Efeito Marina e possibilidade de PT ir com Flávio fazem Eliziane correr atrás de Eduardo Campos

Foram sintomáticos dois fatores para a deputada Eliziane Gama (PPS) participar da

Eliziane já vê em Eduardo Campos a possibilidade de palanque presidencial.

Eliziane já vê em Eduardo Campos a possibilidade de palanque presidencial.

solenidade de entrega do título de Cidadão Piauiense ao governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB) na última terça-feira (22). A deputada tenta um reforço nacional para sua pré-candidatura e vê em Campos esta possibilidade.

Eliziane se animou com as últimas notícias da imprensa nacional de que o PT poderia apoiar Flávio Dino (PCdoB) no Maranhão. Com esta configuração, o palanque presidenciável do comunista seria para a presidente Dilma Rousseff (PT). Isto deixaria o pré-candidato Eduardo Campos (PSB) mais solto (Campos tem apoiado Flávio Dino desde as eleições de 2012).

Marina Silva se filiou ao PSB e praticamente deu adeus á disputa presidencial. Assim, Eliziane teria perdido a oportunidade de dar palanque à ex-senadora no Maranhão. Marina é a figura nacional que dá mais credibilidade às pretensões da deputada.

Juntando estes fatores, surge o cenário ideal para Eliziane tentar uma aproximação com Campos. “Esse foi meu primeiro contato com Eduardo Campos, que ao lado de Marina Silva protagonizam a nova política no Brasil, no mesmo alinhamento que defendemos no Maranhão”, afirmou Eliziane Gama durante o encontro.

Efeito negativo

A deputada Eliziane Gama faz muito bem em se aproximar de uma figura com credibilidade e uma administração bem avaliada como Eduardo campos para dar sustentabilidade à sua pré-candidatura. Porém, o artigo do senador José Sarney, publicado no último final de semana, não foi nada bom para sua pré-candidatura.

Em um momento em que a deputada acaba de se posicionar de forma firme como oposição ao grupo Sarney, o senador escreve em sua coluna dominical elogios à Eliziane por não “demonizar” o seu nome e ratificou que não a conhecia pessoalmente. “A senhora Eliziane Gama, fiel à tese de Marina, recusou essa demonização e disse que nem me conhece, o que é verdade”, declarou o senador.

Os mimos de Sarney causam um efeito negativo à senadora. Confundem o eleitor. Eliziane é oposição, mas o grupo Sarney parece não esconder que deseja tê-la do seu lado. A deputada deve manter a firmeza que demonstrou na semana passada, reafirmando que não quer sua imagem ligada ao grupo que representa o que o Maranhão é hoje no cenário nacional.

2 pensou em “Efeito Marina e possibilidade de PT ir com Flávio fazem Eliziane correr atrás de Eduardo Campos

  1. E como ficar o PSDB nesta historia, a parlamentar tenta a qualquer custo se viabilizar, é oferecendo um espaço aqui, e outro acola, cuidado assim acabar perdendo o pudor!!! ela entrou nessa pelo puro ego alimentando por blogueiros como Marco De ça e Gilberto Leda dois sem noção que adoram da mídia para a oposição

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *