Divisão no PSB

O Partido Socialista Brasileiro (PSB) continua dividido quanto a seu destino na capital maranhense. Durante a oficialização do apoio de Flávio Dino (PCdoB) à pré-candidatura de Edivaldo Holanda Júnior, o presidente da Executiva Municipal do partido, Roberto Rocha disse que o partido ficaria com a candidatura de Edivaldo Jr.

Questionado sobre as duas secretarias municipais que tinham membros do PSB como titulares (José Reinaldo na secretaria de governo e Othon Bastos na Ciência e Tecnologia), Rocha afirmou que a direção do partido é com edivaldinho e os membros estriam lá por conta e risco. “O partido está aqui (com Edivaldo). O que estiver fora daqui são pessoas em situação individualizada. Mas a decisão do partido é apoiar a candidatura do deputado Edivaldo Holanda Júnior”, afirmou.

Em contato com o titular do blog, o presidente do Diretório estadual do PSB, José Antonio Almeida, disse que a situação não era bem assim. Almeida afirmou que o partido ainda estava discutindo a situação e haviam as teses de apoio a Castelo e a Edivaldo Júnior dentro da legenda. “É uma discussão que ainda não está esgotada. A única candidatura totalmente descartada é a do candidato do governo do estado. Mas, por enquanto, existe um grupo defendendo a aliança com o prefeito e outro com o deputado Edivaldo Holanda Júnior. Vamos continuar discutindo”, afirmou.

Mas Almeida deixou claro que em última instância a decisão era da direção nacional do partido.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.