Chico Viana deixa a Câmara Municipal com sentimento de frustração

Chico Viana volta á suplência.

O tom da frustração marcou a sessão de despedida do vereador Chico Viana (PSDB) da Câmara Municipal. A palavra foi usada pelo próprio tucano que deve voltar a apresentar um programa de televisão diário na próxima semana. Viana falou da dificuldade que é estar em um poder que não tem poder.

“Mudei muito minha visão do vereador. Existe muita boa vontade. O pessoal trabalha. Mas o que é um poder que não tem força. Dá uma frustração você fazer leis e elas não serem cumpridas”, avaliou

O tucano de língua afiada na defesa de suas posições deixa a casa para dar lugar ao titular Gutemberg Araújo (PSDB) que deixou a secretaria municipal de saúde para reassumir seu posto em virtude da incompatibilidade (candidatos a vereador devem deixar cargos públicos até seis meses antes do pleito).

Já tivemos nossos atritos (relembre), mas aprendi a admirar a forma como defende suas ideias (embora eu não concorde com muitas delas). O parlamento perde um pouco sem a presença do vereador de rico conhecimento e pouca medida com as palavras.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.