PRP quer ser grande até 2022

Ovasco Resende, presidente nacional do PRP.

O presidente nacional do PRP, Ovasco Resende, esteve no Maranhão nesta sexta-feira (11) para fazer a avaliação dos resultados do partido na eleição de 2012 no Estado. No Maranhão, o PRP elegeu 61 vereadores, três vice-prefeitos e o prefeito de São João do Caru. Ao todo, foram eleitos 581 vereadores e 27 prefeitos do PRP em todo Brasil. O parido ainda terá que suas muito, pois ainda não tem representante no Congresso Nacional.

As pretensões do pequeno partido são audaciosas a nível nacional e no Maranhão, onde pretende lançar o ex-prefeito de Santa Rita, Hilton Gonçalo, como candidato a governador em 2014. Ovasco disse que o partido ainda não se definiu sobre qual será sua posição nacionalmente, aguardando as decisões estaduais. “Nosso projeto maior é chegar a 2022 com um candidato á presidência da República com condições de disputa. Vamos organizar as bases para 2014 voltados para o que podemos galgar”.

O presidente confirmou a possibilidade de candidatura própria a governador em 2014 no Maranhão. Ele disse que a direção regional do partido, liderada pelo vereador Francisco Chaguinhas tem autonomia para escolher os destinos. “Cada regional tem sua autonomia de escolher o que é melhor para o partido. Os resultados aqui formam muito bons, por isso viemos prestigiar. Os líderes do partido no Maranhão têm tomado decisões acertadas. Eles têm toda a autonomia. Aqui já tivemos um grande avanço para 2014 e temos base para candidatura própria”.

Sobre a posição do partido nacionalmente na eleição de 2014, em relação a dicotomia PT-PSDB, Ovasco afirmou que o partido hoje é autosuficiente e isso o coloca em função privilegiada para escolher. “O PRP é independente. Teremos um tempo agora de preparar os filiados, preparar a militância. Vai depender primeiro das definições estaduais a definição nacional. Queremos ser grandes e não seremos à sombra de outro partido”, afirmou.

O presidente regional do PRP, vereador Francisco Chaguinhas, afirmou que o partido está com foco de estar fora do grupo da governadora e do grupo de Flávio Dino. “Aqui no Maranhão, ainda temos um Vasco x Flamengo de Sarney x Antisarney. Queremos levantar outras propostas. O presidente nacional está visualizando a reforma política que deve minar as pequenas, já visando ter o PRP como partido de maior porte em pouco tempo”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.