Caso de estupro divulgado na Web entra na pauta da AL

Deputada Eliziane Gama

A deputada Eliziane Gama (PPS) levou para a tribuna da Assembleia Legislativa a discussão sobre o caso de estupro de uma adolescente, no qual o vídeo foi divulgado na internet e teve grande repercussão nas redes sociais em São Luís.
 
Eliziane, que é presidente da Comissão de Direitos Humanos, denunciou que as adolescentes não estão recebendo o atendimento terapêutico e o laudo psicossocial ainda não foi emitido.

Ela lembrou ainda que as pessoas que estiverem armazenando e divulgando as cenas também estão cometendo crime. “Quero lembrar que quem está contracenando neste ato de abuso, quem propaga essa imagem, armazena ou recebe no seu e-mail e guarda no seu computador, todos esses estão cometendo crime”.

Na tarde de hoje (3), os familiares e também uma das adolescentes vítimas de abuso sexual foram ouvidos pela Comissão na Assembleia.

As adolescentes teriam sido levadas da porta do Colégio Paulo VI, na Cidade Operária. O vídeo foi disseminado pela internet e através de celulares. O caso estava sendo investigado pela Delegacia da Cidade Operária e será transferido para a Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA).

A polícia já pediu a prisão de dois dos três jovens que aparecem abusando das duas adolescentes, porém até agora não foram encontrados. Há suspeita de que os três já tenham deixado a capital.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.