do Pindaré; a deputada estadual Ana do Gás; e o vereador Osmar Filho.

“Nosso principal desafio é tornar a Agência Metropolitana presente na vida do povo, do cidadão. Para isso, a gente tem que enfrentar alguns temas, como a mobilidade, a gestão dos resíduos sólidos, e criar o Plano Diretor de Desenvolvimento Integrado. Nunca tivemos um órgão como esse, os desafios são muito grandes, mas a gente vai superar com muito trabalho”, declarou Pedro Lucas sobre o novo cargo.

“Quando o governo recriou essa secretaria, ele testemunhou para a sociedade que precisa intensificar o relacionamento com todas as instituições, privadas e públicas. Ele [Flávio Dino] achou que eu poderia cumprir esse papel, então espero dialogar, fazer pontes, ouvir críticas, sugestões e trazer ao governo. Não permitiremos que alguém diga que o governo não dialoga, não conversa, não se aproxima. Já o faz, mas espero fazer com mais intensidade e melhor, a partir de agora”, disse Pastor Porto, sobre o compromisso assumido.

As novas pastas fazem parte de uma reforma administrativa conduzida pelo Governo do Maranhão, para tornar a gestão dos recursos públicos mais eficiente, com redução de gastos e sem a criação de novos cargos. A reforma administrativa resultou, ainda, na integração das Secretarias de Minas e Energia com Indústria e Comércio, e na fusão do Viva com o Procon.

Metropolização

A política de metropolização, que já vem sendo implantada pelo governo nos municípios que compõe a Grande Ilha de São Luís, será expandida para todos os 13 municípios que compõe a região. São eles: São Luís, São José de Ribamar, Raposa, Paço do Lumiar, Alcântara, Bacabeira, Rosário, Axixá, Santa Rita, Presidente Juscelino, Cachoeira Grande, Morros e Icatu.

O primeiro passo para o processo de metropolização será a criação do Colegiado Metropolitano, gerando grandes expectativas entre as administrações municipais envolvidas, como São José de Ribamar. “A expectativa é a melhor possível, o entusiasmo, o otimismo, porque esse é o passo institucional mais importante para a efetivação da gestão metropolitana”, disse o prefeito Luís Fernando.

Mudança Litorânea-Holandeses e VLT em debate na Câmara

Projetos estruturantes de trânsito foram muito debatidos na Câmara Municipal de São Luís nesta terça-feira (14). Um com projeto viável e que está próximo de se tornar realidade e outro um grande engodo da gestão do ex-prefeito João Castelo (falecido) e que se tornou um problema que vem sendo empurrado.

O vereador Pedro Lucas Fernandes (PTB) apresentou requerimento solicitando audiência pública para discutir sistema de tráfego binário, fazendo com que as avenidas dos Holandeses e Litorânea tenham vias de mão única em sentido oposto. O requerimento foi aprovado por unanimidade e a audiência será realizada dia 9 de março. Também serão convidados representantes de São José de Ribamar, Paço do Lumiar e Raposa, já que o projeto atinge todos os municípios da Ilha.

“Já havia conversado com o presidente da Agência de Mobilidade (MOB), Artur Cabral, que se comprometeu de vir discutir. Acho que é um projeto de grande impacto que deve ser apresentado aos representantes da cidade de São Luís e demais municípios”, afirmou Fernandes.

Orçada em R$ 59 milhões, a obra prevê a implantação do sistema de tráfego binário e transporte tipo BRT (Transporte Rápido por Ônibus), que passarão a funcionar somente após o término das intervenções nas vias. Por meio do sistema de tráfego binário, as avenidas dos Holandeses e Litorânea serão vias de mão única. A Holandeses funcionará no sentido Centro/Bairro e a Litorânea Bairro/Centro. O transporte tipo BRT interligará os municípios da Ilha e dinamizará a circulação de transporte coletivo metropolitano, dispondo de dois Terminais de Integração. A previsão do governo é que a obra fique pronta até o final de 2018. 

VLT

O famigerado VLT (Veículo Leve sobre Trilhos) também voltou a ser pauta na Câmara Municipal de São Luís. O vereador Ricardo Diniz (PCdoB) apresentou requerimento pedindo explicações sobre a destinação dos vagões que estão guardados pela prefeitura de São Luís. E os novos vereadores se mostraram muito interessados no assunto, pois gerou muito debate.

Recentemente, o prefeito de Santa Rita, Hilton Gonçalo, propôs interligar São Luís a Santa Rita pelo veículo. E foi alfinetado por tentar tratar de maneira tão simples um problema tão complexo. “O prefeito de Santa Rita, que seria altamente beneficiado, deveria pelo menos bancar o projeto técnico e dividir o aluguel do galpão com São Luís. Nós temos um problema muito grave e que se não se apresentar projeto técnico consiste, não adianta jogar palavras ao vento”, afirmou Lucas Fernandes.

Até a venda dos vagões é difícil. Já foi oferecido a Fortaleza, mas ninguém quer o VLT, que custou R$ 7 milhões. Nem se todos os vereadores destinassem toda sua emenda parlamentar para que o VLT fosse ligado somente até a zona rural seria possível. Cada quilômetro de malha viária do Veículo custa em torno de R$ 9 milhões.

Quanto mais se discute, mais se vê o quanto é difícil uma solução para esta grande irresponsabilidade que foi comprar estes vagões.

A grande maioria dos vereadores concordou que o parlamento deveria se mobilizar junto ao Ministério Público Federal para que os envolvidos na compra do VLT em 2012 que ainda estão vivos fossem mais rapidamente penalizados pelo grande prejuízo aos cidadãos ludovicenses.

Vice-presidência está travando reeleição de Astro de Ogum

Astro de Ogum precisa equacionar insatisfações para amarrar reeleição

Astro de Ogum precisa equacionar insatisfações para amarrar reeleição

Um impasse na formação da chapa atrapalha o batimento do martelo para a reeleição do vereador Astro de Ogum (PMN) na presidência da Câmara Municipal. Com vários vereadores eleitos com os quais o titular do Blog conversou, o sentimento é o mesmo: nenhum problema para a reeleição de Astro, mas os demais postos mais cobiçados da Mesa Diretora são motivo de conflito.

Os nomes de Osmar Filho (PDT) e Pedro Lucas Fernandes (PTB), principais cotados para 1ª vice-presidência são negados por muitos vereadores. Ainda existe um sentimento ruim de muitos vereadores pelo fato de acreditarem que tanto Osmar quanto Pedro “atropelaram” suas bases com apoio do prefeito Edivaldo Holanda Júnior.

Valem lembrar que até o vereador Edmilson Jansen (PDT), do partido do pai de Edivaldo, preferiu apoiar o candidato Eduardo Braide no segundo turno das eleições de São Luís porque Pedro Lucas teria lhe tomado bases eleitorais na Área Itaqui-Bacanga com o apoio de Edivaldo.

Muitos reclamam sobre como foi o tratamento de Osmar com os vereadores na função de líder do governo Edivaldo. A reclamação do campeão de votos é tão grande que grande parte da base de Edivaldo não o quer nem mais como líder.

Para garantir uma chapa de consenso, Astro precisa equacionar estas reclamações. Ou pelo menos garantir isso com o número mínimo para se reeleger.

Representante de Eliziane em evento detona Flávio Dino; Pedro Lucas responde

macaibFoi realizada na noite deste sábado (30) a reunião do MACAIB – Movimento de Articulação Comunitária da Área Itaqui-Bacanga. O vereador Pedro Lucas Fernandes (PTB) representou a Câmara Municipal, o prefeito Edivaldo enviou o secretário de Educação Moacir Feitosa e a deputada federal e pré-candidata a prefeita Eliziane Gama (PPS) enviou um assessor para representá-la.

Para surpresa dos presentes, o representante de Eliziane mirou fogo não contra o prefeito de São Luís, mas somente contra o governador Flávio Dino (PCdoB). O assessor afirmou que o governador fez várias promessas para a área Itaqui-Bacanga e abandonou a região e a cidade de São Luís. “Ele fez campanha prometendo fazer algo pela região e até agora nada”.

O vereador Pedro Lucas, mesmo estando seu partido fora da aliança com o governador, rebateu os ataques, reconhecendo os feitos de Flávio Dino em pouco mais de um ano. “Todos sabem que meu partido não estava na coligação do governador Flávio Dino. Mas é extremamente injusta a crítica ao governador, que fez muito pela área Itaqui-Bacanga e por São Luís. A área foi muito beneficiada pelo programa Mais Asfalto. O governador entregou aqui a maternidade Nossa Senhora da Penha, beneficiando os 58 bairros da área Itaqui-Bacanga”, afirmou.

Política maranhense em notas

CNH Jovem: 21,3 mil aptos

habiltaçãoDos 22.505 estudantes maranhenses inscritos na 1ª edição do CNH Jovem, 21.304 estão aptos a participar da seleção para o programa este ano. Os estudantes aptos a participar do CNH Jovem deste ano passaram por uma triagem feita com base no cadastro do Enem 2014. Nessa triagem foram eliminados os estudantes que fizeram o Enem, mas deixaram de comparecer a alguma prova e não completaram o processo seletivo. A lista dos jovens beneficiados pelo CNH Jovem deste ano será divulgada no próximo dia 12. O governo receberá da Caixa Econômica a relação dos mil sorteados pela Loteria Federal. No mesmo dia serão anunciados outros mil candidatos beneficiados por conta da classificação no último Enem, segundo o ranking de notas do exame.

Caema convoca aprovados em concurso

concursopublicoO Governo do Estado, por meio da Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema), convocou os aprovados no Concurso Edital nº 01, de 14 de abril de 2014, abaixo relacionados, nos termos do item 13.2 do referido Edital. Os candidatos deverão se apresentar munidos de originais e cópias dos documentos exigidos nos itens 12.1 e 13.6 do Edital nº 01, no dia 10 de agosto de 2015, preferencialmente, no horário de 9h às 11h30, à Rua Silva Jardim, nº 307 – Centro (próximo ao Hospital Materno Infantil), São Luís – MA. Confira a lista dos aprovados AQUI.

TJ considera greve da Polícia Civil ilegal

Ofoto 01 Tribunal de Justiça do Maranhão (TJ\MA) reafirmou, no dia 24 de julho, a decisão de ilegalidade da greve dos policiais civis no Maranhão e a manutenção de multa diária de R$ 10.000,00 ao Sindicato dos Policiais Civis do Estado do Maranhão (Sinpol) em caso de descumprimento da ordem judicial. Em setembro de 2014, mediante o anúncio de paralisação por parte do Sinpol, a PGE ajuizou a Ação Civil Pública visando à manutenção dos serviços de Segurança Pública no Estado, considerados essenciais. Recentemente o Sinpol recorreu da citada decisão, mas o TJMA reafirmou a ilegalidade de qualquer movimento grevista de policiais civis, mantendo a multa diária em caso de realização de greve.

Cafeteira garante que CPI é irreversível

unnamedEm entrevista ao programa Avesso, da TV Guará, o deputado Rogério Cafeteira afirmou nesta segunda-feira (03) ser irreversível a instalação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar denúncias de corrupção envolvendo a gestão de Ricardo Murad na Secretaria de Saúde do Maranhão. Rogério ainda mandou um recado a colegas de bancada que tentaram por uma pedra na CPI durante o recesso. “Não é correto alguém assinar a CPI e trabalhar nos bastidores para que ela não exista”. (Blog Marrapá).

Pedro Lucas enaltece trabalho de Edivaldo

pedrolucasEsta segunda-feira (3) não foi um bom dia para a oposição ao prefeito de São Luís na Câmara. Após a exposição do secretário Lula Fylho que desarmou todos os argumentos dos oposicionistas, o vereador Pedro Lucas (PTB), que acompanhou todas a atividades do prefeito no final de semana, falou da disposição do prefeito, que 0h de sábado estava inaugurando o restaurante do Socorrão II e ainda teve disposição para participar do Todos por São Luís na Vila Palmeira e vistoriar obras no domingo. Pedro pediu aos vereadores de oposição que acompanhem os evento e vejam o que realmente o povo acha da administração de Edivaldo.

Prefeito agrega lideranças nos bairros

Por falar em Todos por São Luís, o evento tem sido também um momento onde as lideranças dos bairros conversam com o prefeito sobre os pelitos das comunidades. E o resultado político tem sido muito favorável ao atual prefeito de São Luís. Edivaldo conseguiu reverter a seu favor a maioria das lideranças de oposição por onde passou. Na zona rural, onde tinha muita oposição entre as lideranças, já é quase unanimidade.

Pedro Lucas realiza campanha de doação de sangue

pedrolucasfernandesCom o objetivo de manter o abastecimento de sangue do Hemonúcleo, o vereador Pedro Lucas Fernandes (PTB) comanda, em parceria com o Hemomar, a campanha “DOAR SANGUE É DOAR VIDA”, na próxima quinta-feira, (09), na Câmara Municipal de São Luís.

“Manter o estoque de sangue é um dos maiores desafios do Hemomar. Esse é um trabalho de todos nós, afinal precisamos sempre ser solidários uns com os outros”, destacou o vereador.

A Campanha Solidária “DOAR SANGUE É DOAR VIDA” vai ser realizada no dia 9 de julho, a partir de 9h, no Plenário da Câmara Municipal de São Luís. Para tanto, o vereador Pedro Lucas procurou o Hemomar que vai oferecer toda estrutura necessária para a ação, que vai realizar os mesmos procedimentos feitos no centro oficial de coleta.

Para fazer a doação, além de estarem saudáveis, os doadores precisam seguir alguns requisitos:

– Ter entre 16 e 69 anos –  sendo que menores de idade precisam de consentimento formal do responsável legal;

 – Estar com peso acima de 50kg;

– Não ter evidência clínica ou laboratorial de doenças transmissíveis pelo sangue como hepatites B e C, Aids (vírus HIV), doenças associadas aos vírus HTLV I e II e Doença de Chagas, e não fazer uso de drogas ilícitas injetáveis;

 – Gripe ou resfriado, febre, gravidez e pós-parto são impedimentos temporários.

Doar sangue é doar vida.De acordo com o Hemomar, no dia da doação é necessária a apresentação de documento com foto, expedido por órgão oficial. Após a doação, que dura cerca de 4 minutos, o intervalo para uma próxima coleta é de 90 dias para mulheres e 60 dias para homens. E quem doa, segundo o Hemonúcleo, pode receber uma declaração atestando a doação para fins de comprovação e justificativa junto ao trabalho, caso seja necessário.

“Chamamos todos os vereadores, servidores e toda a população para juntos colaborarmos com o Hemomar com a doação de sangue. Queremos que o dia 9 de Julho seja o dia da solidariedade na Câmara Municipal de São Luís”, finalizou o vereador Pedro Lucas.

Notas da Câmara Municipal de São Luís

Reconhecimento

pedrolucasfernandesÉ necessário reconhecer que foi o vereador Pedro Lucas Fernandes (PTB) o primeiro a levantar a ideia da redução dos impostos estaduais para reduzir o preço das passagens dos ônibus. Na Câmara Municipal, o petebista pediu a redução do imposto do combustível e dos pneus como uma alternativa para evitar o reajuste ou diminuir o aumento. O prefeito Edivaldo levou justamente esta ideia ao palácio dos Leões e o governador Flávio Dino acatou e evitou que o aumento fosse demasiado para o usuário.

 

Roberto Júnior parabeniza acordo

printrobertojrO vereador Roberto Rocha Júnior (PSB) usou sua página do Facebook para parabenizar o acordo firmado entre o Governo do Estado e a Prefeitura de São Luís, que resultou na diminuição do preço da passagem. Vale lembrar que o parlamentar já havia sugerido ao prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PTC), que intercedesse junto ao governador Flávio Dino, com o objetivo de reduzir o ICMS do combustível e do pneu para ônibus de transporte público da capital. Na última quarta- feria (01), ele usou a tribuna da Câmara Municipal para se posicionar a favor da diminuição da tarifa do transporte público e reforçar o pedido para diminuição do imposto.

Gutemberg vistoria obras

gutembergO vereador Gutemberg Araújo (PSDB) vistoriou, os serviços de limpeza das galerias que estão sendo feitos na Rua Amazonas, no Bairro Vera Cruz pela Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos (Semosp). A obra é uma reivindicação antiga dos moradores dos bairros Vera Cruz, do Radional e dos bairros adjacentes, que todos os anos sofriam com alagamentos e com o mau cheiro, principalmente, durante o período chuvoso. Durante a vistoria, o vereador Gutemberg Araújo agradeceu publicamente ao prefeito Edivaldo Holanda Júnior por atender mais esse pleito em benefício das comunidades de São Luís.

Reforma política em debate

ivaldorodriguesA Câmara Municipal vai debater nesta segunda-feira (06) a “Reforma Política” em audiência pública. Será o primeiro grande evento político após a páscoa e terá a participação da classe política, da sociedade civil, classes estudantil e religiosa, além de todos os seguimentos da sociedade. O autor do requerimento é o vereador Ivaldo Rodrigues. De acordo com o vereador, vários itens serão debatidos, como financiamento público de campanha, paridade, reeleição, entre outros assuntos. O juiz Marlon Reis, autor da lei da ficha limpa e do livro O Nobre deputado será o mediador.

Bárbara solicita recuperação de quadra

barbaraA Câmara Municipal de São Luís aprovou, por unanimidade, requerimento da vereadora Barbara Soeiro (PMN) – já encaminhado ao prefeito Edivaldo (PTC) e ao secretário municipal de Esportes e Lazer, Jerry Abrantes – pedindo a completa recuperação da quadra poliesportiva do Complexo Evandro Bessa de Lima (Campo do Tocão), no Jardim São Cristóvão. Bárbara explicou que a quadra poliesportiva é um importante instrumento de lazer e inclusão social, para os moradores do Jardim do São Cristóvão e bairros adjacentes.

Basileu pede asfalto para o BF

basileuO vereador Basileu Barros (PSDC) apresentou requerimento encaminhado ao prefeito Edvaldo Holanda Júnior (PTC) e ao secretário da Semosp, Antônio Araújo, pedindo a realização de serviços de asfaltamento da Rua Maceió e suas travessas, no Bairro de Fátima. No requerimento que já está nas mãos do prefeito e do secretário municipal, Basileu Barros esclarece que o asfaltamento é uma antiga reivindicação da comunidade, representada pela Associação de Moradores do Bairro de Fátima, que sempre lutou pelo benefício cobrado do poder público.

Único vereador do PMDB, Fábio Câmara ignora reunião com Edinho

Câmara não vai à reunião de Edinho e mostra a insatisfação de Murad com o pré-candidato

Câmara não vai à reunião de Edinho e mostra a insatisfação de Murad com o pré-candidato

Nem o próprio partido do pré-candidato ao governo do estado, Edinho Lobão (PMDB), esteve presente na reunião com vereadores da capital. O pré-candidato reuniu o grupo de vereadores aliados a dupla Pereirinha-Astro de Ogum. É o mesmo grupo que fez a campanha de Roseana Sarney na capital em 2010, com alguns novos nomes.

O curioso é que o vereador que deveria ser o principal cabo eleitoral de Edinho na capital ignorou a reunião. O único vereador do PMDB na capital, Fábio Câmara (PMDB), que faz um papel fundamental para o Clã Sarney, esteve fora da reunião.

Câmara faz a um ano e quatro meses o papel de agredir a administração do prefeito Edivado Holanda Júnior (PTC) para que os ataques atinjam o pré-candidato ao governo Flávio Dino (PCdoB). Apesar disso, não quis nem saber da reunião que teve a presença até de vereador do SDD e PDT.

Edinho arregimenta grupo de vereadores para campanha na capital

Edinho arregimenta grupo de vereadores para campanha na capital

A ausência de Câmara seria uma mostra da insatisfação de seu padrinho político, o secretário de Saúde Ricardo Murad. Edinho disse que foi ele quem mandou exonerar Murad da secretaria de Segurança e o clima entre os dois que já não era bom piorou.

PTB também insatisfeito

Outra ausência sentida na reunião foi a do vereador Pedro Lucas Fernandes (PTB). O deputado federal Pedro Fernandes também não está gostando do modo que está sendo tratado pelo pré-candidato e se antes estava preterido com relação ao Senado, agora é que não é nem citado.

 

Prefeitura e Câmara discutem Passe Livre estudantil

Canindé Barros fala sobre a situação da gratuidade e as possibilidades para implantação do Passe Livre estudantil

Canindé Barros fala sobre a situação da gratuidade e as possibilidades para implantação do Passe Livre estudantil

A Prefeitura de São Luís participou na manhã desta quarta-feira (14) de audiência na Câmara de Vereadores para debater a implantação do passe livre estudantil. O secretário de Trânsito e Transportes (SMTT), Canindé Barros, apresentou aos parlamentares o tratamento que está sendo dado ao tema pelo município e convidou os vereadores a participarem do processo de discussão para definição do sistema.

O secretário ressaltou que o diálogo para adoção de medidas eficazes no setor de mobilidade urbana é uma prioridade do prefeito Edivaldo Holanda Júnior. Ao final da audiência uma comissão composta por nove vereadores e 15 representantes de entidades estudantis  foi formada para manter o debate com a SMTT e o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros (SET) para a viabilidade da proposta de passe livre. Os participantes também adiantaram a discussão sobre a origem dos recursos para subsidiar o benefício e evitar prejuízos ao empresariado.
Todos os vereadores presentes e muitos representantes de entidades estudantis tiveram seus questionamentos respondidos pelo secretário Canindé Barros. “Chegou o momento de voltarmos a discutir com a classe estudantil. Eles foram parceiros em diversas ocasiões na história desta cidade. A comissão que se forma aqui será de extrema importância para que possamos avançar em busca de um transporte de mais qualidade”, afirmou o secretário de Trânsito e Transportes.
O debate sobre a implantação do passe livre estudantil em todo o país tramita no Senado Federal em projeto de lei apresentado pelo presidente da Casa, Renan Calheiros (PMDB-AL). Os recursos para garantir a tarifa zero seriam oriundos do pagamento de royalties do petróleo, arrecadação esta com aplicação prevista para a educação.
O vereador Pedro Lucas Fernandes (PTB), autor da proposição na Câmara de São Luís, lembrou que o projeto nacional prevê a realização de audiências públicas. Com as sessões que estão ocorrendo, a capital maranhense sai na frente das demais cidades, e assim que os recursos forem garantidos pelo governo federal, o passe livre poderia ser implantado.
“Precisamos aproveitar o momento em que o tema está sendo debatido pelo Congresso Nacional e poderemos ter o recurso do governo federal destinado exatamente para este fim. São Luís dá um grande passo para que a classe estudantil tenha este benefício garantido em um curto espaço de tempo”, declarou o parlamentar.
Durante a audiência, o secretário Canindé Barros expôs a situação do transporte público e da arrecadação das empresas, demonstrando que atualmente existe um déficit. Ele informou que uma ação importante para mudar o quadro é o trabalho que a Prefeitura está desenvolvendo para reduzir a fraude no uso da meia passagem estudantil.