Força Policial agiu corretamente desta vez

Manifestação debaixo de chuva. Prédios públicos protegidos sem ninguém ser agredido.

Manifestação debaixo de chuva. Prédios públicos protegidos sem ninguém ser agredido.

Deve ser reconhecida a forma como a Polícia se preparou para a manifestação deste sábado (22). Desta vez, uma ação integrada evitou a depredação do patrimônio público. A Praça Dom Pedro II, palco de guerra da primeira manifestação, foi muito bem isolada no novo movimento. A Polícia agiu com a inteligência, fazendo com que a força não fosse necessária no momento de maior tensão, com o maior número de manifestantes na Praça.

Os manifestantes ficaram atrás do isolamento e somente puderam gritar suas palavras de ordem contra todos que queriam manifestar. Claro que o senador José Sarney (PMDB-AP) foi o mais hostilizado como de praxe. Mas após perceberem que não teria nenhum jeito de passar pelo aparato policial, com as grades reforçadas, dois batalhões, assegurados pela Tropa de Choque mais atrás, e com o apoio do Corpo de Bombeiros e da Guarda Municipal de São Luís, tiveram que recuar.  O movimento se dispersou sem chegar perto do Palácio dos Leões, Palácio de La Ravardiére e Palácio da Justiça. Os manifestantes deixaram seu recado de forma pacífica.

Apenas à noite, um pequeno grupo de vândalos ainda não satisfeito retornou ao local tentando entrar em confronto com a Polícia e foram logo escorraçados com bombas de efeito moral e balas de borracha.

Manifestação pacífica na Ponte do São Francisco.

Manifestação pacífica na Ponte do São Francisco.

Outro incidente também foi registrado quando a manifestação estava na ponte do São Francisco. Um homem que tentou roubar o celular de uma garota foi encurralado pelos demais manifestantes. Ele devolveu o aparelho e com medo de ser preso, se jogou da ponte e foi resgatado por homens do GTA.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.