PDT se valoriza, mas deve ficar mesmo com Castelo

Weverton conversou com Edivaldo, mas nada de concreto por enquanto.

Os rumores de que o PDT deve abandonar a aliança com o prefeito João Castelo (PSDB) para compor uma chapa encabeçada pelo deputado federal Edivaldo Holanda Júnior (PTC) tem um “Q” de verdade, mas dificilmente se consolidará esta aliança. A especulação partiu do próprio PDT como forma de se valorizar para que o prefeito João Castelo não ache que a legenda está acomodada e satisfeita com o que possui hoje na prefeitura.

O PDT tem seis secretarias municipais e ainda recebeu um gesto do prefeito com a licença de quatro meses do deputado federal Carlos Brandão, cedendo a vaga para Weverton Rocha (PDT). ainda é discutida uma nova licença para os pedetistas se sentirem ainda mais agraciados.

Fontes pedetistas disseram que de fato, existiram algumas conversas entre Julião Amim (presidente estadual de legenda) e Weverton Rocha com Edivaldo Holanda Jr., mas sem avanços na negociação. 

É mais uma forma do partido se valorizar e dar um recado ao prefeito: “estamos vivos e não estamos acomodados. qualquer coisa, temos para onde ir”. Mas, ao que tudo indica, os pedetistas não devem trocar o certo pelo duvidoso.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.