Mesmo com violência em alta, Assembleia barra convocação de Aluísio Mendes

Aluísio Mendes, como de praxe, é blindado na Assembleia.

Aluísio Mendes, como de praxe, é blindado na Assembleia.

A bancada da governista rejeitou nesta tarde de segunda-feira (20) a convocação do secretário de Segurança Pública do Estado, Aluísio Mendes, proposta pelo deputado Rubens Pereira Júnior (PCdoB), para dar explicações sobre o elevado índice de criminalidade que assola o Maranhão, principalmente a cidade de São Luís, onde somente entre os meses de abril e maio deste ano foram registrados 122 assassinatos.

Ao comandar a rejeição do requerimento, que convocaria o secretário para dar informações sobre o planejamento estratégico para combater a criminalidade, o líder do governo sugeriu que uma comissão de deputados fosse até o gabinete do secretário para que ele apresentasse o plano do governo e o sistema de videomonitoramento, mas a oposição rejeitou o convite e manteve a convocação, no que foi derrotada.

Na avaliação do deputado Marcelo Tavares (PSB), a bancada governista rejeitou a convocação para evitar que o secretário seja confrontado com a realidade. A interpretação de Tavares faz sentido, uma vez que somente em abril ocorreram 76 assassinatos. Comparado com o mesmo período do ano passado, houve um acréscimo de 64 por cento. Neste mês de maio já foram registrados outros 46 assassinatos, 119% superior em relação a maio de 2012.

Apesar das denúncias dos parlamentares da oposição, a bancada do governo nada respondeu, apenas acompanhou a orientação do líder César Pires pela rejeição da convocação.

Com informações do Blog do Jorge Vieira.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.