Tadeu Palácio e suas peripécias

Tadeu Palácio abre o jogo

Questionado o proquê de sua saída da secretaria estadual de turismo sem conversar com a governadora, Tadeu Palácio foi enfático em afirmar que não devia explicações a ela uma vez que não foi ela quem o convidou. “Quem me chamou foi o Fernando Sarney. Ele insistiu com três tentativas, em três situações diferentes e eu estava relutante. Até que por uma situação de força maior eu fui. Assim, não pedi para Roseana para sair, do mesmo modo como não pedi para entrar. No PMDB, nunca fui chamado para uma reunião. Não fazia parte da vida política do partido”.

Segundo Tadeu, era impossível fazer as realizações na área do Turismo com o orçamento da secretaria. Pediu várias vezes apoio ao então ministro do Turismo, Pedro Novais (PMDB) e não obteve. 

Jackson Lago

“É importante deixar claro que nunca rompi minha relação com Jackson Lago. Fui aliado dele em todos os momentos. Desde que eu era do PL, em seu primeiro mandato. Achei apenas que poderia ter mais apoio com ele no governo”.

 Por que o PP

“O Flávio Dino me convicou para o PCdoB. Mas o partido tem menos de 1 minuto de tempo de televisão. O PV me convidou, o PR me convidou. Mas acabamos aceitando a proposta do PP, pois o partido tem o quarto maior tempo de TV e assim, eu traria a minha densidade eleitoral aliada a um bom tempo de propaganda na TV”.

Lançamento da Pré-candidatura

O lançamento da pré-candidatura de Tadeu Palácio foi visto no meio político como um atropelamento dos outros pré-candidatos do grupo de oposição. Tadeu afirmou que apenas oficializou a situação que já existia. “Quem primeiro manifestou o desejo de ser pré-cnadidato foram os companheiros Flávio Dino, Eliziane Gama e Roberto Rocha. Apenas foi oficilizado meu nome. Assim, caso o PP tenha candidatura própria, serei eu o candidato”.

Candidatura de Flávio Dino

Tadeu Palácio afirmou que pelas conversas que têm tido com Flávio Dino o sentimento dele é este mesmo que está sendo colocado. Não sabe se será candidato ainda porque analisa se é melhor sair agora ou aguardar para 2014. Mas Tadeu o aconselha a esperar. “A prefeitura está sucateada. Caso o lávio entre agora e já pegando um período chuvoso no começo do ano será complicado. Acredito quer o melhor seja ele ficar coeso com o grupo e aguardar 2014″.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.