Deputados com mandato cassado na ditadura são “rediplomados”

Foi realizada na tarde desta segunda-feira (18) a sessão solene comemorativa do Dia do Poder Legislativo. Os deputados estaduais cujos mandatos foram cassados pela ditadura militar Benedito Buzar, Sálvio Dino e Kleber Leite tiveram os diplomas devolvidos.

“Esta Casa tem como patrono Manoel Beckman, que foi um parlamentar municipal que teve o seu mandato e teve a sua vida ceifada, enforcado, quando subiu o cadafalso e dizia pelo Maranhão eu morro contente. Hoje eu não estou dizendo que morro contente, eu digo que sou feliz porque o Maranhão tem um Poder Legislativo que engrandece essa terra”, afirmou Sálvio Dino, ao agradecer a homenagem.

“Com este gesto, a Assembleia Legislativa abre uma reflexão importante para nosso estado. Aponta que é preciso revisitar o passado para projetar um futuro melhor, aprendendo com os erros cometidos e, desta forma, ajudando o Maranhão a crescer democraticamente, com vistas ao combate à exploração, a todo tipo de repressão,” avaliou o filho de Sálvio, o hoje principal nome da oposição no Estado, Flávio Dino.

O escritor Benedito Buzar, atual presidente da Academia Maranhense de Letras, também se emocionou, frisando o gesto de devolução do mandato que fora cassado há 49 anos.

“A emoção é muito grande porque esta Casa soube se redimir daquele grande pecado que foi cometido naquela época, e eu estou aqui pronto para, de posse deste diploma, com a minha voz, embora eu não tenha, eu e Sálvio Dino direito de votar, mas nós estaremos aqui prontos para colaborar com esta Assembleia naquilo que for ao nosso alcance dentro das nossas possibilidades”, discursou Benedito Buzar.

Os homenageados sugeriram que a Assembleia Legislativa continue com os debates acerca dos cerceamentos de liberdade ocorridos ao longo da história do estado e se colocaram à disposição para dar seus depoimentos sobre as vivências da época do regime ditatorial. O presidente da Casa, Arnaldo Melo, aceitou a sugestão dos homenageados.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.