Ribamar Alves quer colocar “água no chopp” de Antonio Almeida

A pendenga entre as duas alas divergentes do Partido Socialista Brasileiro no Maranhão promete ficar ainda mais ríspida com a eleição do Diretório estadual da legenda neste sábado (29). Atualmente, o PSB maranhense está sob o comando de uma comissão provisória, liderada por José Antonio Almeida, que deve ser candidato único. O problema é que o deputado federal Ribamar Alves (PSB), principal concorrente de Almeida, promete melar o processo eleitoral.

O grupo liderado por José Antonio Almeida conta com o apoio do ex-governador José Reinaldo Tavares. Nos últimos meses, Almeida e Alves tem travado um verdadeiro duelo de bastidores pelo comando, já que o deputado não se “bica” com o ex-governador. O evento socialista ocorre às 9h, na Assembleia Legislativa.

Em conversa com o titular do blog, Ribamar Alves disse já entrou com requerimento na Direção Nacional da legenda para que não acate o resultado do processo eleitoral que considera fraudulento. Ele realizou o mesmo procedimento nas eleições socialistas de 2005 e 2008 contra Antonio Almeida. “Não houve reunião da executiva do partido até hoje. Não se sabe quais diretórios foram aprovados. Tudo é feito às escondidas e não darei legitimidade a um processo fraudulento”, afirmou.

Ribamar Alves estava indignado que disse não querer nem saber onde seria realizado o Congresso do PSB. Ele disse que todo seu grupo estava indignado com a forma como Almeida articulou o evento. Segundo o deputado, o grupo do atual presidente do PSB mandou um Ofício que chegou em suas mãos na noite de segunda-feira e um secretário do partido ligou dizendo que eles estavam o esperando para reunião da executiva, mas que não teria sido comunicado oficialmente por Zé Antonio e em tempo hábil para a reunião de segunda, que deliberou sobre o processo eleitoral.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.