Leonardo Sá desmente boato de desistência em Pinheiro

Leonardo Sá cada vez mais forte em Pinheiro

Leonardo Sá cada vez mais forte em Pinheiro

O candidato a prefeito de Pinheiro, doutor Leonardo Sá, fez contato com o Blog para esclarecer desmentir desistência de candidatura, conforme divulgado em alguns veículos de comunicação para desestabilizar a campanha do comunista.

Ele afirmou que repudia e desmente as mentiras espalhadas pelos seus adversários, que assim fizeram por desespero com o crescimento e fortalecimento da candidatura apoiado pelo governador Flávio Dino. Ele reafirma que sua candidatura permanece firme e amanhã fará a maior caminhada da história da cidade de Pinheiro, com o imenso apoio da população pinheirense.

“Isso tudo são inverdades que meus adversários estão tentando espalhar a todo custo porque sabem do crescimento da candidatura do 65 em Pinheiro, que é uma candidatura que nasceu da vontade do povo”, destacou Leonardo Sá.

Sobre a possibilidade de composição com Luciano Genésio, Leonardo Sá explicou que “nada  foi conversado até o momento, porém o Luciano deveria corrigir o erro que cometeu e declarar apoio à nossa candidatura. Só assim ele vai demonstrar que de fato quer mudar Pinheiro pra melhor”, enfatizou.

Dr. Leonardo reúne multidão em caminhada em Pinheiro

foto1Ontem (6), a cidade de Pinheiro esteve em festa, as principais ruas da cidade ficaram tomadas pelo vermelho usado por cerca de 8 mil pessoas que caminharam unidas, clamando pela  verdadeira mudança, junto com o candidato a prefeito Dr. Leonardo Sá (PCdoB) e sua vice Ana Paula Lobato (PDT).

Pinheiro vem sofrendo há anos os maus tratos da atual prefeitura que deixou a cidade abandonada. Entre os pedidos dos populares que se manifestaram durante o evento, estavam mais saúde, educação e saneamento básico.

O deputado estadual Othelino Neto (PCdoB) esteve presente durante todo o percurso, representando o governador Flávio Dino. Em seu discurso, ele enfatizou que Pinheiro faz parte do projeto do governo do estado que quer transformar o Maranhão em uma terra onde todos possam ter “mais dignidade, onde a economia possa se desenvolver e os cidadãos tenham qualidade de vida”.

foto3

O deputado Othelino Neto também desmentiu em público as inverdades que estão sendo propagadas pelo atual prefeito. “O atual prefeito foi para o programa eleitoral dizer que o Governo abandonou uma obra da Caema em Pinheiro. Só que ele não conta que a obra está paralisada porque ele mesmo não deixou acontecer. Filuca deu uma ordem impedindo que a construtora da Caema realizasse a obra em Pinheiro e ainda mandou ameaçar os trabalhadores da obra que iria beneficiar mais de mil famílias pinheirenses”, explicou.

Ao final do evento, Dr Leonardo discursou e foi muito aplaudido. Ele agradeceu a presença de todos e destacou que quer fazer uma administração que cuide das pessoas, principalmente dos mais pobres. “O sentimento que nos une e nos motiva é a forte esperança de uma Pinheiro melhor pra todos”.

Leonardo Sá apresenta plano de governo “Para Pinheiro mudar de verdade”‏

leonardo-sa2108O candidato a prefeito do município de Pinheiro pela coligação “Pinheiro de Todos Nós”, Dr. Leonardo Sá (PCdoB), apresentou em seu Plano de Governo protocolado junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), uma série de ações que vão garantir mais justiça social e oportunidades para todos os pinheirenses.

No programa, assinado pelo candidato e por sua vice, Ana Paula Lobato (PDT), Leonardo Sá apresenta uma série de propostas em áreas como “Agricultura e Pesca”, “Infraestrutura”, “Saúde”, “Educação”, “Cultura e Turismo”,”Emprego e Renda”, entre outras.

Intitulado “Para Pinheiro mudar de Verdade”, o Plano de Governo de Leonardo enfatiza que “é chegado o momento de Pinheiro ser um lugar onde todos tenham seus direitos assegurados, com a dignidade da qual todo ser humano necessita, baseada em uma boa educação, onde todos tenham acesso e garantia aos serviços de saúde, água e saneamento, entre outros direitos básicos”, frisa o documento.

Dr. Leonardo Sá é médico e foi o primeiro diretor do Hospital Macrorregional Dr. Jackson Lago de Pinheiro, inaugurado em 2015 pelo governador Flávio Dino, e que atende diariamente, além dos pinheireses, centenas de pessoas de toda a região da Baixada Maranhense.

Leonardo conta com o apoio do governador Flávio Dino para assumir o poder executivo municipal em Pinheiro. Inspirado na gestão democrática implementada por Dino, que vem garantindo a implantação de um conjunto de importantes transformações sociais em todas as regiões do Maranhão, Dr. Leonardo Sá vai garantir desenvolvimento socioeconômico para toda a população de Pinheiro, por meio de uma administração responsável e sensível às demandas sociais.

“O Maranhão passa por transformações importantes. É chegado um novo tempo, sem espaços para perseguições e ameaças, condutas que ficaram apenas no passado, mas que persistem em ter alguma sobrevida em nosso município. Desejamos que o município de Pinheiro não pertença a uma ou outra família, mas que seja devolvido a todos os pinheirenses”, destaca o programa do candidato.

Conheça algumas das propostas de Leonardo Sá “Para Pinheiro Mudar de Verdade”:

Infraestrutura

Refazer a estrutura da Feira Municipal de Pinheiro e colocar equipes de limpeza municipal e de obras à disposição para manutenção.

Reconstruir praças, com amplo espaço de lazer, wifi livre e segurança promovida pela guarda municipal em parceria com a PM.

Saúde

Reforma geral e ampliação do Hospital Municipal Antenor Abreu.

Construção de UPA’s.

Criar a Farmácia Popular Municipal de Pinheiro.

Educação

Valorização de professores, atendendo as obrigações trabalhistas legais.

Construção de escolas, contemplando Zona Rural e sede.

Construção de creches.

Fornecer fardamento escolar.

Fornecer merenda escolar de qualidade e balanceada nutricionalmente.

Garantir o transporte escolar dos alunos

Esporte e Lazer

Implantação de centros esportivos em bairros com quadras poliesportivas cobertas, campo de futebol, quadra de beach soccer e voleibol.

Instalar academias de todas as idades e academias ao ar livre em diversos pontos da sede e dos povoados

Assistência Social

Criar uma casa de acolhimento pessoas em situação de rua.

Criação de um Centro do Idoso.

Manter o Restaurante Popular e diminuir o preço da refeição.

Segurança

Estabelecer diálogo permanente e parceria com a Secretaria Estadual de Segurança Pública, de modo a aumentar o efetivo de Pinheiro.

Criar o Conselho Comunitário de Segurança.

Colocar em funcionamento o sistema de videomonitoramento (câmeras), ampliando o alcance

Emprego e Renda

Em parceria com o governo estadual, trazer o programa “MAIS RENDA” para o município de Pinheiro e complementar o programa com investimentos municipais.

Criar programas de capacitação, em parceria com instituições de fomento ao desenvolvimento do país, para profissionalizar adultos e jovens pinheirenses, aumentando a possibilidade de ingresso deles no mercado de trabalho.

Filuca Mendes nega impugnação da candidatura

O candidato a prefeito de Pinheiro, Filuca Mendes (PMDB), se manifestou por meio de nota ao Blog sobre o pedido de impugnação de sua candidatura. Filuca anexa a certidão da Justiça Eleitoral deferindo sua candidatura, por ter passado o período de impugnação.

Segue na íntegra a nota:

INFORMAÇÃO SOBRE IMPUGNAÇÃO DA CHAPA DE FILUCA MENDES EM PINHERO NÃO É VERDADEIRA.

Como já era esperado, com a consolidação da nossa candidatura, prossegue o bombardeio junto à opinião pública com inverdades. Acerca de matéria veiculada hoje neste blog, informamos:

  1. Não existe sentença condenatória de improbidade administrativa transitada em julgado no processo n.º 1765-11.2011.8.10.0052. A título de esclarecimento, transcreve-se,  trecho de certidão emitida pela Secretaria Judicial da 1º Vara da Comarca de Pinheiro (MA):

“[…] USANDO OS PODERES que me são conferidos por lei, CERTIFICO a requerimento da parte interessada, que após buscas realizadas no sistema ThemisPG, constatei a existência da Ação Civil Pública por Ato de Improbidade Administrativa, com registro 1765-11.2011.8.10.0052, distribuída no dia 04.10.2011, às 11h44min, tendo como parte Autora o Ministério Público Estadual em face de Filadelfo Mendes Neto. CERTIFICO mais que os autos encontram-se julgado, aguardando intimação das partes do interior teor da sentença dos Embargos Declaratórios. […] ”  

  1. Ressalta-se que somente o trânsito em julgado da sentença condenatória, ou proferida por órgão judicial colegiado, pode ensejar inelegibilidade, conforme Art. 1º, alíneas e) e l) da LC n.º 64/90. Tanto é verdade, que a candidatura de FILUCA MENDES sequer foi impugnada, conforme Certidão que você confere nesta.
  2. Sobre a resolução do Diretório Nacional do PT, trata-se de matéria intempestiva haja vista ter sido emitida após as convenções partidárias, ao prazo de registro de candidatos quando já DEFERIDO o registro da COLIGAÇÃO “PELO BEM DE PINHEIRO” e dos seus candidatos.
  3. Pretende a matéria criar fatos inverídicos tão somente para confundir a sociedade, caracterizando crime eleitoral capitulado no artigo 25 da Lei 64/1990, estando em curso as providências cabíveis no âmbito legal.

A bem da verdade dos fatos e por respeito ao povo de Pinheiro, solicitamos a publicação deste esclarecimento.

Da Coligação Pelo Bem de Pinheiro

DEFERIMENTO DA JUÍZA ELEITORAL 1DEFERIMENTO DA JUÍZA ELEITORAL

Nota do Blog:

O Blog ressalta que não emitiu juízo de valor se a contestação da coligação “Pinheiro de Todos Nós” está certa ou errada. Limitou-se a noticiar a impugnação. Vale sempre lembrar que impugnar significa contestar. A coligação do candidato Leonardo Sá (PCdoB) contestou a legalidade da chapa Filuca-César como demonstra o documento abaixo, alegando que o documento do diretório nacional do PT que proibiu a coligação com o PMDB só foi emitido dia 18 de agosto. O caso será analisado pela Justiça Eleitoral.

A coligação majoritária Pelo Bem de Pinheiro reforça que não sofreu qualquer impugnação a sua candidatura, tanto é verdade que o registro. “A Ação de Impugnação apresentada no blog se refere à coligação proporcional, portanto, de vereadores não existindo sequer citação para apresentação de defesa. A procedência ou improcedência da ação não influencia na candidatura de Filuca Mendes”, afirma.

Embora não seja possível separar candidatos a vereador em uma chapa e candidato a prefeito ou vice de um partido em outra chapa. Caso a Justiça Eleitoral derrube a chapa de vereadores, o entendimento mais lógico é retirar o PT da chapa majoritária de Filuca.

 

CCI23082016

Chapa de Filuca Mendes é impugnada por manter PT contra decisão nacional

filucaA chapa do candidato a prefeito de Pinheiro, Filuca Mendes (PMDB) foi impugnada. Isto porque manteve como vice César Soares do PT e os candidatos a vereador da legenda da estrela vermelha.

Leia também: Direção nacional decide que PT vai com Leonardo Sá em Pinheiro

A resolução da executiva nacional do Partido dos Trabalhadores determinou que a coligação do partido em Pinheiro seria com o PCdoB, cujo candidato cabeça de chapa é o médico Leonardo Sá.

Contrariando a determinação da direção nacional, os petistas de Pinheiro firmaram aliança com Filuca. A chapa agora corre risco.

 

Leonardo Sá dá início à campanha de rua com grande bandeiraço em Pinheiro

Apoio 6A campanha eleitoral promete grandes surpresas para a cidade de Pinheiro. Se muitos diziam que apenas um candidato estava preparado para fazer movimentações na cidade, Leonardo Sá (PCdoB) deu início à corrida eleitoral em grande estilo.

Na manhã deste sábado (20), milhares de pessoas se reuniram para compor um bandeiraço em apoio à candidatura de Sá, que mostrou grande capacidade de liderança e organização. Ao percorrer a principal avenida da cidade, o comunista recebeu muitas manifestações de carinho e adesões à sua campanha.

Apoio 1O bandeiraço foi encerrado na feira municipal, que é um dos principais símbolos do descaso da atual gestão. Por lá, as reclamações são grandes quanto à falta de higiene e de salubridade.

Ao encerrar sua participação no movimento deste sábado, Sá afirmou que contará com o apoio maciço do governador Flávio Dino “para ajudar a transformar a realidade de todo município de Pinheiro, assim como tem sido feito em todo o Maranhão”.

Direção nacional decide que PT vai com Leonardo Sá em Pinheiro

leonardo sa

Uma baita queda para a candidatura de Filuca Mendes (PMDB) em Pinheiro. O atual prefeito contava com a reedição de dobradinha com o PT e ter um grande tempo de televisão graças à legenda da estrela vermelha. Mas o jogo virou. Ofício do diretório nacional do partido confirmou nesta sexta-feira (12), que o PT de Pinheiro irá coligar com Leonardo Sá (PCdoB).

Leonardo ganha um bom tempo de televisão para sua campanha e Filuca deve ficar com menos tempo do que Luciano Genésio (PP). Além disso, o vice de Filuca era justamente do PT, César Soares. Agora, terá que remontar a chapa.

Foto de Clodoaldo Corrêa (2)O atual prefeito provou do próprio veneno, já que via Roberto Rocha (PSB) e  seu filho, deputado Victor Mendes, conseguiram via nacional desfazer a aliança entre PP e PCdoB em Pinheiro.

O diretório estadual do PT maranhense também se movimentou e garantiu que a nacional promovesse intervenção para desfazer a aliança com o PMDB. Afinal, o PMDB é adversário do PT e o filho do prefeito, deputado Victor Mendes (PSD), votou a favor do impeachment da presidente Dilma.

Othelino explica quebra de acordo que levou à candidatura de Leonardo Sá em Pinheiro

Foto67-SESSÃO ORDINARIA - 140316 - por J R LISBOA (Medium)O deputado estadual Othelino Neto (PCdoB) foi à tribuna esclarecer  o posicionamento político do grupo liderado pelo PCdoB em Pinheiro que resolveu confirmar a candidatura do médico Leonardo Sá a prefeito, após rompimento de acordo político por parte do suplente de deputado estadual Luciano Genésio (PP). “Achei necessário vir fazer esses esclarecimentos para que não ficasse uma confusão na opinião pública”, disse.

Pelo acordo político fechado anteriormente, Leonardo Sá, em nome da união da oposição, renunciaria à candidatura para ser vice na chapa encabeçada por Luciano Genésio. Porém, uma articulação feita pelo atual prefeito Filuca Mendes (PV), via Brasília, provocou uma intervenção no PP de Pinheiro, impossibilitando a composição  com o PCdoB. “Vejam que não foi uma resolução genérica proibindo alianças no Brasil todo ou mesmo no Maranhão. Foi específica para o município de Pinheiro”.

Othelino explicou que se o seu grupo político mantivesse a aliança, tendo como vice Leonardo do PCdoB, o PP nacional iria fazer uma intervenção no partido e a chapa ficaria judicializada durante toda a campanha, prejudicando até a apresentação de propostas aos eleitores. “Na prática, o PP faria a intervenção e iríamos ter que passar a campanha toda na Justiça, em vez de cuidar do principal, que são as propostas para melhorar a cidade de Pinheiro. Ficaríamos preocupados com um embate judicial, que tiraria o foco principal da campanha”, disse.

Segundo o deputado, após o problema de intervenção no PP, todo o grupo, incluindo Luciano Genésio, reuniu-se com o  presidente do PCdoB, Márcio Jerry, e, diante do impasse e dos riscos, acertou que o candidato da oposição seria Leonardo Sá e que o suplente de deputado indicaria o vice.

“Mas, para nossa surpresa, quando chegou o horário da convenção, Luciano Genésio mudou de ideia e não confirmou o acordo. Quando não se cumprem acordos políticos, acaba que a reação não é a desejada”, comentou.

Diante do não cumprimento do acordo entre todas as partes envolvidas, o grupo, incluindo todos os partidos aliados, decidiu que o PCdoB lançaria candidato próprio em Pinheiro. Na composição, o PDT indicou a candidata a vice-prefeita, Ana Paula Lobato, esposa do deputado Othelino.

A Frente, que apoia Leonardo Sá, inclui partidos como DEM, PDT, PCdoB, PRB,  PR, PSC, PEN, PSB, etc. “Essa ampla Frente terá condições de mostrar para a cidade de Pinheiro que é possível ter outra alternativa”, disse o deputado.

Luciano retira candidatura e Leonardo Sá será o candidato de Flávio em Pinheiro

lucianoflavioleonardoothelino

Blog da Silvia Tereza – O suplente de deputado Luciano Genésio (PP) retirou candidatura a prefeito de Pinheiro, na noite desta sexta-feira (05), em nome da união da oposição contra o atual prefeito Filuca Mendes (PV), e apoiará a candidatura do vereador e médico Leonardo Sá (PCdoB) que formou coligação com a força de 16 partidos. A esposa do pepista,  Thaísa Hortegal (PCdoB), será a  candidata a vice-prefeita na chapa.

A reviravolta se deu por conta da intervenção forçada e manipulada do PP nacional, na quinta-feira (05), impedindo a chapa Luciano Genésio, candidato a prefeito, e Leonardo vice-prefeito. A inesperada estratégia da oposição cai agora como uma bomba nos planos de reeleição do prefeito de Pinheiro, Filuca Mendes (PV),  tido como o “estimulador” da decisão do PP.

Com tentáculos em Brasília, leia-se o senador Roberto Rocha (PSB), Filuca Mendes (PV), havia se mexido em uma trama para provocar uma intervenção no Partido Progressista (PP) em Pinheiro, impedindo a aliança com o PCdoB do vereador Leonardo Sá. Desesperado por ver seu projeto de reeleição ir por água a baixo, o alcaide pensou que estivesse “dando um golpe” em Luciano Genésio, mas o feitiço virou contra o feiticeiro no último prazo da convenção.

Segundo o deputado estadual Othelino Neto (PCdoB), que apoia a oposição em Pinheiro,  a intervenção no PP foi uma violência contra a vontade de mudança manifestada pela população.  “A resposta nós vamos dar nas urnas com a oposição unida”, disse.

Entenda o caso

O senador Ciro Nogueira, presidente nacional do PP, determinou, na quinta-feira (04), que a legenda não compusesse com o PCdoB no município, o que inviabilizou a chapa governista encabeçada pelo suplente de deputado Luciano Genésio.

Desesperado com a possibilidade de não se reeleger, Filuca cobrou a fatura do PP pelo voto do filho, o deputado federal Victor Mendes, a favor da admissibilidade do impeachment de Dilma Rousseff (PT) na Câmara Federal. Foi buscar apoio com Roberto Rocha para a trama.

Primo da ex-governadora Roseana Sarney (PMDB), o prefeito apostava na divisão da oposição para vencer em outubro. No entanto,  semana passada, a oposição decidiu se unir e o médico Leonardo Sá retirou candidatura a prefeito para ser vice de Luciano.