Roberto Rocha diz que não abre mão de candidatura a Senador

O vice-prefeito de São Luís, Roberto Rocha (PSB) disse em bate-papo com jornalistas na tarde de segunda-feira (11) durante a reunião de avaliação da prefeitura, que não irá abrir mão da candidatura a Senador. Para Rocha, o PSB só abriria mão se fosse para ter candidato a governador, o que não deve ocorrer.

Rocha alegou que já fez muito pela oposição, já tendo abdicado de candidatura a governador em favor de Jackson Lago. Segundo o vice-prefeito, toda a articulação envolvendo a candidatura a prefeito de São Luís, envolvia também sua candidatura. “Nós começamos a caminhar na eleição municipal de São Luís. Tudo acertado para Edivaldo candidato a prefeito, Roberto Rocha senador e Flávio Dino governador.Não ter porque desfazer tudo que foi construído. Quando a oposição faz conta de somar, ganha”, afirmou.

Questionado sobre a possível pretensão de Zé Reinaldo Tavares em disputar o Senado também, Rocha desconversou, afirmando que a pergunta deveria ser feita a Tavares, mas disse que conversa com o ex-governador evem tendo boa relação. Vale lembrar que a relação entre os dois é conflituosa. Até hoje, Reinaldo atribui a Rocha sua derrota na candidatura a Senador em 2010, dividindo os votos oposicionistas.

Rocha diz que é contrário às Vias alternativas. Para ele, quando a oposição comanda o processo, deve fazer de tudo para vencer logo no primeiro,já que para ele,o candidato do governo não estará à frente no período das convenções. Mas em caso de segundo turno, o candidato governista ganha força.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.