Sérgio Frota diz que orçamento enviado por Castelo é peça de ficção

Sérgio Frota vai de encontro a posicionamento do PSDB.

Sérgio Frota vai de encontro a posicionamento do PSDB.

O vereador Sérgio Frota (PSDB) criticou a gestão do companheiro departido, o ex-prefeito João Castelo (PSDB). Ao justificar seu voto nesta segunda-feira (20) pela manutenção do veto à secretaria municipal de Cultura, o presidente do Sampaio Corrêa disse que o Orçamento 2013 deixado pela gestão anterior é fictício e o rompo deixou a atual gestão com o problema em relação á Lei de Responsabilidade Fiscal.

“O Orçamento de 2013 é peça de ficção. A prefeitura tem que adequar R$ 600 milhões que foi superestimado. Isso não é fácil. Não é uma secretaria que vai resolver o problema da cultura. Criá-la agora seria irresponsabilidade”, afirmou. O orçamento de 2013 havia sido previsto em R$2,5 bilhões. Após o estudo da nova administração, foi reestimado em R$1,9 bilhão.

Frota foi o único vereador tucano a votar a favor do veto do prefeito à secretaria. Gutemberg Araújo (PSDB) e José Joaquim (PSDB) foram contrários ao veto. Ao final da votação, frota disse que iria votar de acordo com suas convicções e que era hora de “descer do palanque” da eleição de 2012.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.