Edivaldo não vai à plenária do PCdoB como anunciaram os comunistas

Plenária do PCdoB foi inflamada pelo anúncio de que Edivaldo Jr. participaria, o que não ocorreu.

Sem questionar se o prefeito eleito Edivaldo Holanda Júnior (PTC) deveria ou não comparecer à plenária do PCdoB que avaliaria o crescimento do partido nas eleições deste ano, o fato é que ele não foi, como anunciaram os comunistas.

Poderiam dizer que foi colocado pro blogs e não por eles que Edivaldo estaria na plenária, porém, horas antes do evento, o presidente municipal do PCdoB, Márcio Jerry, confirmou a presença via Twitter. A imprensa toda na porta do PCdoB e o grande número de simpatizantes que só foram ao local por conta da presença ilustre se decepcionaram.

Depois, o presidente do PCdoB minimizou a ausência e disse que a plenária era um encontro normal do partido e houve apenas um convite de cortesia. Até a Assessora de imprensa do candidato dizia que ele estaria no evento no local, o que acabou não se confirmando.

Quanto ao mérito, acho que Edivaldo não deveria mesmo comparecer. Primeiro porque era um evento do PCdoB e cabe aos membros do PCdoB discutirem os rumos de seu partido e suas vitórias nesta eleição. Segundo pelo fato de que inevitavelmente Edivaldo teria que responder para a imprensa a incômoda pergunta sobre a tarifa de ônibus, pergunta que no momento não tem uma resposta, porque a prefeitura não tem colaborado com a equipe de transição e como pode o prefeito eleito que ainda não teve acesso a nada falar sobre como será a tarifa de ônibus. Por isso, é melhor que o trabalho da equipe de transição avance mais um pouco primeiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.