Vale a pena comparar

Muitos colegas da imprensa acham um absurdo a comparação de pesquisas feitas por institutos diferentes com metodologias diferentes. Acho que a pesquisa em si é apenas um meio de comparação e análise do momento eleitoral, assim, não vejo motivos para não comparar os resultados de institutos diferentes, até para que o eleitor tire suas conclusões também sobre qual é o instituto mais confiável.

Na Pesquisa Escutec, o prefeito João Castelo (PSDB) aparecia com 26,3%. Mesmo sempre tendo um alto índice de rejeição, o prefeito liderou as três pesquisas e teve a maior angulação para cima no gráfico, passando para 27,1% na Perfil e 31,2% na DataM.

Edivaldo Holanda júnior (PTC), que era apenas o terceiro com 17,4% na Escutec, passou a ser segundo nas duas pesquisas seguintes. Na Perfil teve 21,1% e na dataM, 21,4%. Mesmo com percentual maior na DataM, a distância para Tadeu Palácio é menor nesta, podendo até ser considerado um empate técnico pela margem de erro.

Tadeu Palácio (PP) que estava empatado tecnicamente com Castelo na Escutec, passou para terceira colocação nas outras duas. Na perfilm ficou com 15,3% e na DataM teve melhor desempenho com 19,9%.

Os demais candidatos tiveram pouca oscilação.

O que mais chamou mais a atenção vou a diferença entre os indecisos e que não votam em nenhum candidato da perfil para as outras duas. No gráfico acima, é possível perceber o Ponto alto dos “sem candidato” na pesquisa Perfil. A oscilação de Tadeu Palácio também é fator em maior evidência quando se compara as três pesquisas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.