Três PPS’s nas eleições deste ano

Eliziane que PPS com Tadeu Palácio.

O Partido Progressista Social (PPS) enfrenta sua divisão mais profunda após a saída da deputada Eliziane Gama da corrida pela sucessão ao prefeito João Castelo (PSDB). A deputada não quer o partido com Castelo e também não gostou nada da indicação de Edivaldo Holanda Júnior (PTC) como o nome escolhido do grupo.

Em conversa com o titular do blog na semana passada, ela já demonstrava a insatisfação com a tendência do PCdoB em indicar o deputado federal e se que preferia Tadeu Palácio. E foi o que fez. Eliziane irá apoiar a candidatura de Palácio. Ela foi na manhã desta segunda -feira (11) à coletiva de imprensa do ex-prefeito declarar solidariedade e apoio ao pré-candidato.

O presidente do diretório municipal da legenda, vereador Vieira Lima, já havia anunciado que se Eliziane não fosse candidata queria rediscutir o caminho da legenda. Vieira, defende a aliança com o prefeito João Castelo. Ele tem o apoio do suplente Batista Matos e de muitos membros da legenda na administração municipal. O vereador estava só esperando o ato que se confirmou hoje (11) para retomar as rédias e levar o partido de volta à aliança com o PSDB.

O suplente de deputado estadual em exercício e secretário-geral do PPS, Othelino Neto, esteve hoje (11) na coletiva de Edivaldo Holanda Júnior e já disse que defenderá a aliança do partido com a cnadidatura do petecista. Othelino deve ao PCdoB o fato de estar exercendo mandato na Assembleia Legislativa, já que só pode assumir com a licença de Rubens Pereira Júnior (PCdoB). Por isso, segue as orientações comunistas. Sempre em rodas de articulação política, Othelino já mostrou em outras oportunidades que nao é fraco.

Vale esperar para ver qual o desfecho dessa disputa no PPS que promete ser briga de “cahocrro grande”. Vai sair faísca!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.