“Desvotar” na Câmara Municipal é coisa antiga

Ivaldo reclamou de quem "desvotar" sobre Secretaria de Cultura

Ivaldo reclamou de quem “desvotar” sobre Secretaria de Cultura

O vereador Ivaldo Rodrigues (PDT) fez uma árdua defesa nesta terça-feira (14) para a derrubada do veto do prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT) com relação à criação da Secretaria Municipal de Cultura.

Ivaldo foi contra os sucessivos pedidos de vista como forma de retardar a votação, e disse que tinha  posição firme: era contra o veto e pronto. O pedetista foi além, afirmando que os vereadores que estavam na legislatura passada e aprovaram o projeto, seriam incoerentes no que ele atribuiu como “desvoto”. “Eu não posso desfazer o voto que eu fiz no mandato passado. Eu votei a favor da secretaria. Como eu vou ‘desvotar’ agora? O vereador que fizer isso está ‘desvotando’ e é um absurdo no ponto de vista da coerência política, da ética, da moral. Se desvotar não existe, eu coloco no dicionário agora, porque é isso que está acontecendo aqui”. Ivaldo ainda prometeu mostrar à imprensa a lista de todos que votaram a favor da secretaria na gestão passada.

Logo depois,o vereador Chico Carvalho (PSL), que foi um dos que aprovou a criação da secretaria na gestão passada e agora votará a favor do veto, comentou as declarações de Ivaldo. “Eu já vi isso várias vezes nesta Casa. Na legislatura passada, vários projetos aprovados voltavam com o veto do prefeito João Castelo e o vice-líder do governo, que era o vereador Ivaldo Rodrigues, votada a favor do veto, mesmo tendo aprovado primeiramente o projeto. Então, ele ‘desvotou’ várias vezes”, afirmou.

Chico Carvalho lembrou que o próprio Ivaldo "desvotou" várias vezes na última legislatura.

Chico Carvalho lembrou que o próprio Ivaldo “desvotou” várias vezes na última legislatura.

Para Carvalho é apenas birra de três vereadores que ainda está emperrando a votação do veto. “Eu nunca vi em processo democrático, minoria ganhar de maioria”.

Vereador muito ligado a movimentos culturais, sendo o patrono do Bloco “Lapada”, do Cohatrac, Ivaldo, com todo o direito de ir contra o veto para dar satisfação a muitos de seus eleitores, mas macular os demais que fizerem algo que ele fez muito na última legislatura, e em outras, não dá.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.