Último dia da AL em 2011 deve ser marcado pela Pizza de Babaçu

Amanhã (22) será o último dia de trabalho no parlamento estadual. Na Assembleia Legislativa será divulgado o relatório da Corregedoria sobre o caso do pagamento de propina para aprovação do projeto Babaçu. O caso, como todos já esperávamos, deve terminar em pizza mesmo.

A corregedoria até demonstrou algum empenho, convocando várias pessoas para esclarecer o ocorrido e ouviu a todos. Mas como a maioria dos depoimentos foi apenas de completa negação de qualquer envolvimento e não existem provas circusntanciais, a apuração deve ser encerrada por isso mesmo.

Durante as investigações foram ouvidos Stênio Rezende (PMDB), Rogério Cafeteira (PMN), Rubens Pereira Jr (PCdoB), Alexandre Almeida (PTdoB), Tatá Milhomem (PSD), César Pires (DEM) e o presidente da Sinduscon, o Mota Filho.

Houve ainda uma acareação entre Rogério Cafeteira e o Mota Filho, que teriam se encontrado em um avião. Alguns deputados serão julgados, mas a absolvição é iminenete.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.