Simplício Araújo diz que devolve se receber ajuda de custo de R$ 26,7 mil

Posse de Simplício Araújo na Câmara Federal.

O suplente de deputado federal, Simplício Araújo (PPS) que assumiu a vaga na Câmara Federal, disse que ainda não recebeu absolutamente nenhum centavo da Câmara federal desde que assumiu o mandato, em 19 de dezembro. Apesar de trabalhar apenas cinco dias, o suplente, que assumiu no final do ano a vaga de Ribamar Alves (PSB), teria direito a um salário de R$ 26,7 mil de ajuda de custo, equivalente a um salário extra. Ou seja, R$ 53 mil por quatro dias de trabalho.

Araújo disse que ainda não se interou sobre remuneração na Casa, mas garante que se receber a ajuda de custo, que é anual, sendo que o dono da vaga, Ribamar Alves (PSB), já teria recebido, iria devolver à Câmara.  “Até hoje, dia 05 de janeiro, não recebi um centavo sequer da Câmara Federal em minha conta. Abri uma conta salário e esta encontra-se zerada. Caso receba a ajuda de custo, irei devolver”, garantiu.

 Sobre a carreata na sua cidade, Pedreiras, assim que assumiu, Simplício diz que não teve participação na organização do evento e foi surpreendido. Ele também desmente que a teria realizado antes de assumir, pois soube que assumiria no mesmo dia que tomou posse. “A Carreata foi feita após a minha posse. Não houve nenhuma programação, tanto que foi uma coisa desorganizada do ponto de vista das carreatas que costumamos fazer. Não fui eu quem organizou. Amigos e pessoas que se alegraram com a minha chegada à Câmara que fizeram a carreata, por ser representativa para a região de Pedreiras”, garantiu.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.